Artrose

Resumo da matéria

  • Se você sofre de artrose, os exercícios serão cruciais para o seu bem estar. Cuidar da alimentação também é importante, tanto para perder peso quanto para controlar a inflamação e promover a saúde dos ossos e da cartilagem.
  • As pessoas cuja dieta tem como base alimentos fritos e processados, ricos em açúcares e carne vermelha, têm mais propensão a desenvolver a artrite reumatóide do que aqueles que consomem muitos alimentos frescos como frutas, hortaliças, legumes, aves domésticas e peixe.
  • Encontre aqui 10 exercícios que podem ajudar a melhorar a flexibilidade e a força na articulação do quadril, com três modalidades alternativas de tratamento para a artrose e oito suplementos úteis para dor e inflamação.
Artigo Anterior Próximo Artigo

Estratégias Úteis Para a Artrose no Quadril

30 Dezembro 2016 | 17,241 Visualizações |

Por Dr. Mercola

A artrose é uma forma degenerativa de doença articular artrítica, caracterizada pela perda de cartilagem na articulação. Ela possui também um componente inflamatório. A artrose é uma das causas frequentes de incapacidade entre os idosos.

Embora a artrose normalmente envolva as articulações distais dos dedos das mãos e dos pés, ela também é comum no joelho e no quadril, sendo esta última o assunto deste artigo.

Ao contrário da crença popular, se você sofre de artrose, exercícios são cruciais para o seu bem estar.

Infelizmente, muitas pessoas que sentem dores nas articulações fogem dos exercícios. De acordo com uma pesquisa anterior, mais de 40 por cento dos homens e 56 por cento das mulheres que sofrem de artrose não fazem sequer 10 minutos de atividade moderada a forte por semana.

Menos de 13 por cento dos homens e menos de 8 por cento das mulheres seguiram as instruções para realizarem uma atividade de baixo impacto e intensidade moderada por 150 minutos, semanalmente.

De acordo com o líder da pesquisa, "O fato de que tantas pessoas que sofrem de artrose estão inativas deveria chamar a atenção dos médicos. "De fato, se os médicos conseguissem incutir em seus pacientes a importância do exercício, muitos deles colheriam benefícios imensos.

Sua Alimentação Faz Diferença

Cuidar da alimentação também é fundamental, tanto para perder peso quanto para controlar a inflamação e promover a saúde de ossos e cartilagens.

A sopa caseira de ossos é um alimento de primeira necessidade para quem sofre de artrose, pois contém uma variedade de nutrientes importantes para os ossos e articulações, incluindo minerais, componentes do colágeno e da cartilagem, silicone, glicosamina e sulfato de condroitina.

Dois estudos recentes confirmaram que as pessoas cuja dieta tem como base alimentos fritos e processados, ricos em açúcares e carne vermelha, são mais propensas a desenvolver a artrite reumatóide do que aqueles que consomem muitos alimentos frescos como frutas, hortaliças, legumes, aves domésticas e peixe.

Uma variedade de suplementos como o açafrão, o ácido hialurônico e a astaxantina, entre outros, podem ser úteis também no controle da dor e da inflamação associadas à artrose.

Como o Exercício Ajuda na Artrose?

A ideia de que o exercício é prejudicial para as articulações é um equívoco. Não há evidências que fundamentem essa crença. É apenas um mito que diz que "gastam-se" as articulações do joelho e do quadril com exercícios e/ou atividades normais.

Em vez disso, a evidência indica que o exercício causa um impacto positivo nos tecidos das articulações. O mais importante é que os exercícios podem ajudar a reduzir as dores na articulação e facilitar a realização das tarefas diárias.

Além disso, caso se exercite o suficiente para perder peso ou manter o peso ideal, você reduz o risco de sequer desenvolver artrose.

Os índices de artrose são duas vezes mais altos nos obesos do que em pessoas de peso normal porque o peso extra exerce mais pressão nas articulações. Além de levar á artrose, esse fato pode também piorar muito o problema.

Exercícios Para Artrose no Quadril

Exercícios de Flexibilidade Para Artrose no Quadril

Abraço em um único joelho

Deitado de costas, segure seu joelho direito e puxe-o na direção do seu peito até que o sinta esticado. Mantenha assim durante 20 segundos. Repita no lado esquerdo

Abraço em ambos os joelhos

Deitado de costas, segure ambos os joelhos e puxe-os na direção do seu peito. Mantenha assim durante 20 segundos

"Postura da cobra"

Deite-se com o rosto virado para solo e mantenhas as mãos paralelas aos seus ombros. Estique os braços levantando do solo a parte superior do tronco. 

A parte inferior de suas costas deve ficar arqueada mantendo a pélvis em contato com o solo. 

Mantenha assim durante 20 segundos e depois abaixe-se novamente

Flexão do quadril com abdução/adução

Deitado de costas, traga um joelho para cima na direção do peito. 

Segurando o joelho com ambas as mãos, gire o joelho de um lado para o outro durante 20 segundos. 

Repita no outro lado

Rotação externa do quadril

Deitado de costas, traga o joelho direito para cima na direção do seu peito. Coloque a mão direita no joelho e a mão esquerda no tornozelo. 

Puxe o tornozelo direito suavemente na direção da cabeça. Mantenha assim durante 30 segundos e depois repita o movimento com a perna direita

Rotação interna do quadril

Deitado com o rosto para baixo, dobre os joelhos em 90 graus e deixe os pés para fora. Mantenha assim durante 30 segundos

Exercícios de Fortalecimento Para Artrose no Quadril

"O molusco"

Deite de lado com os pés unidos e com os joelhos levemente dobrados. Levante o joelho de cima o máximo que conseguir, depois abaixe-o. 

Repita 15 vezes e depois mude o lado

Ponte

Deitado de costas com os pés planos no chão, levante o quadril na direção do teto. 

Faça uma pausa por alguns segundos antes de abaixá-lo novamente. Repita por cinco vezes

Alavanca de joelho

Deite de lado com os pés unidos e com os joelhos levemente dobrados. Levante o joelho e o pé que estão por cima. 

Segurando o joelho levantado, gire o pé para cima e para baixo. Repita 15 vezes e depois mude o lado

Alavanca de calcanhar

Deite de lado com os pés unidos e com os joelhos levemente dobrados. Levante o joelho e o pé que estão por cima. 

Com o pé parado no ar, gire o joelho para cima e para baixo.

Repita 15 vezes e depois mude o lado

Como Exercitar-se Com Segurança Com Artrose

Quem sofre de artrose deve evitar atividades que agravem a dor articular. Evite os exercícios que forçam uma articulação já bastante instável. Dessa forma, inclua atividades variadas em seu programa de exercícios, assim como qualquer outro praticante.

O treino com peso, os trabalhos cardíacos, de tronco e os alongamentos de alta intensidade podem ser integrados à rotina de acordo com a sua capacidade.

Se você sofre de artrose no joelho, incorpore exercícios que fortaleçam a musculatura do quadríceps na parte frontal da coxa. E, em vez de correr ou fazer outro exercício de alto impacto, seria melhor fazer exercícios sem peso, como natação ou ciclismo.

Se perceber que sente dor por mais de uma hora depois do treino, você deve diminuir ou escolher outro tipo de exercício. Aparelhos auxiliares também são úteis para diminuir a pressão sobre as articulações afetadas durante o treino

Seria bom trabalhar com um fisioterapeuta ou um personal trainer qualificado que possa desenvolver uma linha segura de atividades para você.

Medicina Coreana Para a Artrose

Conforme observado em um artigo pelo Dr. Seo Hyo-seok, diretor do Pyunkang Korean Medicine Hospital (Hospital Pyunkang de Medicina Coreana), sobre a medicina coreana, a artrose está relacionada ao mal funcionamento do rim:

"Quando os rins estão fracos, não há boa circulação de energia e nem de sangue durante os períodos de frio, assim, os resíduos de várias substâncias ficarão acumulados nas articulações... Estes resíduos sofrerão decomposição, transformando-se em atrite. Regeneração da cartilagem por meio da melhora da saúde dos rins e dos pulmões...

[A] medicina moderna reconheceu também a íntima relação entre os rins e os ossos, demonstrando que a eritropoietina, um hormônio secretado pelos rins quando os níveis de oxigênio estão baixos, sinaliza à medula óssea que aumente a produção de glóbulos vermelhos. Os rins ajudam também a regular e a metabolizar o cálcio, um dos principais ingredientes para os ossos...

[Q]uando a pessoa está fraca, ela precisa fortalecer as funções de um órgão superior.. Consequentemente, como o órgão superior aos rins é o pulmão, é possível recuperar a saúde básica dos ossos fortalecendo a saúde dos pulmões".

Na medicina oriental, o tratamento da artrose envolve a manutenção da boa circulação do sangue e o aquecimento das articulações. Os exercícios realizam essa função, mas a medicina oriental utiliza também técnicas como a moxabustão, a ventosa, a acupuntura e fórmulas à base de ervas.

De acordo com o Dr. Seo Hyo-seok, é possível regenerar bastante a cartilagem em cerca de seis meses, por meio de tratamentos com ervas para limpeza dos pulmões. Depois que recuperar a elasticidade da cartilagem, até mesmo a artrose avançada pode ser revertida.

Terapia Com Ozônio e Laser

O Dr. Robert Rowen, um dos principais médicos que utilizam ozônio nos EUA, obteve sucesso no tratamento de muitos pacientes por meio da ozonoterapia como uma alternativa à intervenção cirúrgica.

Se o tratamento com ozônio não funcionar não haverá dano e a cirurgia pode ser feita a qualquer momento mas, mas caso esta última falhe, os danos podem ser irreversíveis. O vídeo acima mostra um ótimo depoimento feito por uma mulher com degeneração grave nos joelhos.

Outra alternativa que vale ser considerada é o tratamento com laser infravermelho "frio" (chamado também de K-Laser), um tipo relativamente novo de terapia que acelera a cura aumentando a oxigenação do tecido e permitindo que as células lesionadas absorvam fótons de luz.

Este tipo especial de laser oferece efeitos positivos para os músculos, ligamentos e até mesmo para os ossos, e o K-laser consegue penetrar fundo no corpo, permitindo que seja utilizado para tratar problemas como a artrose no joelho e no quadril.

Estimula também a produção de mais ATP pela mitocôndria, acelerando a cura.

Suplementos Úteis Para a Dor Provocada Pela Artrose e a Inflamação

Açafrão /Cúrcuma

Um estudo publicado na Journal of Alternative and Complementary Medicine (Revista de Medicina Alternativa e Complementar) descobriu que o consumo diário de extrato de açafrão, durante seis meses, apresentou resultados tão bons quanto os do ibuprofeno no alívio da dor da artrose no joelho. 

É muito provável que esse efeito esteja relacionado à propriedade anti-inflamatória do açafrão, o pigmento que dá o tempero ao açafrão tem cor amarelo-alaranjada

Vitamina D

A perda de cartilagem, uma das marcas da artrose, está associada ao baixo nível de vitamina D.
Assim, se estiver sofrendo com dor nas articulações devido à artrose, faça um exame para medir o nível de vitamina D no seu corpo, depois otimize essa vitamina por meio da exposição adequada ao sol ou em uma câmara de bronzeamento de alta qualidade.
Se nenhuma dessas opções estiver disponível, talvez você deva fazer uso de um suplemento oral de vitamina D3 e vitamina K2 .

Astaxantina

A astaxantina é um carotenóide antioxidante e anti-inflamatório poderoso. Ao reduzir a inflamação, a astaxantina pode ajudar a prevenir e a tratar uma variedade de problemas causados diretamente por inflamação, inclusive a artrite reumatóide (AR) e a artrose. 

Um dos estudos demonstrou que, após receber astaxantina durante oito semanas, os pacientes que sofriam de AR apresentaram uma melhora nos níveis de dor em 35 por cento, bem como uma melhoria de 40 por cento em sua capacidade de realizar atividades diárias.

A astaxantina suprime diversos mediadores inflamatórios, inclusive o fator de necrose tumoral alfa, que são prostaglandinas e interleucinas importantes, óxido nítrico, enzimas COX-1 COX-2. Embora demore mais para produzir efeitos do que as AINEs, ela não oferece efeitos colaterais perigosos.

Ácido hialurônico (AH)

O ácido hialurônico é um componente fundamental da cartilagem, responsável por transportar os nutrientes para dentro das células e remover a sobra.
Umas das funções biológicas mais importantes é a retenção de água, somente superada pelo fornecimento de nutrientes e pela remoção de sobras das células que não contam com um fornecimento direto de sangue como, por exemplo, as células das cartilagens.

Infelizmente, o processo de envelhecimento normal reduz a quantidade de AH sintetizada pelo corpo. O suplemento oral de ácido hialurônico pode realmente ajudar a amortecer as articulações após dois a quatro meses. 

Seu ortopedista pode também injetar ácido hialurônico diretamente nos espaços sinoviais das articulações onde houver artrose. Estudos demonstram que essa ação pode aumentar a biossíntese da cartilagem. Oferece também efeitos anti-inflamatórios e de alívio da dor (analgésico).

Membrana da casca do ovo

A membrana da casca do ovo é a única barreira protetora entre a clara do ovo e a casca mineralizada do ovo. A membrana contém elastina, uma proteína que estimula a saúde da cartilagem, e colágeno, uma proteína fibrosa que estimula a força e elasticidade da cartilagem e do tecido conjuntivo. 

Ela também contém o fator-b de crescimento e transformação, uma proteína que ajuda no rejuvenescimento do tecido, juntamente com outros aminoácidos e componentes estruturais que estimulam a estabilidade e a flexibilidade das articulações, fornecendo a elas os componentes necessários para desenvolver a cartilagem. 

Uma forma barata de se conseguir esses nutrientes é triturar a casca de ovo com um moedor de café e adicionar o pó às vitaminas e sucos. Recomendo utilizar apenas ovos caipiras.

Boswellia

Também conhecida como olíbano, essa erva indiana é um tratamento que considero particularmente útil conta a inflamação da artrose e a dor associada.
Com o uso contínuo, a boswellia ajuda a manter o fluxo sanguíneo constante às articulações, estimulando a capacidade dos tecidos de aumentar a flexibilidade e a força.

Gorduras ômega-3 de origem animal

Elas são excelentes para a artrose porque os ômegas-3 são famosos por ajudar a reduzir a inflamação. Procure uma fonte de origem animal de boa qualidade, como o óleo de krill.

Imersão em sal de Epsom/enxofre/MSM

Além de receber grandes quantidades de alimentos ricos em enxofre por meio da alimentação, como alimentos orgânicos, aves domésticas e/ou carne bovina de rebanhos alimentados à base de pasto, Stephanie Seneff, pesquisadora sênior do MIT, recomenda a imersão do corpo em banhos com sulfato de magnésio (sal de Epsom) para combater a deficiência de enxofre.

Ela usa cerca de 1/4 de xícara na banheira, duas vezes por semana. É bastante útil se você tem artrite ou problemas nas articulações. O metilsulfonilmetano (conhecido como MSM) representa outra alternativa que talvez seja útil para você.
O MSM é uma forma orgânica do enxofre e um poderoso antioxidante natural encontrado em muitas plantas. É encontrado na forma de suplemento.

Artigo Anterior Próximo Artigo

Aviso legal: Todo o conteúdo deste site baseia-se nas opiniões do Dr. Mercola salvo expresso em contrário. Os artigos individuais baseiam-se nas opiniões do respectivo autor, que detém os direitos autorais conforme indicado. As informações deste site não pretendem substituir a relação individual com um profissional de saúde qualificado nem devem ser consideradas recomendação médica. Sua finalidade é compartilhar conhecimentos e informações a partir da pesquisa e experiência do Dr. Mercola e sua comunidade. O Dr. Mercola incentiva você a tomar suas próprias decisões de saúde com base na sua pesquisa e em conjunto com um profissional de saúde qualificado. Se você estiver grávida, amamentando, tomando medicação ou tiver um problema de saúde, consulte o seu médico antes de usar produtos baseados neste conteúdo.