Açúcar Venenoso

Resumo da matéria

  • A PepsiCo substituiu o aspartame na Pepsi Diet por Splenda em 2015 numa tentativa de reconquistar clientes desconfiados dos efeitos do aspartame sobre a saúde
  • No primeiro trimestre de 2016, as vendas da Pepsi Diet diminuíram 10,6%
  • Para salvar suas vendas em queda, e agradar aos clientes que aparentemente não gostaram do gosto da Pepsi Diet sem aspartame, a empresa está reintroduzindo no mercado a Pepsi Diet adoçada com aspartame.
Artigo Anterior Próximo Artigo

O Aspartame Está Tentando Voltar

30 Janeiro 2017 | 2,116 Visualizações |

Por Dr. Mercola

O Refrigerante diet está saindo de moda devido à impopularidade crescente dos adoçantes artificiais como o aspartame e sucralose (Splenda). A PepsiCo até mesmo substituiu o aspartame na Pepsi Diet por Splenda em 2015, em um esforço para reconquistar clientes que se tornaram cautelosos com os efeitos do aspartame sobre a saúde - mas claramente isso não funcionou.

Na época, a PepsiCo disse que o pedido Nº. 1 de seus clientes era que o aspartame fosse removido da Pepsi Diet. Seth Kaufman, vice-presidente sênior da unidade de sabores da Pepsi, observou que: "Os consumidores de refrigerante diet nos Estados Unidos nos disseram que queriam uma Pepsi Diet sem aspartame".

No entanto, o consumo anual per capita de refrigerantes gaseificados em 2015 foi de 650 porções de oito onças (226,79 gramas), a menor taxa desde 1985, de acordo com um relatório do Beverage Digest , um grupo que faz o acompanhamento da indústria.

A PepsiCo apresentou a queda mais acentuada- uma perda de 3,1 por cento em volume - e seu produto Pepsi Diet foi particularmente atingido com uma queda de quase 6%. No primeiro trimestre de 2016, as vendas da Pepsi Diet caíram ainda mais, decrescendo 10,6 por cento, de acordo com o Beverage Digest.

Para salvar suas vendas em queda, e agradar aos clientes que aparentemente não gostaram do gosto da Pepsi Diet sem aspartame, a empresa reintroduziu a "Pepsi Diet Classic Sweetener Blend" - isto é, uma Pepsi Diet adoçada com aspartame — ao mercado.

2 em cada 3 Variedades de Pepsi Diet Irão Conter Aspartame

A Classic Pepsi Diet voltou ao mercado em setembro de 2016, com uma lata azul-clara. A Diet Pepsi comum, adoçada com Splenda, virá numa lata prateada.

Há também a Pepsi MAX, que vem em uma lata preta que foi reintroduzida nos EUA como Pepsi Zero Açúcar. Ela também contém aspartame. A Crystal Pepsi, que foi lançada pela primeira vez nos anos 90, também retornou em 2016, pelo menos temporariamente.

O refrigerante claro não contém cafeína ou ácido fosfórico e é considerado mais saudável do que os típicos refrigerantes de cor escura. Sua reintrodução limitada, não por coincidência em meio à queda das vendas, é provavelmente uma tentativa de testar o mercado para ver se os consumidores mais conscientes em relação à saúde morderão esta isca cristalina.

Infelizmente, toda essa nova rotulagem e reintrodução estão fugindo da questão, não só de que o refrigerante é prejudicial para a sua saúde - não importa qual tom, sabor ou cor – mas também que o refrigerante diet por qualquer nome que possa ter é provavelmente ainda pior que o refrigerante normal.

O Aspartame Pode Levar à Intolerância à Glicose e a Diabetes

Muitas pessoas com excesso de peso ou obesas também lutam contra a pré-diabetes ou diabetes tipo 2, e consequentemente optam pelos adoçantes artificiais em vez do açúcar, acreditando que o primeiro seja uma escolha mais saudável. No entanto, estudos descobriram que adoçantes artificiais, incluindo o aspartame, podem levar ao aumento de peso e à intolerância à glicose ao alterar a microbiota intestinal.

Sem que muitos saibam disso, se descobriu que o aspartame aumenta os níveis de fome em comparação com a glicose ou água e está associado a uma maior motivação para comer (ainda mais do que outros adoçantes artificiais como sacarina ou acesulfame de potássio).

Para uma substância frequentemente usada em produtos "diet", o fato de o aspartame poder na verdade aumentar o ganho de peso é incrivelmente enganoso.

Um estudo recente publicado na revista Applied Physiology, Nutrition, and Metabolism também descobriu que o consumo de aspartame pode estar associado a uma maior intolerância à glicose, particularmente para pessoas obesas. Segundo o estudo:

“Este estudo fornece evidências de que o consumo de aspartame pode estar associado a um maior risco de diabetes em indivíduos com maior adiposidade. Foi constatado que o aspartame pode estar associado a mudanças na microbiota intestinal que estão associadas com deficiências na resistência à insulina em roedores magros e obesos.

Observamos que o aspartame estava relacionado a comprometimentos significativamente maiores na tolerância à glicose em indivíduos com obesidade… ”

O Problema Não é Somente o Aspartame

Essa está longe de ser a primeira vez que adoçantes artificiais foram ligados a problemas metabólicos. De acordo com uma pesquisa separada publicada em PLOS ONE:

"O consumo regular de refrigerantes artificialmente adoçados está associado a distúrbios da síndrome metabólica, incluindo obesidade abdominal, resistência à insulina e / ou tolerância à glicose prejudicada, dislipidemia e pressão arterial elevada.

Particularmente, o consumo diário de refrigerante dietético (principalmente adoçado com éster metílico de N-a-L-aspartil-L-fenilalanina, aspartame...) aumenta o risco relativo de diabetes tipo 2 e síndrome metabólica em 67% e 36%, respectivamente.”

No entanto, não é só o aspartame que está ligado a problemas de saúde, por isso, se você está pensando que continuar com os refrigerantes diet adoçados com Splenda da PepsiCo é o mais inteligente, você está sendo enganado. Assim como o aspartame, a Splenda afeta a resposta à insulina do seu corpo.

Quando os participantes do estudo beberam uma bebida adoçada com Splenda, seus níveis de insulina subiram cerca de 20% mais do que quando consumiram apenas água antes de fazerem um teste de glicose.

Os níveis de açúcar no sangue também aumentaram, "Portanto o adoçante artificial foi relacionado a um aumento da insulina no sangue e na resposta à glicose", observaram os pesquisadores, acrescentando:

"Embora tenhamos descoberto que a sucralose afeta a resposta da glicose e da insulina à ingestão de glicose, não sabemos qual é o mecanismo responsável, mostrando que a sucralose está surtindo algum efeito.

Em pessoas obesas sem diabetes, temos demonstrado que a sucralose é mais do que apenas algo doce que você coloca em sua boca sem outras consequências. O que tudo isso significa para sua vida cotidiana ainda é desconhecido, mas nossos resultados estão enfatizando a necessidade de mais estudos ".

Não Seja Enganado: O Refrigerante Diet Não é uma Escolha Saudável

A PepsiCo está tentando desesperadamente agarrar um pedaço do mercado que ela não tem atualmente - consumidores preocupados com a saúde. Reformular seu refrigerante diet é apenas um de seus planos para atingir este fim.

Ironicamente, a empresa, que gastou mais do que a Monsanto para derrotar a legislação exigindo a rotulagem federal e estadual obrigatória de produtos contendo ingredientes geneticamente modificados (GM), também tem planos de criar uma linha de seus sucos Tropicana sem OGM.

Mas não se engane. No caso da Pepsi Diet, eles podem chamá-la do que quiserem e fazê-la de qualquer cor que eles possam imaginar, mas isso não vai mudar o fato de que é uma das piores bebidas que você pode consumir para a sua saúde.

Aspartame Pode Causar Danos Cerebrais e Outros Efeitos Sobre a Saúde

Noventa e dois por cento dos estudos financiados independentemente identificaram que o aspartame pode causar efeitos adversos, incluindo depressão e dores de cabeça. Um estudo também descobriu que a administração de aspartame em ratos resultou em metanol detectável mesmo depois de 24 horas, o que pode ser responsável pela indução de estresse oxidativo no cérebro.

O aspartame é constituído por ácido aspártico e fenilalanina. Mas a fenilalanina foi sinteticamente modificada para transportar um grupo de metila, que proporciona a maior parte da doçura.

Esta ligação fenilalanina metila, denominada éster metílico, é muito fraca, o que permite que o grupo metila na fenilalanina se rompa facilmente e forme o metanol.

Quando o aspartame está em forma líquida, ele se decompõe em álcool metílico, ou metanol, que é então convertido em formaldeído e representa a raiz do problema com aspartame.

Em suma, tanto animais quanto seres humanos têm pequenas estruturas chamadas peroxissomos em cada célula. Há algumas centenas delas em cada célula do seu corpo, que são projetadas para desintoxicar uma variedade de produtos químicos.

Os seres humanos têm o mesmo número de peroxissomos em células comparáveis como os animais não humanos, mas os peroxissomos humanos não podem converter o formaldeído tóxico em ácido fórmico inofensivo. O formaldeído é um carcinógeno conhecido que causa danos na retina, interfere na replicação do DNA e pode causar defeitos congênitos.

O Refrigerante Diet Pode Fazer Você Querer Comer Mais Besteira

O refrigerante diet é uma fraude do pior tipo, porque aqueles que o bebem normalmente acreditam que estão fazendo um favor a seu corpo cortando algumas calorias.

Mas a pesquisa mostra que os consumidores de refrigerantes podem mais tarde "compensar" as calorias que não consomem em seu refrigerante comendo mais açúcar, mais sódio e alimentos ricos em gorduras não saudáveis no final do dia. Eles também podem se sentir obrigados a comer mais besteiras porque a bebida diet não satisfaz a sua vontade ou desejo por calorias.

Os adultos obesos foram os mais afetados e tiveram a mais alta ingestão diária de calorias adicionais provenientes de alimentos não saudáveis associados com bebidas dietéticas, o que novamente mostra que as pessoas mais propensas a consumir adoçantes artificiais também estão entre as mais suscetíveis a ser prejudicadas por eles.

Você Está Pronto para se Livrar do Aspartame e Outros Adoçantes Artificiais?

Em primeiro lugar, eu recomendo tentar uma técnica de psicologia de energia chamada Turbo Tapping, que tem ajudado muitos "viciados em refrigerantes" a eliminar seu hábito, e ela deve funcionar para qualquer tipo de vontade (incluindo vontade de tomar refrigerante diet) que você possa ter. Se você ainda tiver vontades depois de tentar o Turbo Tapping, você precisa fazer algumas mudanças em sua dieta. Meu  plano nutricional gratuito pode ajudá-lo a fazer isso passo a passo. (Apenas em inglês)

Sua melhor e mais econômica escolha de bebida é a água de torneira filtrada. Eu recomendo usar um sistema de filtragem de água de alta qualidade a menos que você possa verificar a pureza de sua água. A água com gás ou água mineral é outra opção, especialmente se você está com saudade da efervescência do refrigerante.

Adicionar algumas gotas de limão ou lima é uma maneira de adicionar algum sabor e variedade, e muitos consumidores de refrigerante acham mais fácil se livrar dele quando o substituem por água com gás. Chá e café sem açúcar também podem ser saudáveis e podem adicionar alguma variedade a suas escolhas de bebida sem arruinar sua saúde.
Artigo Anterior Próximo Artigo

Aviso legal: Todo o conteúdo deste site baseia-se nas opiniões do Dr. Mercola salvo expresso em contrário. Os artigos individuais baseiam-se nas opiniões do respectivo autor, que detém os direitos autorais conforme indicado. As informações deste site não pretendem substituir a relação individual com um profissional de saúde qualificado nem devem ser consideradas recomendação médica. Sua finalidade é compartilhar conhecimentos e informações a partir da pesquisa e experiência do Dr. Mercola e sua comunidade. O Dr. Mercola incentiva você a tomar suas próprias decisões de saúde com base na sua pesquisa e em conjunto com um profissional de saúde qualificado. Se você estiver grávida, amamentando, tomando medicação ou tiver um problema de saúde, consulte o seu médico antes de usar produtos baseados neste conteúdo.