Perigos de Raspar Seus Pelos Pubianos?


Tamanho da fonte:

Por Dr. Mercola

De acordo com uma pesquisa recente, uma grande porcentagem de estudantes universitários removem alguns ou todos os seus pelos pubianos, assim como uma porção considerável do resto da população. É uma tendência crescente que pode realmente ter raízes antigas, uma vez que se imaginava que a depilação púbica teria sido praticada entre as mulheres na Grécia, Egito e Roma antigas.
Nos tempos modernos, homens e mulheres usam uma variedade de métodos (raspar, depilar, aparar, lasers) para remover os pelos pubianos e descrevem várias motivações para fazê-lo.

Entre as mulheres, as razões mais populares incluem a crença de que fazer isso dá uma aparência melhor quando usam roupa de banho, aumenta a sensação de atratividade, é mais confortável e a crença de que é mais limpo.

Ironicamente, este último raciocínio pode ser contraditório, pois uma nova pesquisa sugere que raspar seus pelos pubianos pode realmente aumentar o risco de contrair uma doença sexualmente transmissível (DST) conhecida como molusco contagioso.

O Risco Viral de Contrair DST ao Raspar Seus Pelos Pubianos

Raspar ou depilar pode causar irritação e microtrauma à sua pele, o que aumenta o risco de contrair uma infecção viral. Pesquisadores de um novo estudo de caso observaram que o número de casos de molusco contagioso aumentou juntamente com os índices de remoção de pelos pubianos.

Para verificar esta ligação, observaram 30 pacientes em uma clínica privada de cuidados com a pele em Nice, França, todos infectados com o vírus do molusco contagioso. Quase todos eles tinham removido seus pelos pubianos, a grande maioria ao raspá-los, seguido por depilação e, em seguida, aparar.

A descoberta apoia a teoria dos pesquisadores de que os genitais sem pelos podem fornecer uma oportunidade para que doenças sexualmente transmissíveis como o molusco se fixem, com a raspagem demonstrando ter a associação mais forte.

O molusco contagioso se espalha facilmente, e os pesquisadores sugeriram que o vírus pode ter se espalhado principalmente através de autoinfecção causada ao se coçar a pele que está irritada por ter sido raspada. Outros problemas cutâneos também foram observados entre os participantes do estudo, que também podem estar relacionados à remoção dos pelos pubianos. Estes incluem:

  • Verrugas (os pesquisadores sugeriram que raspar seus pelos pubianos também pode aumentar o risco de ter verrugas genitais causadas pelo papilomavírus humano (HPV))
  • Infecções bacterianas de pele
  • Cicatrizes
  • Pelos encravados

O que é o Molusco Contagioso?

Apesar da sua prevalência, o molusco contagioso é uma das DSTs menos conhecidas. Um tipo de poxvirus, o molusco é na verdade mais comum em crianças, embora também afete adultos com sistemas imunológicos enfraquecidos e possa ser transmitido através do contato sexual. O vírus provoca protuberâncias firmes e peroladas na pele, que, embora indolores, podem tornar-se facilmente vermelhas e inflamadas. 

Se as protuberâncias são coçadas, a infecção se espalha facilmente de pessoa para pessoa, bem como através de objetos contaminados. Raspar sobre as protuberâncias também pode fazer o vírus se espalhar. Na maioria dos casos, a infecção vai se curar dentro de seis a 12 meses sem tratamento, por isso manter seu sistema imunológico forte é importante.

As protuberâncias também podem ser removidas para ajudar a prevenir a propagação da infecção.

Outras Doenças Sexualmente Transmissíveis e Infecções Também Podem Estar Ligadas à Depilação Pubiana

A propagação de vírus como o molusco contagioso e o vírus do papiloma humano são as únicas desvantagens em se remover os pelos pubianos, ou existem outras consequências? Muito possivelmente, sim. No ano passado, um médico de família pediu o fim da "guerra aos pelos pubianos", alegando que a prática de remover os pelos pubianos aumenta os riscos de infecção e doenças sexualmente transmissíveis. Conforme relatado pelo The Independent:

"Como diretora do centro de saúde da Western University em Washington, EUA, ela viu as consequências. A remoção dos pelos pubianos irrita e inflama naturalmente os folículos pilosos, deixando feridas microscópicas abertas. A remoção frequente dos pelos é necessária para manter-se liso, causando a irritação regular da área raspada ou depilada.

Quando isso é combinado com o ambiente quente e úmido dos órgãos genitais, torna-se um meio de cultura excelente para alguns dos patógenos bacterianos mais desagradáveis.'...
Em seu consultório não é incomum encontrar pacientes com furúnculos e abscessos em seus genitais por terem se raspado, bem como celulite, uma infecção do escroto, lábios ou pênis que surge ao se raspar ou ter relações sexuais com alguém infectado.

Aumenta-se também o risco de herpes ‘devido às feridas microscópicas que estão sendo expostas ao vírus levado pela boca ou genitais.’ ‘Faz sentido que possa haver vulnerabilidade à propagação de outras doenças sexualmente transmissíveis também", diz ela.

Os Pelos Pubianos Têm uma Finalidade?

O ideal de se estar sem pelos procurado por tantas pessoas é, na verdade, inalcançável e provavelmente não inteiramente saudável. Os pelos do corpo irão sempre crescer de novo (mesmo a remoção de pelos com laser somente retém o crescimento e a espessura dos pelos em 50 por cento ou algo próximo disso com tratamentos repetidos), e cada vez que você remove os pelos você está causando algum dano à sua pele.

Além disso, os pelos tem funções importantes, incluindo na região genital, como:

  • Proteção: ajudando a evitar que partículas estranhas, como poeira e bactérias patogênicas, entrem no corpo
  • Controle de temperatura: os pelos captam o ar que envolve seu corpo para reduzir a perda de calor
  • Reduz o atrito, o que evita a irritação da pele, abrasão e lesões
  • Promove a recepção de toque

Portanto, existem alguns argumentos para manter os seu pelos pubianos, e é provável que um risco reduzido de contrair infecções sexualmente transmissíveis seja um deles. É claro que a melhor maneira de evitar a disseminação de DST é ter práticas de sexo seguro ou esperar para ter relações sexuais até que você esteja em um relacionamento sério.

Em seguida, mantenha seu sistema imunológico em excelente forma, e assim ele será mais capaz de combater todos os vírus que aparecerem no seu caminho. Dito isto, se você está em um relacionamento sério em que a ameaça de DST foi removida, então provavelmente há pouco problema em raspar seus pelos pubianos, se essa é a sua preferência. (E há um benefício em potencial que não discutimos: um risco muito menor de piolhos pubianos.)