Os Incríveis Benefícios do Chocolate Amargo para a Saúde


caixa de chocolate amargo

Resumo da matéria -

  • Os benefícios do cacau para a saúde estão relacionados aos compostos naturais na semente, incluindo a epicatequina, que possui propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, e o resveratrol, conhecido por seus efeitos neuroprotetores
  • Ao escolher chocolate, procure por aqueles com mais cacau e um menor teor de açúcar. Sua melhor aposta são pequenos pedaços de cacau cru, que podem ser comidos por inteiro ou moídos em pó para serem usados em receitas
  • Muitos estudos confirmaram que o cacau pode beneficiar seu coração, vasos sanguíneos, cérebro, sistema nervoso e ajuda a combater o diabetes e outras doenças com origem inflamatória
Tamanho da fonte:

Por Dr. Mercola

De todos os doces disponíveis, o chocolate é um dos alimentos mais desejados no mundo. A primeira barra de chocolate sólida, feita a partir de manteiga de cacau, pó de cacau e açúcar, foi apresentada pela empresa britânica de chocolate J.S. Fry & Sons em 1847, mas a história do chocolate tem pelo menos 4.000 anos.

As culturas pré-olmecas no México produziam chocolate já em 1900 a.C. Originalmente, ele era consumido como uma bebida amarga. Os grãos de cacau eram fermentados, torrados e moídos em uma pasta que era misturada com água e temperos como pimenta malagueta e baunilha, sendo adoçado com mel.

Ao longo de sua história, o chocolate - "o alimento dos Deuses" - permaneceu como símbolo de luxo, riqueza e poder. Durante o século XIV, os astecas e os maias até mesmo usavam as sementes de cacau como dinheiro.

A pesquisa também revelou que o chocolate tem alguns benefícios bastante impressionantes para a saúde, desde que você esteja disposto a desistir da familiar doçura do chocolate com leite moderno.
Os olmecas, maias e astecas valorizavam o cacau por suas propriedades afrodisíacas e na melhora do humor, e ele era tipicamente reservado para a classe dominante.

No século XVII, o cacau e o chocolate eram considerados remédios em potencial, e documentos históricos na Europa revelam que foram usados para tratar a angina e a dor no coração.

Nem Todo Chocolate é Feito do Mesmo Jeito

O cacau cru é realmente muito amargo, não doce, devido aos quase 400 polifenóis que estão presentes nele. Quando estamos falando dos benefícios para a saúde do chocolate, é deste chocolate que estamos falando. Os americanos consomem cerca de 12 quilos de chocolate por habitante a cada ano.

Infelizmente, a grande maioria destes está na forma de doces de chocolate com leite, que contêm quantidades muito pequenas de cacau saudável, e enormes quantidades de açúcar. O leite adicionado ao chocolate com leite também pode interferir na capacidade do seu organismo absorver os antioxidantes benéficos (polifenóis) no chocolate.

Terminologia do Chocolate

Para começar com o pé direito, pode ser útil entender a distinção entre cacaueiro , cacau e chocolate:

  • Cacaueiro: Refere-se à planta, uma pequena árvore perene da espécie Theobroma cacao, e suas sementes secas, também conhecidas como grãos de cacau ou sementes de cacau antes do processamento.

Se você estiver atrás dos benefícios para a saúde, pequenos pedaços de cacau cru é o que você está procurando. Idealmente, compre-os inteiros e moa-os você mesmo (um moedor de café pode ser usado para isso) quando for usá-lo em receitas.

Alternativamente, você pode comê-los inteiros, assim como você comeria pedaços do chocolate convencional. Uma quantidade saudável estaria provavelmente em torno de ½ a 1 onça (28 g) por dia. Eu, pessoalmente, trituro 1 colher de sopa de pequenos pedaços de cacau cru duas vezes por dia e coloco em minhas vitaminas.

  • Cacau: Refere-se ao cacau torrado, moído em pó do qual a maioria da gordura foi removida.
  • Manteiga de cacau: O componente de gordura da semente de cacau.
  • Chocolate: O alimento sólido ou doce feito de uma preparação de sementes de cacau torradas; se as sementes de cacau não foram torradas, então você tem o "chocolate cru."

Ao escolher o chocolate, procure por aquele com mais cacau e um menor teor de açúcar. Em geral, quanto mais escuro for o chocolate, maior será seu teor de cacau.

No entanto, uma vez que o cacau é amargo, quanto maior for o percentual de cacau, mais amargo ele é (os polifenóis são o que fazem o chocolate ser amargo, por isso os fabricantes muitas vezes os removem. Mas, são justamente os polifenóis que são responsáveis por muitos dos benefícios para a saúde dos chocolates).

Para neutralizar a amargura, a maioria dos chocolates é adoçada, portanto é uma questão de balancear o benefício nutritivo com a palatabilidade. Para colher os benefícios para a saúde, escolha os chocolates com uma porcentagem de cacau de cerca de 70 ou superior.

  • “Chocolate branco” não contém nenhum cacau; é apenas uma mistura destruidora de saúde feita de leite pasteurizado e açúcar.

O Cacau Contém Centenas de Produtos Químicos Promotores de Saúde

Os benefícios do cacau estão relacionados aos compostos que ocorrem naturalmente na semente, incluindo a epicatequina (um flavonóide) e o resveratrol, o primeiro dos quais tem propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, e se considera que ajude a proteger suas células nervosas de danos.

O resveratrol, um potente antioxidante, é conhecido por seus efeitos neuroprotetores. Ele tem a capacidade de atravessar sua barreira hematoencefálica, o que lhe permite moderar a inflamação no seu sistema nervoso central (SNC). Isto é importante porque a inflamação do SNC desempenha um papel importante no desenvolvimento de doenças neurodegenerativas.

A ciência mais recente também mostrou que o resveratrol é um imitador do exercício e produz benefícios semelhantes aos do exercício para as mitocôndrias, estimulando AMPK e PKC-1 α que aumentam a biogênese mitocondrial e a mitofagia.

Norman Hollenberg, um professor de medicina em Harvard, que passou anos estudando o povo Kuna do Panamá (que consomem até 40 xícaras de cacau por semana), acredita que a epicatequina é tão importante que deve ser considerada uma vitamina.

Os Kuna têm menos de 10 por cento de risco de sofrer um acidente vascular cerebral, insuficiência cardíaca, câncer e diabetes, que são as doenças mais prevalentes devastando o mundo ocidental. De fato, muitos estudos confirmaram que o cacau pode beneficiar seu coração, vasos sanguíneos, cérebro, sistema nervoso e ajuda a combater o diabetes e outras doenças com origem inflamatória.

  • Uma meta-análise de 2012 revelou que comer chocolate pode reduzir seu risco de doença cardiovascular em 37% e o risco de derrame em 29%.
  • Outra meta-análise publicada no mesmo ano revelou que o chocolate / cacau reduziu a resistência à insulina, reduziu a pressão arterial, aumentou a elasticidade dos vasos sanguíneos e reduziu ligeiramente o LDL.

Em um estudo, os pacientes que consumiam 100 gramas de chocolate amargo rico em flavonol durante 15 dias mostraram uma diminuição na resistência à insulina.

  • De acordo com um artigo publicado na revista Oxidative Medicine and Cellular Longevity, os polifenóis do cacau podem ter benefícios específicos para doenças cardiovasculares e inflamatórias, distúrbios metabólicos e prevenção do câncer.

Os autores observam que:

"O cacau contém cerca de 380 produtos químicos conhecidos, 10 dos quais são compostos psicoativos... O cacau tem mais fenólicos e capacidade antioxidante maior do que a do chá verde, chá preto ou vinho tinto ... Os fenólicos do cacau podem ... proteger contra doenças em que o estresse oxidativo está implicado como um fator causal ou contribuinte, como o câncer.

Eles também têm efeitos antiproliferativos, antimutagênicos e quimioprotetores, além de seus efeitos anticariogênicos."

Chocolate e a Saúde Humana

Uma pesquisa de 2013 feita no Netherlands Journal of Medicine também analisou os muitos benefícios para a saúde do cacau, observando que muitos o consideram um "alimento completo", pois contém:

  • Gorduras saudáveis
  • Antioxidantes
  • Compostos nitrogenados, incluindo proteínas, metilxantinas teobromina e cafeína (estimulantes do sistema nervoso central, diuréticos e relaxantes musculares lisos). A teobromina é o ingrediente que pode causar azia em alguns indivíduos, mas por outro lado, também inibe a tosse persistente através da redução da atividade do nervo vago)
  • Minerais, incluindo  potássio, fósforo, cobre, ferro, zinco e magnésio
  • Ácido valérico (que atua como um redutor de estresse apesar da presença de estimulantes)

A tabela a seguir destaca a ampla gama de benefícios positivos para a saúde que a ciência sugere que são conferidos pela semente de cacau.

Anti-inflamatório (incluindo redução de 17 por cento na proteína C-reativa)

Anticarcinogênico

Antitrombótico, incluindo a melhora na função endotelial

Benefícios neuroprotetores e redução do risco de Alzheimer

Antidiabético

Efeitos antiobesidade, possivelmente devido à capacidade dos polifenóis de suprimir a síntese de ácidos graxos enquanto estimulam o gasto de energia celular nas mitocôndrias

Cardioprotetor, incluindo a redução da pressão arterial, melhora no perfil lipídico e ajuda na prevenção da fibrilação atrial

Melhoria da função hepática para aqueles com cirrose

Melhora a condição da pele e protege contra danos por raios UV

Melhora a flora gastrointestinal

Reduz os hormônios do estresse

Protege a visão e reduz os sintomas de glaucoma e catarata induzida por diabetes

Retarda a progressão da periodontite

Melhora a resistência ao exercício

Pode ajudar a prolongar a vida útil

Protege mulheres grávidas contra a pré-eclâmpsia

O Processamento Destrói Muitos Nutrientes Valiosos

Conforme observado na pesquisa da Oxidative Medicine and Cellular Longevity, os nutrientes encontrados no cacau cru são facilmente alterados e destruídos através do processamento. A amargura das sementes de cacau cruas se deve à sua alta concentração de polifenóis.

Para algumas pessoas, o cacau é praticamente não comestível por causa de sua amargura. Para torná-lo mais saboroso, fabricantes de chocolate diminuem o teor de polifenóis, e como resultado, você pode encontrar produtos que contêm de 10 a 100 por cento de polifenóis.

Em grãos secos de cacau fresco, o teor total de polifenóis é de cerca de 15 a 20%, enquanto os grãos fermentados, não desengordurados, contêm apenas 5%. A razão para isso se deve ao fato de que o processo de fermentação reduz a epicatequina e o conteúdo de polifenóis solúveis em até 20 por cento; as antocianidinas são completamente removidas e as procianidinas são diminuídas em até 500 por cento.

O teor fenólico do cacau também varia dependendo da sua origem. Por exemplo, o cacau da Costa Rica contém mais de 16,5 miligramas (mg) de catequinas por grama (g), enquanto o cacau jamaicano contém menos de 2,7 mg por grama.

As Maçãs Podem Aumentar os Benefícios para a Saúde do Chocolate Amargo

Muitos alimentos verdadeiros, consumidos o mais próximo possível de seu estado natural, podem ser considerados "superalimentos." Isto também se aplica ao chocolate amargo. Curiosamente, certos superalimentos produzem grande sinergia quando combinados, o que significa que o todo se torna maior do que a soma de suas partes.

Quando comidos em combinação, os dois alimentos tornam-se ainda mais saudáveis do que comê-los separadamente, individualmente.  Comer maçãs  está associado a um menor risco de morte por doença cardíaca, uma associação que se considera estar relacionada ao seu conteúdo de flavonóides antioxidantes, incluindo a quercetina anti-inflamatória.

Como mencionado anteriormente, o chocolate amargo, que é rico em catequinas antioxidantes, também melhora a saúde do coração. Quando consumidos juntos, o chocolate amargo e as maçãs mostraram ser capazes de quebrar coágulos de sangue, reduzindo assim o risco de acidente vascular cerebral.

Porém existem algumas advertências. Uma vez que grande parte do conteúdo antioxidante de uma maçã é encontrado em sua casca, você não deve tirar a casca quando comê-la. Por esta razão, procure maçãs orgânicas, para evitar a ingestão de pesticidas e outros produtos químicos.

Para o chocolate, quanto mais próximo ele estiver do seu estado natural bruto, maior o seu valor nutricional, por isso procure por aqueles com cacau mais elevado e um menor teor de açúcar. Sua melhor aposta são pequenos pedaços de cacau cru, se você conseguir tolerar a amargura.

Faça Seus Próprios Doces de Chocolate

Com base nestas evidencias, há pouca dúvida de que o chocolate amargo minimamente processado é um superalimento verdadeiro. Apenas não confunda sua barra de chocolate comum ou doces cobertos de chocolate com um alimento saudável! Para colher os benefícios, ele provavelmente precisa de pelo menos 70 por cento de cacau. Melhor ainda, opte por pequenos pedaços de cacau cru.

Eu como cerca de 1 onça (28 g) de pedaços de cacau cru por dia.

Se você não puder tolerar a amargura, use-os para fazer os seus próprios doces de chocolate, aos quais você pode adicionar alguns adoçantes inofensivos. No vídeo acima, eu demonstro uma receita que criei a partir do zero usando ingredientes de alta qualidade. Como você verá, não há medidas específicas, então vá em frente e ajuste-as ao seu próprio gosto.

Como base, eu uso manteiga de cacau crua e óleo de coco orgânico. Você também pode usar manteiga orgânica de animais alimentados com pasto em vez da manteiga de cacau. Tenha em mente que esses ingredientes farão com que o doce derreta a temperaturas mais baixas, então você provavelmente vai precisar mantê-lo na geladeira para evitar que ele derreta. Em seguida, eu adiciono 1/8 de xícara de pó de cacau cru.

Alternativamente, triture seus pequenos pedaços de cacau cru. Para a doçura, eu adiciono cerca de 3 colheres de chá de Lo-Han em pó e um pouco de stevia. A canela em pó, hortelã, baunilha e / ou extratos de laranja também podem ser adicionados para dar sabor.

Uma vez que a maioria destes ingredientes são gorduras saudáveis, e não há adição de açúcar, este doce não irá estimular a liberação de insulina como a maioria das barras de doces comerciais, mesmo aquelas com maior teor de cacau. Portanto você consegue o melhor dos dois mundos - um doce de chocolate com uma abundância de benefícios para a saúde e poucos ou nenhum malefício.

Com o Dia dos Namorados se aproximando rapidamente, você pode querer experimentar fazer seus próprios doces este ano. Lojas como a Amazon e Michael's vendem todos os tipos de moldes de doces que você pode usar para a ocasião.