Efeitos Colaterais do Tabagismo

Resumo da matéria

  •  Fumar prejudica o seu corpo e pode causar danos permanentes à sua saúde. Se você ainda não está convencido sobre seus perigos, dê uma olhada em alguns dos efeitos colaterais de fumar.
Artigo Anterior Próximo Artigo

O Que Acontece Com Seu Corpo Quando Você Fuma?

16 Maio 2017 | 457 Visualizações |
Edição: Português


Por Dr. Mercola

Em média, o tabagismo causa 480.000 mortes por ano, o que representa cerca de 1.300 mortes por dia. Estima-se que oito milhões de pessoas morrerão em 2030 se continuarem a fumar.

Histórico do Tabagismo

Diz-se que fumar estimula emoções prazerosas e agradáveis, e os fumantes afirmam que ajuda a melhorar seu humor, alivia a depressão menor e pequenos ataques de raiva, melhora a concentração e a memória de curto prazo, e também pode fornecer uma modesta sensação de bem-estar. Isso ocorre porque os cigarros contêm a nicotina, uma substância viciante que estimula a dopamina no cérebro, que é responsável pelas "sensações prazerosas”.

No entanto, quanto mais você fuma, mais suas células nervosas tornam-se imunes ao prazer provocado pelo tabagismo. Como resultado, os fumantes tendem a aumentar o consumo de nicotina para obter essa sensação novamente.

Apesar do "prazer" que se obtém de fumar um cigarro, lembre-se: fumar possui efeitos devastadores para a saúde.

Se você acha que fumar um cigarro eletrônico faz diferença, saiba que não faz. Na verdade os pesquisadores descobriram que uma marca de cigarro eletrônico contém mais de 10 vezes o nível de carcinógenos contidos em um cigarro regular. Formaldeído e acetaldeído, ambos toxinas nocivas, também foram identificados no vapor produzido por vários tipos de cigarros eletrônicos.

Lembre-se de que embora fumar faça você se sentir bem por um período de tempo, isso está lentamente matando seu corpo, e que esta é a PRINCIPAL causa evitável de morte.

Quais São Os Efeitos Colaterais de Fumar Cigarros?

Fumar prejudica o seu corpo e pode causar danos permanentes à sua saúde. Se você ainda não está convencido de seus perigos, dê uma olhada em alguns dos efeitos colaterais de se fumar.

Efeitos em Curto Prazo

Fumantes tendem a ter roupas e cabelos malcheirosos, mau hálito, e manchas amarelas ou marrons nos dentes. Sua aparência física também pode sofrer uma vez que fumar pode levar a rugas prematuras, enfraquecimento da gengiva e dos dentes, e mudança de peso súbita. Úlceras de estômago e enfraquecimento do sistema imunológico também são possíveis efeitos colaterais de fumar que você pode experimentar.

Para os jovens, há uma alta probabilidade de que eles continuem fumando na idade adulta. Como resultado disso, a sua função pulmonar e crescimento ficarão prejudicados. Adolescentes que fumam também são 22 vezes mais propensos a usar cocaína.

De acordo com um novo estudo australiano, mulheres fumantes podem ter piores cólicas menstruais do que aquelas que não o fazem. É provável que isso aconteça porque a quantidade de oxigênio que vai para o útero diminui quando você fuma. Os pesquisadores dizem que as mulheres que começaram a fumar na tenra idade de 13 anos têm um risco de 59 por cento de ter menstruações dolorosas, enquanto aquelas que começaram a fumar na idade de 14 ou 15 têm 50 por cento de risco de ter este tipo de menstruação.

Efeitos em Longo Prazo

Muitas pessoas não começam a sentir os efeitos colaterais graves do tabagismo até anos mais tarde. Assim que você começa a ter os sintomas, você sabe que o dano já foi feito. Alguns efeitos secundários prejudiciais de fumar cigarros incluem:

  • Problemas de Saúde Cardiovascular. Fumar representa um grande perigo para o seu coração e vasos sanguíneos. Ele danifica a estrutura do seu coração e a forma como seus vasos sanguíneos funcionam. Fumar aumenta o risco de ter uma doença cardíaca de duas a quatro vezes, pois faz com que os vasos sanguíneos do seu coração engrossem e cresçam mais finos. Fumar faz com que o seu coração bata mais rápido, sua pressão arterial aumente e faz seu sangue coagular.

    Quando um coágulo bloqueia o fluxo sanguíneo para o seu coração, ele não consegue obter oxigênio suficiente, o que danifica uma parte do músculo cardíaco ou mesmo o mata.

    As pessoas que fumam têm um maior risco de aterosclerose, uma doença que faz os líquidos da placa se acumularem nas artérias. À medida que o tempo avança isso fará com que suas artérias endureçam e se estreitem, o que limitará o fluxo do sangue cheio de oxigênio para outras partes do corpo.

    Fumar também pode levar à doença arterial coronária (DAC), já que assim que os líquidos da placa se acumulam nas artérias coronárias. Isso pode levar a dor no peito, ataque cardíaco, insuficiência cardíaca, arritmias ou morte.

    Outro efeito colateral do cigarro é a Doença Arterial Periférica (DAP), que ocorre quando os líquidos da placa se acumulam nos vasos sanguíneos que fornecem sangue à cabeça, órgãos e membros. As fumantes que têm diabetes e tomam pílulas anticoncepcionais estão em maior risco de ter doenças graves do coração e vasos sanguíneos.
  • Aumento do risco de acidente vascular cerebral. Os fumantes têm um risco de duas a quatro vezes maior de ter um acidente vascular cerebral do que os não fumantes. Isso acontece quando um coágulo bloqueia o sangue de seu cérebro ou quando uma artéria ao redor ou em seu cérebro explode.
  • Problemas respiratórios. Nossos pulmões estão equipados com uma camada de muco interno que serve como escudo protetor para os materiais estranhos que inalamos ao limpar esses contaminantes com pequenos pelos chamados de cílios. Mas nos fumantes, os cílios não conseguem funcionar corretamente, pois estes pelos minúsculos trabalham muito lentamente. Como resultado, você não tem como tossir, espirrar ou engolir para expulsar estas toxinas para fora do seu corpo.

    Fumar pode desencadear ou fazer um ataque de asma ficar pior. Também pode causar a Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC), que inclui enfisema e bronquite crônica. No enfisema, os sacos de ar em seus pulmões por fim perdem a sua elasticidade e começam a piorar. A bronquite crônica acontece quando há um inchaço nos revestimentos dos seus pulmões e isso restringe a sua respiração.
  • Complicações na gravidez. As mulheres grávidas que fumam têm um risco mais elevado de ter parto prematuro (precoce), aborto espontâneo ou natimorto. Elas podem deparar-se com a Síndrome da Morte Súbita Infantil (SMSI), gravidez ectópica e fissuras orofaciais nos recém-nascidos. As mulheres também têm uma grande tendência de ter ossos mais fracos após a menopausa.
  • Função da saúde reprodutiva. Homens que fumam podem ter disfunção erétil, má qualidade do esperma e defeitos no esperma. Nas mulheres, fumar pode causar fertilidade reduzida.
  • Câncer. Os cigarros contêm mais de 7.000 produtos químicos, alguns dos quais podem causar câncer. Estes incluem formaldeído, benzeno, polônio 210 e cloreto de vinilo. Pior ainda, fumar pode causar vários tipos de cânceres em qualquer lugar do corpo, não apenas nos pulmões, como:

Bexiga

Sangue (leucemia mieloide aguda)

Colo do útero

Cólon e reto (colorretal)

Esôfago

Rim e ureter

Laringe

Fígado

Fígado

Pâncreas

Estômago

Traqueia, brônquio e pulmão

Um Produto Químico Radioativo Encontrado em Fertilizantes Leva ao Câncer de Pulmão

Você sabia que seu corpo também acumula produtos químicos radioativos nocivos a partir dos cigarros? Estes elementos perigosos vêm dos pesticidas usados nas plantações de tabaco. 

Embora seja verdade que fumar cigarros pode causar câncer, há uma substância mais específica que é a causa principal do câncer entre os fumantes. As plantações de tabaco tipicamente usam fertilizantes de fosfato de cálcio, que contêm polônio 210. Quando o polônio 210 se desintegra, ele libera partículas alfa que podem danificar células humanas que entram em contato com elas.

Pesquisas sugerem que os principais danos pulmonares provêm da radiação emitida por esses fertilizantes. Elas também demonstram que o polônio, especificamente, causa câncer em animais de laboratório. Além disso, de acordo com um estudo feito em 2009, a radiação que você obtém fumando 1 ½ maço de cigarro é equivalente a 300 exames de raio X de tórax por ano.

Um relatório de 2011 da Nicotine and Tobacco Research também revelou que há documentos internos afirmando que a indústria do tabaco tem reconhecido o perigo trazido por esses produtos químicos radioativos. De acordo com estes artigos, verificou-se que a lavagem com ácido era uma solução eficaz na remoção de polônio 210 das folhas de tabaco, mas a indústria evitou o seu uso, uma vez que iria diminuir o efeito prazeroso da nicotina nos fumantes.

A indústria do tabaco certamente não será o seu motivador principal em impedi-lo de fumar, mesmo que eles saibam que isso pode levar à sua morte. Cabe a você agora tomar a decisão de se livrar do hábito de fumar para sempre e escolher um estilo de vida mais saudável, que pode adicionar mais anos à sua vida.

O Que Acontece Quando um Fumante Para de Fumar

O processo de parar de fumar exige determinação e paciência, uma vez que irá afetá-lo tanto fisicamente quanto mentalmente, por isso esteja preparado para seu período de abstinência. Mas, mesmo assim, isso irá lhe beneficiar grandemente em muitos aspectos, mesmo após alguns minutos depois de ter parado.

Dicas Sobre Como Parar de Fumar

Pessoas viciadas em fumar há um longo tempo ainda têm esperança de mudar de situação. Sugiro que você pratique essas técnicas de prevenção para ajudá-lo a parar de fumar:

  • Escolha um Dia para Parar. Escolha um dia que não seja estressante para você, para que você possa se preparar. Pode ser o seu aniversário, uma data importante, ou mesmo apenas o primeiro dia do mês.
  • Não Pare Sozinho. Dizer a alguém sobre a sua decisão de parar pode dar um enorme apoio quando você se sentir sozinho em sua batalha para parar.
  • Conheça suas Opções De Substituição De Nicotina. A terapia de reposição de nicotina (Nicotine Replacement Therapy-NRT) pode ser de grande ajuda para parar de fumar, pois pode ajudá-lo a superar os sintomas da abstinência. É considerada segura para todos os fumantes, exceto para mulheres grávidas e pessoas com doença cardíaca.

    A Food and Drug Administration (FDA) aprovou cinco formas de terapia de reposição de nicotina (adesivo, goma de mascar, spray nasal, inaladores e pastilhas) para aqueles que estão tentando parar. Mas ainda é melhor perguntar a um profissional de saúde sobre qual forma de NRT é a mais adequada para você.
  • Fique Atento Quanto ao seu Hábito de Fumar. Manter um diário pode ajudá-lo a rastrear as situações que o ajudaram ou atrapalharam em sua tentativa de parar de fumar, para que você possa determinar como pode lidar com elas, sem precisar de um cigarro.
  • Identifique seus Acionadores. Faça uma lista de todas as coisas que você fez no passado que envolvem fumar. Antes do dia em que você decidiu parar, prepare-se sobre o modo como você irá lidar com essas coisas.
  • Alterar o Que, Onde, Quando e Como Você Fuma. Alterar seus hábitos – a hora e os lugares onde você costumava fumar - pode ajudá-lo durante a sua tentativa de parar.
  • Limpeza de Primavera. Lave e jogue fora tudo o que o lembra de fumar.
  • Consiga Ajuda. Será ótimo se você conseguir obter ajuda de comunidades de ex-fumantes ou uma clínica especializada em ajudar aqueles que querem parar.
  • Dia de Parar e Além. Você tem de ajustar seu comportamento para identificar o que o faz fumar.
  • Se Você For Parar, Realmente Pare! Estar comprometido é a chave para ser bem-sucedido em sua tentativa de parar. Certamente será difícil, mas vale a pena.

Deixar de fumar pode ser difícil, mas eu aconselho você a fazê-lo o quanto antes. Eu realmente acredito que ter um estilo de vida saudável, sem fumar, não só irá beneficiar você, mas sua família também.

Artigo Anterior Próximo Artigo

Aviso legal: Todo o conteúdo deste site baseia-se nas opiniões do Dr. Mercola salvo expresso em contrário. Os artigos individuais baseiam-se nas opiniões do respectivo autor, que detém os direitos autorais conforme indicado. As informações deste site não pretendem substituir a relação individual com um profissional de saúde qualificado nem devem ser consideradas recomendação médica. Sua finalidade é compartilhar conhecimentos e informações a partir da pesquisa e experiência do Dr. Mercola e sua comunidade. O Dr. Mercola incentiva você a tomar suas próprias decisões de saúde com base na sua pesquisa e em conjunto com um profissional de saúde qualificado. Se você estiver grávida, amamentando, tomando medicação ou tiver um problema de saúde, consulte o seu médico antes de usar produtos baseados neste conteúdo.