cultivo de plantas

Resumo da matéria

  • Alcachofras, espinafre, aspargos, nozes, ovos, salmão selvagem, bagas e alho são exemplos de alimentos que podem ajudá-lo a aperfeiçoar sua saúde física e mental.
  • Quatro superalimentos bônus - brotos, legumes fermentados, caldo de osso e óleo de coco - também são analisados
Artigo Anterior Próximo Artigo

Alimentos Que Enchem de Energia Sua Primavera

3 Julho 2017 | 1,384 Visualizações |

Por Dr. Mercola

A primavera é, naturalmente, uma temporada de novos começos, tornando-a um momento ideal para fazer mudanças saudáveis em seu estilo de vida.

Sua dieta é um excelente ponto para se começar esta mudança, pois cerca de 80 por cento da sua capacidade de reduzir o excesso de gordura corporal é determinada pelo que você come. Mas até além da perda de peso, os alimentos que você come são decisivos para seus níveis de energia, e é por isso que reformular a sua dieta pode levar a mudanças profundas na sua qualidade de vida.

Você quer saltar da cama de manhã, animado para começar o dia que está prestes a se iniciar? Você tem desejado ter aquela energia aparentemente infinita que você tinha quando era criança?

Os nove alimentos que seguem estão entre os melhores para ajudá-lo a alcançar esses objetivos e, ainda mais, podem ajudá-lo a melhorar o humor, o foco e o desempenho em praticamente todos os aspectos da sua vida.

9 Alimentos que “Enchem de Energia” sua Vida

1. Alcachofras

Estes legumes frequentemente menosprezados são ricos em magnésio, um mineral encontrado em mais de 300 enzimas diferentes no seu corpo, que são responsáveis por:

Criação de ATP (trifosfato de adenosina), as moléculas de energia do seu corpo

Formação correta dos ossos e dentes

Relaxamento dos vasos sanguíneos

Ação do seu músculo cardíaco

Melhora da função intestinal correta

Regulação dos níveis de açúcar no sangue

2. Espinafre

O espinafre não só contém ferro, que desempenha um papel essencial na energia, mas também contém compostos que aumentam a eficiência das mitocôndrias, que são como pequenas "usinas de energia" nas suas células que fornecem a maior parte de sua energia. O espinafre também é rico em muitas outras vitaminas e minerais dos quais o seu corpo precisa para funcionar, incluindo niacina, zinco, fibra, vitaminas A, C, E e K, tiamina, B6, folato, cálcio, magnésio, potássio e mais.

3. Nozes

As nozes são uma boa fonte de triptofano, um aminoácido necessário para que seu corpo produza a serotonina, um componente químico do bem-estar. As nozes também são boas fontes de gorduras ômega-3 de origem vegetal, fitoesteróis naturais e antioxidantes, e podem ajudar a reduzir não apenas o risco de câncer de próstata, mas também do câncer de mama. Certifique-se de colocar de molho as nozes pois isso ajudará a diminuir o ácido fítico e outros "antinutrientes", que irão limitar seu valor nutricional.

4. Aspargos

Como uma fonte rica de folato, uma vitamina B que ajuda seu corpo a fazer dopamina, serotonina e norepinefrina, o aspargo é um legume "do bem-estar" que pode auxiliar o seu humor. Os aspargos também são ricos em glutationa, um importante anticarcinogênico, e contém rutina, que protege os pequenos vasos sanguíneos de rupturas e pode proteger contra a radiação. Os aspargos também são uma boa fonte de vitaminas A, C e E, vitaminas do complexo B, potássio e zinco.

5. Salmão Selvagem

O salmão contém gorduras ômega-3, como o ácido eicosapentaenóico (EPA), que pode ajudar a proteger sua pele dos danos causados pelos raios UV, ajudando a proteger contra rugas e flacidez, além de dar à sua pele uma hidratação adicional. Além de ajudar a sua pele, pesquisas sugerem que comer peixes oleosos uma ou duas vezes por semana pode aumentar seu tempo de vida em mais de dois anos e reduzir seu risco de morrer de doenças cardiovasculares em 35%.

6. Morangos

Os antioxidantes nos morangos também podem ajudar sua pele a reparar os danos causados pela poluição e pelos raios UV. Juntamente com altas quantidades de vitamina C, que foram identificadas como sendo capazes de ajudar a diminuir as rugas e a secura da pele, os morangos contêm flavonoides conhecidos como antocianinas, que são antioxidantes que dão aos frutos sua cor vermelha.

As antocianinas são conhecidas por beneficiar o revestimento endotelial do sistema circulatório, possivelmente impedindo o acúmulo de placa nas artérias, além de promover a pressão sanguínea saudável.

7. Ovos

Os ovos são uma das melhores fontes dietéticas de colina. A colina ajuda a manter suas membranas celulares funcionando adequadamente, desempenha um papel nas comunicações nervosas, evita o acúmulo de homocisteína no seu sangue (níveis elevados estão ligados a doenças cardíacas) e reduz a inflamação crônica.

A colina também é necessária para o seu corpo produzir a acetilcolina química do cérebro, que está envolvida no armazenamento da memória. Nas mulheres grávidas, a colina desempenha um papel igualmente importante, se não até mais, ajudando a prevenir certos defeitos congênitos, como a espinha bífida, e desempenha um papel no desenvolvimento do cérebro.

8. Mirtilos

Os mirtilos selvagens são ricos em antocianinas e outros antioxidantes, e são conhecidos por dar proteção contra a doença de Alzheimer e outras doenças neurológicas. Os mirtilos melhoraram a capacidade de aprendizagem e as habilidades motoras entre ratos idosos em estudos com animais. As bagas de todos os tipos também são excelentes fontes de vitamina C, carotenos, zinco, potássio, ferro, cálcio e magnésio; elas são ricas em fibras e pobres em açúcar.

9. Alho Primavera

O alho primavera, que é mais suave e mais doce que o alho que cresce mais tarde na estação, é um maravilhoso superalimento para se incluir na sua dieta. O componente do alho, a alicina, que causa o cheiro e sabor familiar, é realmente um antioxidante extremamente eficaz. À medida que a alicina é digerida pelo seu corpo, ela produz ácido sulfênico, o composto que reage mais rápido com radicais livres perigosos do que qualquer outro composto conhecido. Também pode estimular a saciedade em seu cérebro, ajudando a evitar que você coma em excesso.

A melhor maneira de comer alho é pegar um dente inteiro e fresco, cortá-lo, esmagá-lo ou pressioná-lo, aguardar por alguns minutos para que a conversão ocorra e depois comê-lo. Se você usa alho enlatado, em pó ou seco, você não receberá todos os benefícios que o alho fresco tem para oferecer.

Quatro Superalimentos Bônus para Incluir na Sua Dieta

1. Brotos:Os brotos são outros superalimentos que podem conter até 100 vezes mais enzimas do que frutas e legumes crus, o que permite que você obtenha mais nutrição dos alimentos que você consome. Quando os brotos são germinados, muitas vezes o teor de proteína e fibra aumenta, assim como o conteúdo de vitaminas e ácidos graxos essenciais. Minerais como o cálcio e magnésio também se tornam mais biodisponíveis.

Os brotos são incrivelmente fáceis e baratos de serem cultivados em casa, tornando-os uma potência nutricional da qual praticamente todos podem desfrutar. Eu costumava cultivar brotos em vasos esféricos há mais de 10 anos, mas agora estou fortemente convencido de que cultivá-los no solo é muito mais fácil e produz alimentos muito mais nutritivos e abundantes. Também é menos demorado. Estou no processo de compilação de vídeos detalhados para explicar este processo para futuros artigos, mas você pode ver algumas das minhas fotos preliminares de germinação agora.

Planejo fornecer um guia detalhado passo a passo sobre como plantar brotos ainda este ano. Há tantos detalhes a serem alinhados e otimizados pois eu quero garantir que lhe darei as melhores instruções possíveis. Então estou fazendo um monte de testes agora para que tudo dê certo.

2. Legumes fermentados: Quase todos possuem uma flora intestinal danificada nos dias atuais, a menos que você faça parte de uma minoria que se alimente de uma dieta orgânica rigorosa e evite antibióticos.

Os legumes fermentados são um dos alimentos fermentados mais palatáveis que podem lhe fornecer uma dose robusta de bactérias benéficas,  que são fundamentalmente importantes para se ter uma saúde física e mental otimizadas. Além disso, os alimentos fermentados são desintoxicantes muito potentes, capazes de extrair uma ampla gama de toxinas e metais pesados, incluindo alguns pesticidas.

3. Caldo de osso: Cozinhar ossos de sobras em fogo baixo durante um dia inteiro criará um dos alimentos mais nutritivos e curativos que existe. Você pode usar este caldo em sopas, guisados ou bebê-lo diretamente. A "pele" que se forma no topo é a melhor parte. Ela contém nutrientes valiosos, como o enxofre, juntamente com gorduras saudáveis, então apenas a coloque de volta no caldo.

4. Óleo de coco: Cinquenta por cento do teor de gordura no óleo de coco  é uma gordura raramente encontrada na natureza chamada ácido láurico que seu corpo converte em monolaurina, que tem propriedades antivirais, antibacterianas e antiprotozoárias. O óleo de coco é cerca de dois terços de ácidos graxos de cadeia média (Medium-Chain Fatty Acids -MCFAs), que produzem uma série de benefícios para a saúde, incluindo estimular seu metabolismo.

Os MCFAs também são imediatamente convertidos em energia - uma função geralmente cumprida na dieta por carboidratos simples - tornando o óleo de coco uma substituição ideal para carboidratos de grãos não saudáveis.

Artigo Anterior Próximo Artigo

Aviso legal: Todo o conteúdo deste site baseia-se nas opiniões do Dr. Mercola salvo expresso em contrário. Os artigos individuais baseiam-se nas opiniões do respectivo autor, que detém os direitos autorais conforme indicado. As informações deste site não pretendem substituir a relação individual com um profissional de saúde qualificado nem devem ser consideradas recomendação médica. Sua finalidade é compartilhar conhecimentos e informações a partir da pesquisa e experiência do Dr. Mercola e sua comunidade. O Dr. Mercola incentiva você a tomar suas próprias decisões de saúde com base na sua pesquisa e em conjunto com um profissional de saúde qualificado. Se você estiver grávida, amamentando, tomando medicação ou tiver um problema de saúde, consulte o seu médico antes de usar produtos baseados neste conteúdo.