Quais São os Benefícios à Saúde Promovidos pelo Orégano?

folhas de orégano e orégano moído

Resumo da matéria -

  • O orégano contém vitaminas A, C, E e K, assim como fibras, folato, ferro, magnésio, vitamina B6, cálcio e potássio
  • O óleo essencial de orégano pode ser útil contra doenças respiratórias, tais como resfriados e gripes
  • Adicionar orégano à carne antes de cozinhá-la pode ajudar na redução da quantidade de compostos tóxicos criados pelo processo de cozimento
Tamanho da fonte:

Por Dr. Mercola

O orégano é uma erva maravilhosa tanto para ser usada na culinária quanto para ser usada de forma terapêutica, conforme necessário.

Seu nome significa “felicidade serrana” e o orégano foi reverenciado como símbolo da felicidade pelos antigos Gregos e Romanos.

É por isto que retratos da época geralmente mostram noivos e noivas coroados com um louro de orégano, que era uma tradição bastante difundida.

Embora o orégano seja popular na culinária mediterrânea, nos EUA ele é geralmente associado primariamente ao tempero da pizza.

Isto causa um grande desserviço a esta erva medicinal, pois hoje sabemos que o orégano contém vitaminas A, C, E e K, assim como fibras, folato, ferro, magnésio, vitamina B6, cálcio e potássio.

Ademais, o orégano, algumas vezes chamado de “manjerona silvestre” na Europa (e está intimamente relacionado à erva manjerona doce) contém potentes fitoquímicos que promovem benefícios potenciais à saúde.

Cinco Principais Benefícios Promovidos pelo Orégano

1. Antioxidantes para Suporte do Sistema Imunológico

Um agente ativo encontrado no orégano é o ácido rosmarínico, forte antioxidante que pode melhorar a saúde do sistema imunológico. O orégano possui uma das taxas mais altas de atividade antioxidante, tendo 42 vezes mais antioxidantes do que um suco de maçã. De acordo com um estudo realizado:

“…o consumo de ervas [incluindo orégano]pode… contribuir de forma significativa com o consumo total de antioxidantes vegetais e ser fonte ainda melhor de antioxidantes dietéticos que muitos grupos alimentares, tais como frutas, bagas, cereais e vegetais.”

2. Antifúngico e Antibacteriano Podendo Inclusive Matar o MRSA

Carvacrol e timol, dois fitoquímicos encontrados no orégano, são poderosos antimicrobianos. Pesquisas realizadas mostraram que óleos essenciais do orégano podem matar o patógeno alimentar Listeria e a superbactéria MRSA (tornando-o útil na adição de sabonetes para as mãos e desinfetantes). De acordo com um dos pesquisadores envolvidos no estudo sobre a MRSA:

“Realizamos alguns testes preliminares e concluímos que o óleo essencial de orégano mata a MRSA em uma diluição 1 para 1.000. Os testes mostraram que o óleo mata o MRSA tanto na forma líquida quanto na forma de vapor e sua atividade antimicrobiana não é reduzida pelo aquecimento em água fervente.”

Estudos realizados igualmente mostraram que óleos essenciais de orégano são úteis contra certas espécies de Cândida.

3. Propriedades Anti-inflamatórias

O orégano contém beta-cariofilina (E-BCP), substância inibidora de inflamações e pode igualmente ser benéfico contra condições incluindo osteoporose e arteriosclerose, assim como síndrome metabólica.

4. Útil para Infecções do Trato Respiratório Superior

O orégano igualmente possui atividade antiviral potencial e um spray contendo óleos essenciais aromáticos de cinco plantas, incluindo o orégano, demonstrou aliviar “imediatamente” de forma significativa sintomas em pessoas com infecções do trato respiratório superior.

Se você contrair uma gripe ou um resfriado, o óleo de orégano pode ser útil. Geralmente, quanto maior a concentração de carvacrol, mais eficaz ele é. Curiosamente, o orégano incentiva a produção de suor como forma de desintoxicação e ingeri-lo pode ajudar o organismo a livrar-se do catarro indesejado nos pulmões.

5. Efeitos Anticancerígenos

O extrato de orégano demonstrou “levar à lesão definitiva e morte de células de forma dependente da dose e do tempo” em células cancerígenas do cólon. Um fitoquímico encontrado no orégano, o carnosol, foi igualmente “avaliado com relação às propriedades anticancerígenas na próstata, nos seios, na pele, em leucemias e câncer de cólon e teve resultados promissores”.

Na lista abaixo, você encontrará 15 condições adicionais para as quais o orégano pode ser útil e poderá, então, aprender ainda mais sobre as várias propriedades promovidas pelo orégano à saúde lendo o artigo “Para Que Serve o Orégano? “.

Resfriado

Dor muscular

Acne

Caspa

Bronquite

Dor de dente

Inchaço

Dor de cabeça

Doenças cardíacas

Alergias

Parasitas intestinais

Dor de ouvido

Fadiga

Repelir insetos

Cólica menstrual

Mais Que um Simples Sabor: Por Que Usar Orégano na Culinária?

O sabor aromático e quente do orégano funciona bem em muitos pratos (não somente nos italianos). Se você é iniciante, tente adicioná-lo aos molhos para salada, vegetais ou ovos. Além disso, um dos melhores usos do orégano na culinária é sua adição à carne antes de seu cozimento, ajudando na redução dos compostos tóxicos criados durante o processo de cozimento.

Um estudo realizado concluiu que a adição de uma mistura de temperos rica em antioxidantes, incluindo orégano, à carne antes de seu cozimento reduziu o nível de malondialdeído (marcador químico da oxidação) na carne em 71 por cento e os níveis desse composto na urina dos participantes do estudo em 49 por cento. Os pesquisadores usaram uma mistura composta por:

Cravos

Canela

Orégano

Alecrim

Gengibre

Pimenta do reino

Páprica

Alho em pó

Você pode facilmente recriar este composto simplesmente misturando os temperos secos e friccionando-o à carne antes de dourá-la rapidamente ou adicioná-lo à sua marinada.

Mesmo que você não seja um (a) jardineiro (a), o orégano é uma erva que você pode facilmente plantar em casa, o que daria a você um suprimento praticamente sem custo e sempre fresco desta erva maravilhosa. Ainda melhor, o orégano é perene, o que significa que você o terá sempre, ano após ano (ele se adapta igualmente bem sendo plantado em recipientes).

Simplesmente colha a quantidade que precisa e use-o fresco ou seque-o antes de usar (o orégano seco é igualmente encontrado na popular mistura de temperos “ervas de Provença”). Mantenha o orégano seco em um recipiente hermético em local arejado e escuro.

Quando comprar orégano, você encontrará dois tipos: o orégano mediterrâneo (também conhecido como orégano grego, orégano turco e orégano europeu) e o orégano mexicano.

Embora os sabores sejam similares, o orégano mediterrâneo e o orégano mexicano são provenientes de plantas diferentes. O orégano mexicano está, na verdade, mais intimamente relacionado com o limão verbena e possui sabor mais forte, mais pungente e menos doce do que o orégano mediterrâneo.

Para escolher qual dos dois tipos usar em seus pratos, saiba que o orégano mexicano funciona melhor com pratos picantes de sabor muito intenso juntamente com temperos como cominho e pimenta malagueta em pó. O orégano mediterrâneo, por sua vez, funciona melhor com pratos italianos, peixe, cordeiro, saladas, vegetais e outros pratos de sabor mais suave.

Óleo de Orégano é um Aditivo Maravilhoso à Sua Caixa de Medicamentos Naturais

Além de seus usos na culinária, o óleo de orégano pode ser útil no combate a diversos tipos de infecções, tornando-o um medicamento caseiro útil. Por exemplo, as propriedades antibacterianas, antivirais e antifúngicas do óleo de orégano podem ser úteis para:

  • Inibição do crescimento da Klebsiella pneumoniae e do Staphylococcus aureus, que podem causar infecções respiratórias. Ele pode igualmente combater bactérias resistentes a múltiplos medicamentos.
  • Infecções do trato urinário (ITUs), porque inibe o crescimento de E. Coli, Proteus e Pseudomonas aeruginosa, bactérias que podem causar ITUs.
  • Infecções causadas por fungos, incluindo aqueles resistentes ao medicamento comumente usado chamado Diflucan.
  • Infecções parasitárias. O óleo de orégano tem-se mostrado mais eficaz contra a ameba parasita Giardia do que o medicamento tinidazol.
  • Doenças causadas por alimentos. Diversos patógenos alimentares, incluindo Listeria, Salmonella, E. Coli e Shigella dysenteria são inibidos pelo óleo de orégano. Não somente pode-se adicionar o óleo a alimentos para ajudar a matar tais bactérias, como igualmente pode-se usar o óleo no caso de intoxicação alimentar para ajudar no alívio dos sintomas.

Você pode usar o óleo de orégano de várias formas, dependendo das necessidades de sua saúde:

  • Localmente para casos de pé de atleta ou unhas com fungos. Tente fazer uma imersão dos pés em uma vasilha de água com algumas colheres de óleo ou friccione o óleo diluído (uma gota de óleo em uma colher de sopa de azeite de oliva ou óleo de coco) em suas unhas/pele.
  • Inalado para tratamento de infecções sinusais ou resfriados. Simplesmente coloque algumas gotas de óleo de orégano em um vaporizador de água. Cuidadosamente, inale o vapor, tomando cuidado para não se queimar.
  • Sublingual para ajudar no tratamento de infecções ou parasitas. Dilua o óleo (uma gota de óleo com uma gota de óleo base) e coloque uma ou duas gotas diluídas sob a língua. Mantenha-o por alguns minutos, então enxague a boca com água. Repita o processo até quatro vezes por dia.