Para que Servem os Caquis?

Tamanho da fonte:

Infelizmente os americanos não estão muito familiarizados com os caquis e isto é ruim, pois em latim a palavra significa “alimento dos Deuses”.

Fruta que normalmente cresce em clima quente e seco, o caqui encontrado em grandes mercearias é provavelmente caqui japonês.

O caqui é a fruta nacional do Japão e é de lá sua origem (os caquis americanos são, na maioria, ornamentais).

A semente do caqui chegou aos Estados Unidos quando o Comodoro Perry a enviou do Japão em 1856.

Hoje, os caquis são cultivados em grande número de variedades na China, na Birmânia, na Índia setentrional e na Austrália; nos EUA, eles são cultivados nos estados do Sul e do Sudoeste, predominantemente na Califórnia.

Os caquis são frutas vermelho-amarronzadas ou laranja que crescem em árvores como as ameixas e parecem-se com um tomate achatado coberto com sépala.

As duas variedades são adstringente e não adstringente, sendo esta última deliciosamente doce.

Para evitar o amargor, as variedades mais pálidas devem ser consumidas somente muito maduras, geralmente sem casca.

Benefícios Promovidos pelos Caquis à Saúde

Novamente, a vitamina A mostrou-se uma potência na nutrição, oferecendo 55% do valor diário no caqui.

A vitamina C vem em segundo lugar com 21%, além de excelentes quantidades de manganês, cofator para a enzima superóxido dismutase, para as membranas mucosas e para a pele, assim como um conhecido protetor contra cânceres do pulmão e da boca.

Os caquis são uma excelente fonte de fibra, ajudando a manter o organismo regulado. As vitaminas do complexo B estão presentes, estabilizando o sistema metabólico, juntamente com cobre e fósforo.

Com baixos valores calóricos e gorduras, esta pequena fruta contém todos os tipos de fitonutrientes, flavonoides e antioxidantes, como a catequina (conhecida por suas propriedades antibióticas e anti-inflamatórias e por proteger pequenos vasos sanguíneos contra sangramentos), assim como galocatequinas e o ácido betulínico, inibidor de tumores.

Outros poderosos antioxidantes encontrados nos caquis são o betacaroteno, o licopeno, a luteína e a criptoxantina. A zeaxantina é absorvida nos olhos e ajuda a filtrar a luz.

No entanto, consuma o caqui com moderação, pois ele contém frutose que pode ser prejudicial para a saúde se consumida em quantidades excessivas.

Tabela Nutricional do Caqui

Porção: 3.5 onças (100 gramas), japonês, cru
% Valor
diário*
Qtde. por
porção

Calorias

70
 

    Calorias da gordura

2
 

Gorduras Totais

0 g
0%

    Gordura saturada

0 g
0%

    Gordura trans

 

Colesterol

0 mg
0%

Sódio

1 mg
0%

Carboidratos Totais

19 g
6%

    Fibra Alimentar

4 g
14%

    Açúcar

13 g

Proteína

1 g

Vitamina A

33%

Vitamina C

13%

Cálcio

1%

Ferro

1%
*Valores diários de referência com base em uma dieta de 2000 kcal. Seus valores diários podem ser maiores ou menores dependendo de suas necessidades energéticas.

Estudos Realizados com Caquis

O caqui é um dos poucos alimentos associados ao extermínio de células cancerígenas sem prejudicar as células normais da mama, de acordo com um novo estudo.

Cientistas atribuíram este fato ao flavonoide fisetin, presente em diversas frutas e vegetais, nos caquis especificamente. O fisetin foi também considerado contribuinte significativo na erradicação de células cancerígenas do cólon e da próstata.  

Receitas Saudáveis com Caqui:

Salada de Caqui com Queijo de Cabra

Receita saudável feita com caqui

Ingredientes:

  • 6 xícaras de verduras (misturadas, qualquer tipo)
  • 1 caqui Fuyu, fatiado
  • 1 maçã pequena, fatiada
  • ½ xícara de queijo de cabra amassado
  • 3 colheres de sopa de amêndoas torradas picadas
  • 4 colheres de sopa de suco de tangerina
  • 2 colheres de sopa de azeite de oliva
  • ½ colher de chá de mostarda Dijon
  • 1 pitada de sal
  • 2 pitadas de pimenta

Modo de Fazer:

  1. Coloque as verduras em uma tigela para salada e cubra-as com as frutas e com o queijo de cabra.
  2. Em uma pequena tigela, bata o suco de tangerina, a mostarda, o sal e a pimenta. Misture ao azeite de oliva em fio. Ajuste o sabor. Misture as verduras e agite. Salpique as amêndoas sobre tudo. Sirva.

(Extraído de Food52.com)

Fatos Interessantes Sobre o Caqui

Sobre o caqui, em 1607, o Capitão John Smith escreveu de Jamestown: 

“A fruta é como uma nêspera; primeiro é verde, então fica amarela e vermelha ao amadurecer: se não estiver madura, vai deixar a boca do homem com uma sensação sofrível, mas quando madura, é deliciosa como o damasco.”

Resumo

Frequentemente confundida nos EUA, o caqui é uma fruta encontrada em diversas variedades. Conhecido com adstringente ou não adstringente, é importante saber, antes de consumi-lo, qual variedade você tem em mãos antes de dar a primeira mordida.

Na pior das hipóteses, você terá um momento de extremo amargor, no qual você perceberá que deveria, no mínimo, ter esperado; na melhor das hipóteses, você ficará apaixonado por esta fruta deliciosa.

Os caquis Hachiya são cremosos e ótimos para cozimento, enquanto os caquis Fuyu são bons sem a pele e apreciados crus. Não importa como você os consome, eles são outra fruta com capacidades antioxidantes incrivelmente eficazes, contendo vitaminas poderosas unidas para promover saúde extra.