O que é Doença de Lyme?

Doença de Lyme

Resumo da matéria -

  • A doença de Lyme é a doença infecciosa transmitida por carrapatos mais comum nos EUA
  • A doença de Lyme deve seu nome à cidade de Lyme, Connecticut, onde foi identificada pela primeira vez em 1975
Tamanho da fonte:

De acordo com o Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas (National Institute of Allergies and Infectious Diseases -NIAID), a doença de Lyme é a doença infecciosa mais comum nos EUA. A doença recebeu esse nome em homenagem à cidade de Lyme, Connecticut, onde foi identificada pela primeira vez em 1975.

Foi inicialmente chamada de "artrite de Lyme" porque apresentava sintomas artríticos não característicos que afetavam até mesmo crianças. Em 1977, o carrapato de cervos, também conhecido como carrapato de pernas pretas (Ixodes scapularis), foi associado à transmissão da doença.

A bactéria responsável pela doença de Lyme foi identificada pelo Dr. Willy Burgdorfer em 1982. A borrelia burgdorferi, um tipo de bactéria longa e esbelta conhecida como espiroqueta, foi nomeada em sua homenagem e parece idêntica à espiroqueta que causa sífilis.

A forma saca-rolhas do B. burgdorferi permite que ele se enterre e se esconda em vários tecidos do corpo. Esta é a razão pela qual pode causar uma ampla variedade de sintomas e afetar diferentes partes do corpo.

A doença de Lyme também pode ser causada por outras três espécies de bactérias: Borrelia mayonii, Borrelia afzelii e Borrelia garinii. Nos EUA, B. burgdorferi e a B. mayonii são as principais causas da doença, enquanto que B. garinii e B. afzelii são as principais causas da doença de Lyme na Ásia e na Europa.

O tratamento da doença de Lyme é geralmente muito difícil, e os sintomas podem se repetir porque as bactérias não existem apenas como uma espiroqueta; eles podem até mesmo viver dentro de suas células (intracelularmente) tomando uma forma de "L" ou "cisto.”

Há uma grande chance de recorrência após tratamento antibiótico padrão devido a essas diferentes morfologias.

O que Acontecerá se Lyme não for Tratada Logo no Começo?

Se a doença de Lyme não for diagnosticada ou for deixada sem tratamento, as espiroquetas podem se espalhar e se esconder em diferentes partes do corpo.

Problemas no cérebro e sistema nervoso, coração e circulação, músculos e articulações, sistema reprodutivo, digestão e pele podem ocorrer semanas, meses ou anos mais tarde. Os sintomas também podem ir e vir mesmo sem tratamento.

Os pacientes que não são tratados logo no começo podem apresentar sintomas graves difíceis de resolver. Isso é chamado doença de Lyme crônica (CLD) ou doença de Lyme pós-tratamento (PTLD). Cerca de sete a 30 dias após a picada do carrapato infectado, podem ocorrer sintomas neurológicos, como dor, fraqueza, dormência, paralisia dos músculos faciais e sintomas de meningite.

A Doença de Lyme é Fatal?

Embora tipicamente não seja fatal, a doença de Lyme pode causar sintomas debilitantes, como inflamação articular crônica (frequentemente afetando o joelho), defeitos cognitivos como déficit cognitivo e às vezes podem até levar a irregularidades no ritmo cardíaco. Cerca de 23 mortes foram atribuídas à doença de Lyme, por isso você deve levá-la a sério.

O tratamento convencional geralmente envolve antibióticos que prejudicam a flora intestinal e o (a) expõem a toda uma série de outros efeitos colaterais. É por isso que é aconselhável esgotar todas as alternativas naturais antes de recorrer ao tratamento padrão com antibióticos.

+ Recursos e Referências