Por que a semente da uva é tão boa?


Sementes de uva

Resumo da matéria -

  • As sementes de uva são ricas em antioxidantes potentes e compostos vegetais naturais chamados de complexos de proantocianidina oligomérica (CPOs).
  • O extrato de semente de uva pode exercer um papel na prevenção do câncer, resistência óssea, saúde oral, pressão arterial saudável e muito mais
  • O extrato de semente de uva pode até mesmo ser útil como agente preventivo ou terapêutico no mal de Alzheimer
Tamanho da fonte:

Por Dr. Mercola

A uva é uma das frutas mais populares nos Estados Unidos, mas muitas pessoas deixam de comer o que talvez seja o componente mais saudável — as sementes. As sementes de uva são ricas em antioxidantes potentes e compostos vegetais naturais chamados de complexos de proantocianidina oligomérica (CPOs).

Os CPOs são bastante conhecidos por sua atividade antioxidante, que significa, no mínimo, que a semente de uva pode ajudar a destruir os radicais livres no seu corpo, que, por sua vez, ajudam a evitar o envelhecimento precoce e determinadas doenças crônicas.

No entanto, os CPOs também mostram várias outras atividades benéficas no corpo, que explicam por que o extrato da semente de uva parece ajudar em tantos problemas de saúde diferentes e causar efeitos em todo o corpo.

Segundo o Centro Nacional de Saúde Complementar e Integrada (NCCIH) do Instituto Nacional de Saúde (NIH):

"Hoje, o extrato de semente de uva é usado como um remédio popular ou tradicional para problemas relacionados ao coração e vasos sanguíneos, como aterosclerose (endurecimento das artérias), pressão alta, colesterol alto e má circulação…

… [C]omplicações relacionadas à diabetes, como danos à visão e nervos; problemas de visão, como degeneração macular (que pode causar cegueira); inchaço após uma lesão ou cirurgia; prevenção do câncer e cicatrização.

As sementes de uva usadas para produzir o extrato da semente de uva são geralmente obtidas dos fabricantes de vinho".

CPOs ajudam a fazer do extrato da semente de uva um superalimento saudável

Um dos benefícios mais famosos do extrato de uva são os CPOs, que estão relacionados a um composto bem mais conhecido, o resveratrol (encontrado na pele da uva). Segundo o periódico Alternative Medicine Review, os CPOs não só apresentam atividade antioxidante, mas também são:

Antibacterianos Antivirais
Anticarcinogênicos Anti-inflamatórios
Antialérgicos Vasodilatadores

Além disso, o periódico informou que os CPOs "apresentaram inibição da peroxidação lipídica, agregação plaquetária, permeabilidade e fragilidade capilar e efeito sobre os sistemas enzimáticos…Com base nas descobertas relatadas, os CPOs podem ser um componente útil no tratamento de diversos problemas".

Os CPOs podem até mesmo atuar na prevenção do câncer. Uma pesquisa publicada no periódico Prostate revelou que os CPOs ajudaram a interromper a propagação de células do câncer de próstata e também provocaram a apoptose (morte celular) dessas células. Além disso, segundo o Centro Médico da Universidade de Maryland:

"Estudos revelaram que os extratos da semente de uva podem prevenir o desenvolvimento das células do câncer de mama, estômago, cólon, próstata e pulmão em tubos de ensaio. No entanto, não há evidências claras se ele funciona nas pessoas.

Os antioxidantes, como os encontrados no extrato da semente de uva, podem ajudar a reduzir o risco de desenvolver câncer. O extrato da semente de uva também pode ajudar a prevenir danos nas células do fígado humano causados pelos remédios da quimioterapia".

O extrato da semente de uva também contém altos níveis de compostos (dímeros de procianidina) que atuam como inibidores da aromatase. Essa é provavelmente outra maneira que as sementes de uva podem ajudar a prevenir e tratar o câncer, especificamente o câncer de mama dependente de hormônios.

A aromatase, uma enzima, transforma o androgênio em estrogênio e se expressa em níveis mais altos nos tecidos do câncer de mama do que nos tecidos normais.

Diversos tipos de câncer de mama são estimulados pelo estrogênio, e é por isso que algumas drogas da quimioterapia funcionam inibindo a atividade da aromatase. O extrato da semente de uva pode exercer efeito semelhante de modo natural.

A semente de uva e sua relação com a saúde cardíaca, pele e cérebro

Quanto mais pesquisas são feitas sobre as sementes de uva, mais fica claro como elas são altamente benéficas para a saúde. Os resultados mostraram que elas são capazes de melhorar a flexibilidade das articulações, de artérias e de tecidos corporais, como o coração, por exemplo.

A semente da uva também ajuda a melhorar a circulação sanguínea fortalecendo os vasos capilares, artérias e veias. A seguir estão outros benefícios que ela oferece à saúde.

Pressão alta

Os antioxidantes, como flavonoides, ácido linoleico e procianidinas fenólicas, presentes no extrato de semente de uva, ajudam a proteger os vasos sanguíneos contra danos, podendo prevenir a pressão alta.

O extrato da semente de uva mostrou ajudar na dilatação dos vasos sanguíneos e na redução da pressão alta em pessoas com síndrome metabólica (a maioria delas também tinha pré-hipertensão).

Outro estudo revelou que uma bebida com o extrato da semente de uva melhorou a pressão arterial de pessoas com pré-hipertensão, enquanto uma dose única do extrato da semente de uva melhorou a pressão de ratos hipertensos.

Insuficiência venosa crônica

Os CPOs do extrato de semente de uva podem ajudar nesse problema. Cerca de 80% das pessoas que consumiram CPOs apresentaram melhoria dos sintomas depois dos primeiros 10 dias de tratamento. A sensação de peso, coceira e dor foi reduzida significativamente.

Resistência óssea

O extrato da semente de uva melhorou a formação e resistência óssea em estudos com animais.

Inchaço (edema)

O extrato da semente de uva diminuiu o inchaço das pernas que pode ocorrer ao ficar sentado por muito tempo. Além disso, segundo o Centro Médico da Universidade de Maryland:

"O edema é comum após a cirurgia do câncer de mama, e um estudo duplo-cego e controlado por placebo revelou que os pacientes com câncer de mama que ingeriram 600 mg do extrato de semente de uva após a cirurgia, por seis meses, tiveram menos edema e dor do que os que receberam placebo.

Outro estudo revelou que as pessoas que ingeriram o extrato da semente de uva após sofrer uma lesão esportiva tiveram menos inchaço do que aqueles que tomaram placebo".

Declínio cognitivo

Estudos com animais sugerem que o extrato da semente de uva pode reverter a disfunção do hipocampo no cérebro, reduzindo o estresse oxidativo e preservando a função mitocondrial. O extrato de semente de uva pode até mesmo ser útil como agente preventivo ou terapêutico no mal de Alzheimer.

Saúde oral

A solução do extrato da semente de uva causou redução na desmineralização e remineralização de cáries em um estudo de laboratório. Como a remineralização é um tratamento eficaz, capaz de interromper ou reverter a cárie inicial, o extrato da semente de uva pode auxiliar na saúde oral.

Diabetes

O extrato da semente de uva, administrado juntamente com exercícios físicos, melhorou o perfil lipídico, a perda de peso, a pressão arterial e outras complicações diabéticas, mais do que a aplicação individual de uma dessas intervenções.

Segundo os pesquisadores: "Esta combinação [de extrato de semente de uva e exercícios físicos] pode representar uma abordagem terapêutica prática e barata para as complicações diabéticas".

As evidências mostram que o extrato de semente de uva também pode:

  • Melhorar a visão noturna
  • Proteger o colágeno e a elastina da sua pele (para efeitos antienvelhecimento)
  • Tratar as hemorroidas
  • Proteger contra a rancidez oxidativa e patógenos bacterianos

É possível obter os benefícios das sementes de uva consumindo apenas a fruta?

Se você gosta de comer uvas, não há por que cuspir as sementes (comê-las pode ajudar um pouco). No entanto, para alcançar as quantidades terapêuticas das sementes de uva, você precisaria comer muitas uvas — e isso não é recomendado já que a uva é uma das frutas mais ricas em frutose.

A maioria dos extratos de semente de uva vem das sementes trituradas de uvas utilizadas na fabricação de vinho tinto. Na realidade, as sementes e seu extrato são considerados um produto derivado das indústrias de vinho e suco de uva.

Embora você possa comprar as sementes inteiras da uva para consumo, buscando obter benefícios à saúde, elas são muito amargas. Isso é bom, já que os polifenois, flavonoides e outros compostos vegetais benéficos quase sempre têm sabor amargo — isso é um sinal de que são bons para você.

Infelizmente, como a maioria das pessoas acha que eles têm um sabor desagradável, "a indústria alimentícia retira normalmente esses compostos dos alimentos vegetais através do cultivo seletivo e de diversos processos para remover o paladar amargo". Se você quer tentar experimentar o sabor amargo, então as sementes inteiras da uva são uma opção.

Caso contrário, a semente de uva e seu extrato estão disponíveis na forma de suplemento. Não há um valor diário recomendado no momento, mas alguns estudos utilizaram doses entre 100 e 300 miligramas/dia. O Centro Médico da Universidade de Maryland recomenda buscar produtos que tenham o padrão de 40% a 80% de proantocianidinas, ou um teor de CPO de pelo menos 95%.