Receba sua Dose de Benefícios para a Saúde com Óleo de Gengibre

Óleo de Gengibre

Resumo da matéria -

  • O óleo de gengibre tem uma consistência fina e de cor amarelo-clara, com um aroma agradavelmente pungente. O aroma varia de acordo com a destilação e a qualidade do gengibre utilizado. No entanto, diz-se que o óleo de gengibre mais aromaticamente superior provém da destilação da raiz fresca de gengibre.
Tamanho da fonte:

Eu discuti os benefícios do gengibre  no meu site há algum tempo.

Estou particularmente impressionado com suas propriedades anti-inflamatórias, o que o torna um dos remédios caseiros mais potentes que você pode usar para aliviar a dor e o enjoo de movimento. 

É por isso que não foi surpreendente descobrir que o óleo de gengibre, extraído da raiz fresca de gengibre, também oferece esses benefícios para todo o corpo e muito mais.

O Que é o Óleo de Gengibre?

Quente, picante e energizante, o óleo de gengibre vem da raiz de gengibre (Zingiber officinale), um rizoma subterrâneo pungente de aparência peculiar.

Membro da família de plantas Zingiberaceae, esta erva perene cresce de três a quatro pés (91 a 121 cm) de altura, com folhas estreitas em forma de lança, flores brancas ou amarelas e pequenos rizomas tuberosos com uma casca marrom espessa ou fina. Sua polpa pode ser amarela, branca ou vermelha, dependendo da variedade.

O gengibre tem sido valorizado há milhares de anos por suas propriedades medicinais e culinárias, em particular nas antigas civilizações chinesas, indianas e gregas. O Mahabharata, um épico sânscrito indiano do século IV a.C., descreve um prato de carne cozido que usa gengibre como ingrediente. Na medicina ayurvédica, o gengibre é considerado uma planta de vital importância.

Eventualmente, o gengibre foi exportado para o Império Romano e tornou-se amplamente comercializado na Europa pelos comerciantes árabes. Também foi usado como ingrediente em doces. Já do século XIII ao século 14, o gengibre - juntamente com a pimenta preta - tornou-se uma especiaria comumente comercializada. Era dito que uma libra de gengibre poderia ser trocada por uma ovelha.

O gengibre atualmente é um dos ingredientes alimentares mais flexíveis. Pode ser comido fresco ou seco, infundido como um chá ou ralado para ser acrescentado ao seu suco de legumes (um dos meus favoritos pessoais). A raiz seca é a fonte de tinturas e suplementos, e também é transformada em óleo de gengibre, um óleo energético e estimulante com uma ampla gama de usos.

O óleo de gengibre tem uma consistência fina e de cor amarelo-clara, com um aroma agradavelmente pungente. O aroma varia de acordo com a destilação e a qualidade do gengibre utilizado. No entanto, diz-se que o óleo de gengibre mais aromaticamente superior provém da destilação da raiz fresca de gengibre.

Usos do Óleo de Gengibre

Os benefícios do gengibre para aliviar a dor são amplamente conhecidos atualmente, e embora eu prefira usar gengibre fresco (comido cru, ralado para ser acrescentado a seu suco de legumes ou infundido no chá), o uso de óleo de gengibre também pode proporcionar esses benefícios para a saúde. Quando usado topicamente, o óleo de gengibre pode ajudar a aliviar desconfortos e dor, além de promover a circulação sanguínea normal.

Os aromaterapeutas também valorizam as qualidades calmantes e aquecedoras do óleo de gengibre para ajudar a resolver os problemas digestivos. Na verdade, este é um dos usos mais populares do óleo de gengibre: aliviar qualquer tipo de transtorno digestivo, como náuseas, indigestão, diarreia, gases e até mesmo enjoos matinais.

Aqui estão algumas maneiras de usar o óleo de gengibre para vários problemas de saúde:

Aplique de duas a três gotas em um difusor, ou coloque em uma bola de algodão ou no seu lenço e, em seguida, inale. Isso ajudará a reenergizar e revitalizar seu corpo, mente e alma.

Misture de duas a três gotas em uma onça (29 ml) de óleo transportador e use como um óleo de massagem. Isso ajuda a aliviar a dor nas costas, artrite, dor muscular, reumatismo e fraturas, bem como a estimular seu sistema circulatório e revitalizar sua libido.

Você também pode adicioná-lo ao seu banho quente ou colocar algumas gotas em uma compressa quente ou fria e, em seguida, aplicá-lo nas áreas afetadas.

Inale através de um difusor ou vaporizador para aliviar a sinusite, dor de garganta e corrimento nasal. Também pode funcionar como um descongestionante.

Massageie uma gota no seu abdômen para aliviar os gases e a diarreia.

Composição do óleo de gengibre

Os benefícios do óleo de gengibre provêm principalmente de seus poderosos monoterpenoides e sesquiterpenoides, como o neral, o geranial, o 1,8-cineol, o zingibereno, o B-bisaboleno e o B-sesquifelandreno. Também contém a-pineno, B-pineno, canfeno, linalol, borneol, y-terpineol, nerol, geraniol e acetato de geraniol.

Benefícios do Óleo de Gengibre

Os muitos benefícios do óleo de gengibre são atribuídos às propriedades anti-inflamatórias, digestivas, expectorantes, antissépticas, carminativas, analgésicas e estimulantes. É útil para aliviar vários problemas de saúde, como:

Problemas relacionados a estômago e intestino — O óleo de gengibre ajuda a promover uma boa digestão e pode ser um ótimo remédio para espasmos, dispepsia, indigestão e flatulência. Também pode aumentar o seu apetite, o que é ótimo para as pessoas que estão tentando ganhar peso.

Intoxicação alimentar — As propriedades antissépticas e carminativas do óleo de gengibre podem ajudar a tratar a intoxicação alimentar, bem como infecções intestinais e disenteria bacteriana.

Malária e febre amarela — Um estudo descobriu que o óleo de gengibre pode ajudar a repelir os mosquitos Anopheles culicifacies, que são os principais transportadores da malária na Índia.

Problemas respiratórios — O óleo de gengibre pode ajudar a aliviar e tratar a tosse, gripe, asma, falta de ar e bronquite. O gengibre fresco pode realmente remover o muco da garganta e dos pulmões, e geralmente é adicionado ao chá por seus efeitos calmantes.

Dor — O gengibre e o óleo de gengibre podem ajudar a reduzir as prostaglandinas, que são os compostos associados à dor. Para mais informações sobre como o gengibre alivia a dor (particularmente a dor após o exercício).

Doenças cardíacas — O uso regular do óleo de gengibre pode ajudar a reduzir o risco de coágulos sanguíneos e arteriosclerose, bem como ajudar a diminuir os níveis de colesterol ruim no seu sangue.

Os adultos que consomem gengibre diariamente podem reduzir seu risco de doença cardíaca coronária em 13 por cento, com a probabilidade de a doença diminuir quando a ingestão diária de gengibre aumentar.

Hipertensão — Os adultos que consomem gengibre diariamente têm um risco oito por cento menor de desenvolver hipertensão (pressão alta). Um estudo de 2005 revelou que o gengibre pode reduzir a sua pressão sanguínea através do bloqueio de canais de cálcio dependentes da tensão.

Doença crônica — Uma pesquisa publicada na revista Nutrition sugere que a ingestão diária de 2 a 4 gramas de gengibre diariamente pode ajudar a prevenir doenças crônicas.

Como Fazer Óleo de Gengibre

O gengibre é tradicionalmente destilado a vapor para produzir o óleo essencial de gengibre, mas você também pode criar em casa sua própria infusão de óleo de gengibre. Aqui está o que você precisa fazer:

Materiais:

  • Gengibre fresco
  • 1 1/2 xícaras de azeite
  • Uma tigela que pode ser colocada seguramente em um forno
  • Ralador de queijo

Procedimento:

  1. Lave uma xícara de gengibre fresco, incluindo a casca, cuidadosamente, e deixe secar por algumas horas.
  2. Despeje o azeite em uma tigela que possa ser colocada seguramente em um forno.
  3. Corte o gengibre e depois rale com um ralador de queijo limpo. Adicione ao azeite e misture bem.
  4. Coloque a mistura no forno e deixe cozinhar em fogo baixo (65 graus Celsius) por pelo menos duas horas.
  5. Despeje a mistura através de um morim branqueado para filtrar e tirar os pedaços de gengibre. Assim que todo o óleo tiver sido filtrado, esprema o óleo restante do morim.
  6. Transfira o óleo de gengibre para frascos ou garrafas limpas e guarde em local fresco e seco.

Essa infusão de óleo de gengibre pode permanecer fresca por até seis meses.

Como Funciona o Óleo de Gengibre?

O óleo de gengibre é composto por 90 por cento de sesquiterpenos, que são responsáveis por suas propriedades anti-inflamatórias, antibacterianas e outras propriedades curativas.

Quando aplicado topicamente ou inalado, ele tem um efeito aquecedor e energizante. O óleo de gengibre também pode ser ingerido, mas aconselho fazer isso sob a supervisão de um médico qualificado.

O Óleo de Gengibre é Seguro?

Desde que não seja usado em concentrações muito fortes, o óleo de gengibre geralmente é seguro, pois é não tóxico e não é irritante. Se você tem uma pele sensível, faça testes cutâneo-alérgicos antes de usar o óleo de gengibre (neste sentido, você deve fazer isso com qualquer óleo essencial) para ver se você possui alguma reação alérgica.

Você também deve considerar diluir o óleo de gengibre em um óleo transportador como azeite ou óleo de coco. Ele também combina bem com óleos essenciais cítricos e picantes, como neroli, incenso, bergamota, ylang-ylang, rosa e sândalo. 

O óleo de gengibre pode ser fototóxico, portanto, evite aplicá-lo em áreas de pele que serão expostas ao sol dentro de 24 horas após a aplicação. Eu também aconselho as mulheres grávidas e mães lactantes a usar óleo de gengibre com cautela, mesmo que ele tenha sido considerado útil para enjoos matinais.

Consulte o seu médico antes de usar. Evite administrar este óleo para crianças muito pequenas também.

Efeitos Colaterais do Óleo de Gengibre

Se você tem alguma sensibilidade a raiz de gengibre, não use óleo de gengibre. Alguns efeitos colaterais potenciais do óleo de gengibre são azia, feridas na boca, náuseas e erupções cutâneas (quando aplicado topicamente).

Se você está tomando algum tipo de medicação, consulte primeiro o seu médico para ver se é seguro para você usar ou ingerir o óleo de gengibre.