Óleo de Olíbano: O “Rei” dos Óleos

óleo de olíbano

Resumo da matéria -

  • O óleo de olíbano promove a regeneração celular saudável e mantém as células e tecidos existentes saudáveis.
  • Ele é útil para a saúde da pele e pode ajudar no tratamento de pele seca, reverte os sinais de envelhecimento e reduz a aparência de estrias e cicatrizes.
Tamanho da fonte:

O que é o Óleo de Olíbano?

O olíbano, também conhecido como franquincenso, é proveniente das árvores do gênero Boswellia, particularmente da Boswellia sacra e da Boswelliacarteri.

A seiva leitosa e branca é extraída da casca da árvore, sendo deixada para endurecer por diversos dias até tomar se tornar uma resina gomosa, sendo então raspada, seu conteúdo tomando a forma gotas semelhante a lágrimas.

As árvores do gênero Boswellia são cultivadas nas regiões da África e Arábia, incluindo no Iêmen, Omã, Somália e Etiópia.

O Omã é a fonte mais conhecida e antiga de olíbano onde tem sido comercializado e enviado para outros locais como o Mediterrâneo, a Índia e a China por milhares de anos.

A olíbano de melhor qualidade tem uma cor clara e prateada, porém com um tom levemente esverdeado.

As variedades marrons amareladas são as mais baratas e prontamente disponíveis. No Omã, o melhor olíbano é geralmente reservado para o sultão e é raramente comercializado fora do país.

O olíbano é tradicionalmente queimado como um incenso e foi carbonizado e triturado na forma de pó para produzir o intenso delineador kohl usado pelas mulheres Egípcias.

Atualmente essa resina é destilada no vapor para produzir um óleo essencial aromático com diversos benefícios.

O óleo de olíbano possui um aroma amadeirado, terroso, picante e levemente frutado, que é calmante e relaxante. Diz-se que ele é mais doce, mais fresco e mais limpo que a resina de olíbano.

Aplicações do Óleo de Olíbano

O óleo de olíbano tem sido reverenciado há muito tempo no Oriente Médio, onde tem sido usado em cerimônias religiosas como um óleo de unção por milhares de anos. É também um ingrediente popular em cosméticos e foi encontrado nos restos mortais de anglo-saxões e egípcios antigos.

Acredito que o óleo de olíbano é um dos melhores óleos essenciais que você pode usar para sua saúde. Ele é conhecido por suas propriedades reconfortantes e é útil para fazer a visualização, melhorar a conexão espiritual e ajuda a superar o estresse e o desespero.

Na aromaterapia, o óleo de olíbano é tanto inalado como infundido via vaporizador – um sedativo muito eficaz que induz um sentimento de paz mental, relaxamento e satisfação e que ajuda a aliviar a ansiedade, raiva e estresse.

O óleo de olíbano promove a regeneração celular saudável e mantém saudáveis as células e os tecidos existentes. Ele é útil para a saúde da pele e pode ajudar no tratamento da pele seca, reverte os sinais de envelhecimento e reduz o aparecimento de estrias e cicatrizes. As propriedades adstringentes do óleo de olíbano ajudam:

  • No fortalecimento das gengivas e raiz dos cabelos
  • A deter o sangramento de feridas
  • Acelerar a cicatrização de cortes, acne, picadas de insetos e furúnculos

Composição do Óleo de Olíbano

Os principais componentes do óleo de olíbano são: álcool cetônico (olibanol), matéria resinosa (30 a 60 por cento) e terpenos, tais como a- e p-pineno, canfeno, dipenteno e felandreno. Ele também contém alfa pineno, actanol, acetato de bornilo, linalol, acetato de octilo, incensol e acetato de incensilo.

Os monoterpenos e os sesquiterpenos são os elementos mais valiosos do óleo de olíbano. De acordo com o livro "Reference Guide for Essential Oils" (Guia de Referência para Óleos Essenciais), de autoria de Connie e Alan Higley, os monoterpenos ajudam na prevenção e eliminação de toxinas do fígado e dos rins e possuem propriedades antissépticas, antibacterianas, estimulantes, analgésicas (fracas) e expectorantes.

Enquanto isso, os sesquiterpenos podem atravessar a barreira hematoencefálica e estimular o sistema límbico cerebral, bem como o hipotálamo e as glândulas pituitária e pineal.

Benefícios do Óleo de Olíbano

Os benefícios para a saúde do óleo de olíbano são principalmente atribuídos às suas propriedades anti-inflamatórias, adstringentes, antissépticas, desinfetantes, digestivas, diuréticas e expectorantes. Ele também promove efeitos cicatrizantes, carminativos, citofiláticos, emenagogos, uterinos e vulnerários.

O óleo de olíbano é considerado um tônico, pois beneficia todos os sistemas em operação no corpo, incluindo nos sistemas digestivo, respiratório, nervoso e excretor. Ele também ajuda na absorção de nutrientes e fortalece o sistema imunológico. Se identificou que o óleo de olíbano é útil para tratar de certos problemas de saúde, tais como:

Artrite e artrite reumatoide (RA) — Pesquisa realizada por cientistas da Universidade de Cardiff concluíram que o olíbano pode inibir a produção das principais moléculas inflamatórias, ajudando na prevenção da decomposição do tecido cartilaginoso que provoca estes problemas.

Ademais, o olíbano indiano ou boswellin, também membro do gênero Boswellia, demonstrou reduzir significativamente as inflamações em estudos realizados com animais. Ele é, na verdade, um dos meus favoritos, pois o vi funcionar muito bem como um analgésico natural em muitos de meus pacientes com artrite reumatoide (AR).

Resfriados e transtornos respiratórios — O óleo de olíbano pode desfazer depósitos de catarro no trato respiratório e nos pulmões e pode aliviar congestões relacionadas à bronquite.

Problemas de saúde oral — As qualidades antissépticas deste óleo podem ajudar na prevenção de mau hálito, cáries, dores de dentes, úlceras bucais e outras infecções.

Transtornos digestivos — O óleo de olíbano acelera a secreção de sucos gástricos, da bile, e de ácidos e estimula o movimento peristáltico permitindo que o alimento se mova de forma adequada pelos intestinos.

Saúde uterina — O óleo de olíbano regula a produção de estrogênios nas mulheres e reduz o risco de desenvolvimento de tumores ou formação de cistos no útero (câncer uterino). Ele também regula o ciclo menstrual de mulheres na pré-menopausa.

O olíbano está sendo estudado também por seu potencial no tratamento de câncer. Cientistas observaram que existe um agente neste óleo que pode ajudar a impedir que o câncer se espalhe.

Como Produzir o Óleo de Olíbano

O óleo de olíbano é feito através da destilação a vapor da resina bruta. Ao comprar o óleo de olíbano, certifique-se de escolher somente o óleo essencial 100 por cento puro da melhor qualidade.

Igualmente, não confunda o óleo essencial de olíbano com óleo de fragrância. Os óleos essenciais são provenientes de plantas, enquanto que os óleos fragrâncias são normalmente criados artificialmente e geralmente contêm produtos químicos sintéticos.

Embora tenham um odor agradável e sejam tipicamente mais baratos, os óleos de fragrância não promovem os benefícios terapêuticos dos óleos essenciais orgânicos.

Como o Óleo de Olíbano Funciona?

Os efeitos e benefícios do óleo de olíbano podem ser adquiridos ao serem aplicados topicamente, sendo inalados através de um difusor ou vaporizador, ou ao ser ingerido em quantidades muito pequenas. Para alívio da dor, simplesmente massageie o óleo sobre as áreas afetadas.

Enquanto isso, o uso de um difusor ou inalador funciona no tratamento de resfriados e a descongestionar bloqueios respiratórios. Você também pode borrifar algumas poucas gotas em um pano limpo e inalar o aroma ou adicioná-lo no banho de imersão (banheira) para um banho rejuvenescedor.

O óleo de olíbano pode ser diretamente aplicado na pele ou misturado com óleos base, tais como jojoba, amêndoa doce, abacate, oriza, alecrim, sálvia esclarea, citrinos e manjericão.

O Óleo de Olíbano é Seguro?

Sim, geralmente o olíbano é seguro. No entanto, aconselho fazer um exame de alergia primeiro para verificar se você possui sensibilidade a este óleo. Quando consumir o óleo de olíbano internamente, é melhor diluir uma gota em óleo base comestível (como óleo de coco, por exemplo), uma colher de chá de mel, ou um copo de água purificada ou qualquer bebida não acidulada, sem derivados de leite.

Você também pode colocar uma gota ou duas do óleo sob a língua. No entanto, a ingestão deste óleo não é recomendada para crianças com idade de 6 anos ou abaixo.

Crianças mais velhas e adolescentes podem igualmente precisar de diluições maiores.

Você também deve se recordar de que nem todas as marcas de óleo de olíbano são destinadas para uso interno, portanto verifique no rótulo antes de ingeri-lo.

Efeitos Colaterais do Óleo de Olíbano

Não há relatos de efeitos colaterais graves em relação ao uso deste óleo. No entanto, em alguns casos raros, o óleo de olíbano pode causar irritação na pele, desconforto gastrointestinal, tais como náusea, dor de estômago e hiperacidez.

Ele também possui efeitos de afinamento do sangue e pode aumentar o risco de sangramento anormal em pessoas com transtornos hemorrágicos ou que estejam consumindo medicamentos anticoagulantes.

O óleo essencial de olíbano também não é recomendado para mulheres grávidas e que estejam amamentando, pois ele age como um emenagogo e pode induzir a menstruação, o que pode ser perigoso para o feto em formação.