Truques Confiáveis para Tratar a Ressaca

Truques para Tratar a Ressaca

Resumo da matéria -

  • Beber álcool pode fazer com que altos níveis de acetaldeído, um produto de decomposição, acumulem-se no seu corpo
  • O acetaldeído é até 30 vezes mais tóxico que o próprio álcool e pode ser responsável por muitos sintomas de ressaca
  • Tomar uma combinação de N-acetilcisteína (NAC), vitaminas B, cardo mariano e vitamina C antes de beber podem ajudar a evitar uma ressaca
  • Também é importante manter-se hidratado, beber com moderação e apenas fazer isso de estômago cheio
  • Remédios para a ressaca para se experimentar incluem caldo de osso para minerais, água de coco para eletrólitos, ovos para cisteína natural, gengibre para náuseas e coco para potássio
Tamanho da fonte:

Por Dr. Mercola

Na véspera de ano-novo, as pessoas bebem mais álcool do que em qualquer outro dia do ano.

O que isso significa é que o dia de ano-novo pode ser o dia do ano em que é mais provável que você sofra de uma ressaca, que é o conglomerado de sintomas - fadiga, náuseas, dor de estômago, dores de cabeça, tremores, vômitos, tonturas, e mais - isso ocorre quando você bebeu álcool em excesso.

A melhor maneira de evitar uma ressaca, é claro, é evitar beber ou tomar apenas um ou dois coquetéis no máximo (mas esteja ciente de que mesmo uma única bebida pode desencadear uma ressaca em algumas pessoas).

Mas digamos que você tende a ficar entusiasmado ao celebrar e suspeite que você provavelmente vai beber mais do que você normalmente bebe. Existem alguns remédios naturais que podem ajudá-lo a evitar os sintomas da ressaca, mas o tempo para agir agora é antes de beber.

O Que Causa uma Ressaca? As 7 Principais Reações Bioquímicas ao Álcool

O álcool, e o excesso dele especificamente, desencadeiam uma série de reações no seu corpo que contribuem para os sintomas conhecidos como ressaca. Isso inclui:

Aumento da Micção

O álcool inibe a secreção da vasopressina, um hormônio antidiurético que o impede de urinar involuntariamente. Quando esta enzima é suprimida, a água é enviada diretamente para sua bexiga (juntamente com eletrólitos) para ser excretada, fazendo com que você urine com mais frequência.

Desidratação

O aumento da micção pode levá-lo a ficar desidratado rapidamente e, à medida que seu corpo extrai água do seu cérebro para funcionar, isso pode fazer com que você sinta-se cansado ou tonto.

Acúmulo de Acetaldeído

Quando o álcool chega ao seu fígado, uma enzima chamada álcool desidrogenase decompõe-se em acetaldeído. O acetaldeído é muito mais tóxico do que o álcool (até 30 vezes!).

Então, seu corpo tenta decompor o álcool novamente com a enzima acetaldeído desidrogenase e glutationa, um poderoso antioxidante que é crucial para a desintoxicação do fígado (a glutationa contém altos níveis de cisteína, e é por isso que ela pode ser usada para evitar a ressaca... mais sobre isso abaixo).

Juntos, esta poderosa dupla de desintoxicação pode decompor o acetaldeído em acetato que é inofensivo (semelhante ao vinagre).

No entanto, quando você bebe muito álcool, seus depósitos de glutationa são esgotados, o que permite que o acetaldeído acumule-se no seu corpo, causando o efeito tóxico da ressaca.

É importante obser que que as mulheres têm menos acetaldeído desidrogenase e glutationa do que os homens, razão pela qual as mulheres podem ter uma reação mais grave ao beber a mesma quantidade de álcool que um homem de peso similar.

Congêneres

Os congêneres são ingredientes produzidos como subprodutos da fermentação e destilação. Eles incluem acetona, acetaldeído, taninos e alguns aromatizantes em diferentes bebidas alcoólicas. Acredita-se que os congêneres pioram os efeitos de uma ressaca e são encontrados em maiores quantidades em bebidas alcoólicas mais escuras (como conhaque, uísque e vinho tinto) do que em bebidas alcoólicas de cor clara como vodca ou gim.

Recuperação da Glutamina

O álcool inibe a glutamina, um estimulante natural no seu corpo. Isto é em parte porque o álcool tem um efeito depressivo que pode fazer você adormecer facilmente... no início. Depois de você parar de beber, seu corpo trabalhará horas extras aumentando os níveis de glutamina, e é por isso que você acaba por acordar com mais frequência e terá uma noite de sono mais intermitente depois de beber.

Esta recuperação de glutamina pode contribuir para a fadiga, tremores, ansiedade, agitação e até mesmo aumento da pressão sanguínea que muitas vezes são sentidas durante uma ressaca.

Perturbações no Revestimento Estomacal, Vasos Sanguíneos e no Açúcar no Sangue

O álcool é irritante para o revestimento do estômago e leva a uma maior produção de ácido estomacal. Isso pode causar náuseas, vômitos e dor de estômago. O álcool também pode levar a quedas no seu nível de açúcar no sangue, o que pode levar a tremores, mudanças de humor, fadiga e convulsões. Além disso, o álcool pode fazer com que seus vasos sanguíneos expandam-se, o que pode desencadear dores de cabeça.

Resposta inflamatória

Por fim, o álcool também provoca uma resposta inflamatória no seu corpo onde seu sistema imunológico pode desencadear agentes que provocam sintomas de ressaca, incluindo problemas de memória, diminuição do apetite e dificuldade de concentração.

Prevenção Contra a Ressaca: Faça Isso Antes de Beber

Um excelente exemplo confirmando a validade desta abordagem com a qual você pode identificar-se é se você já tomou vitamina C antes de ir ao dentista, que deu-lhe um anestésico local para adormecer seu dente antes de começar a mexer nele. Você provavelmente observou que o anestésico não funcionou, tomou uma dose muito maior ou ela passou rapidamente. Isso ocorre porque a vitamina C acelera a capacidade do seu fígado de desintoxicar.

O álcool é um problema diferente, porém, e já que ele afeta o seu corpo em uma escala tão ampla, quanto mais passos você der para contornar os efeitos danosos, melhor. Se você sabe que vai tomar algumas bebidas, cumpra este protocolo natural antes para ajudar a preparar seu corpo:

1. N-acetilcisteína (NAC)

A NAC é uma forma do aminoácido cisteína. Sabe-se que ela ajuda a aumentar a glutationa e reduz a toxicidade do acetaldeído que causa muitos dos sintomas de ressaca. Tente tomar a NAC (pelo menos 200 miligramas) 30 minutos antes de beber para ajudar a diminuir os efeitos tóxicos do álcool.

Se você está perguntando-se quão poderosa pode ser a NAC, considere que, como o álcool, uma maneira pela qual o Tylenol causa danos ao fígado é através do esgotamento da glutationa. Se você mantiver seus níveis de glutationa elevados, o dano do paracetamol pode ser amplamente evitável. É por isso que alguém que sofre de overdose de Tylenol recebe grandes doses de NAC na sala de emergência - para aumentar a glutationa.

2. Vitaminas B

Considera-se que a NAC funciona ainda melhor quando combinado com tiamina, ou vitamina B1. A vitamina B6 também pode ajudar a diminuir os sintomas da ressaca. Uma vez que o álcool esgota a vitamina B do seu corpo e ela é obrigada a ajudar a eliminá-lo do seu corpo, um suplemento de vitamina B tomado antes, bem como no próximo dia, pode ajudar.

3. Cardo mariano

O cardo mariano contém silimarina e a silibinina, antioxidantes que são conhecidos por ajudar a proteger o fígado de toxinas, incluindo os efeitos do álcool. Não só identificou-se que a silimarina aumenta a glutationa, mas que ela também pode ajudar a regenerar as células do fígado. Um suplemento de cardo mariano pode ser mais útil quando tomado durante toda a temporada de férias se você sabe que tomará coquetéis em mais de uma ocasião.

4. Vitamina C

O álcool pode esgotar a vitamina C do seu corpo, que é importante para reduzir o estresse oxidativo induzido pelo álcool no fígado. Curiosamente, um estudo com animais demonstrou que a vitamina C era ainda mais protetora para o fígado do que a silimarina (cardo mariano) após a exposição ao álcool. Assim como com um anestésico dental, a vitamina C também ajudará a desintoxicar o álcool, então certifique-se de que está obtendo vitamina C suficiente, seja por meio de suplementos ou de alimentos, antes de tomar bebidas alcoólicas.

5. Magnésio

O magnésio é outro nutriente que é diminuído pelo álcool, e é um dos quais muitas pessoas já têm deficiência. Além disso, o magnésio possui propriedades anti-inflamatórias que podem ajudar a reduzir alguns sintomas da ressaca. Se você não come muitos alimentos ricos em magnésio, tomar um suplemento de magnésio antes de uma noite envolvendo bebidas alcoólicas pode ser útil.

Dicas Práticas para Evitar uma Ressaca

As medidas preventivas acima são importantes para fornecer ao seu corpo vitaminas, antioxidantes e outros nutrientes para proteger seu fígado e ajudar na decomposição e remoção de álcool do seu organismo. Outras medidas práticas que podem ajudar incluem:

  • Manter-se hidratado: Beba um copo de água juntamente com cada bebida alcoólica para ajudar a prevenir a desidratação. Na hora de dormir, beba mais um ou dois copos grandes de água para ajudar a evitar os sintomas da ressaca na manhã.
  • Coma antes e durante: Se o seu estômago estiver vazio, ele irá acelerar a taxa de absorção de álcool pelo seu corpo. Também pode causar mais irritação estomacal grave. Não deixe de fazer uma refeição antes de beber álcool e coma alguns lanchinhos satisfatórios (como queijos) enquanto você bebe. Pelo menos, dê uma chance a este antigo conselho da região do Mediterrâneo - tome uma colher de azeite antes de beber álcool para ajudar a evitar uma ressaca.
  • Reponha os eletrólitos: Tente beber água de coco antes de ir para a cama para ajudar a reduzir os sintomas da ressaca na parte da manhã.
  • Tome Bebidas Claras: Geralmente, bebidas alcoólicas claras (vodca, gin, vinho branco) conterão menos congêneres do que variedades mais escuras (conhaque, uísque).
  • Pare de Beber Quando Sentir-se Tonto: Quando você sentir-se tonto, é um sinal de que as vias de desintoxicação do seu corpo estão ficando sobrecarregadas. Pare de beber por um tempo, ou totalmente, para permitir que seu corpo metabolize o álcool efetivamente.

Você está de Ressaca... E Agora?

Idealmente, as etapas acima ajudarão você a evitar uma ressaca, mas tenha em mente que, se você beber excessivamente, praticamente não existe uma maneira infalível de prevenir todos os efeitos negativos.

Se você sentir-se de ressaca após tomar muitas bebidas, não tente o remédio de beber mais álcool para curar a ressaca - isso só prolongará sua reação. Evite também tomar acetaminofeno (Tylenol), o que só irá sobrecarregar o seu fígado. Em vez disso, experimente estes remédios contra ressaca para sentir-se melhor rapidamente:

  • Exercício: se você conseguir, um curto exercício de alta intensidade pode ajudá-lo a colocar algumas toxinas para fora através do suor. Certifique-se de beber muita água para evitar ficar ainda mais desidratado.
  • Reabasteça seu corpo: experimente tomar um caldo de osso para minerais, água de coco para eletrólitos, ovos para cisteína natural e coco para potássio.
  • Gengibre: Se você está com uma sensação de náusea, coloque um pedaço de raiz de gengibre fresca em água quente para ter um chá natural que acalmará seu estômago.
  • Experimente tomar uma xícara de café preto: Isso pode reduzir o inchaço nos vasos sanguíneos, ajudando a aliviar a dor de cabeça.

Se Você Beber Álcool, Faça Isso com Moderação

Se você estiver usando os métodos de prevenção ou remédios de ressaca acima, espero que seja apenas para um uso muito ocasional. Embora uma bebida alcoólica de vez em quando aqui e ali não deva causar muito dano, especialmente em combinação com um estilo de vida saudável, é importante perceber que o álcool é uma neurotoxina que pode envenenar o cérebro e perturbar o seu equilíbrio hormonal.

Quando se trata de álcool, lembre-se de que usá-lo com moderação é fundamental e que é praticamente garantido que o uso excessivo prejudique sua saúde. Eu geralmente defino uma ingestão de álcool “moderada” como um copo de vinho de 5 onças (147 mL), uma cerveja de 12 onças (354 mL) ou uma onça (29 mL) de uma bebida destilada com uma refeição por dia.

À medida que você avançar para alcançar níveis mais elevados de saúde, recomendo eliminar todas as formas de álcool.