O contato com a terra é um mecanismo importante que o corpo usa para manter-se saudável


Andar De Pés Descalços

Resumo da matéria -

  • O estresse causado por radicais livres devido à exposição ao mercúrio, cigarros, inseticidas, pesticidas, gorduras trans, radiação e muitos outros, esgota constantemente o nível de elétrons do seu corpo
  • A conexão à terra alivia a inflamação porque afina seu sangue e enche você de íons de carga negativa através das solas dos pés
  • Quando você está em contato direto com a terra, os elétrons de carga negativa que você recebe aumentam a estrutura da água nas suas células
  • A água viva é água de carga negativa. Essa água é capaz de reter energia, assim como uma pilha, e de fornecer energia também. Quando você se conecta à terra, você carrega cada célula do corpo com energia, energia que seu corpo pode usar para se autocurar
  • Entre as superfícies que permitem esse aterramento do corpo estão: areia, praia, grama, chão batido, concreto, tijolos e azulejos
Tamanho da fonte:

Por Dr. Mercola

Você já reparou como é bom caminhar descalço na praia ou na floresta? Existe uma razão para isso — é o efeito do aterramento. O motivo dessa sensação de bem-estar é devido ao fato de que você está recebendo do solo uma explosão de elétrons potentes de cura.

A terra tem uma carga levemente negativa, portanto, quando você fica de pés descalços na areia, os elétrons da terra fluem para dentro do seu corpo, oferecendo a você uma "transfusão" virtual de poder de cura.

O documentário The Grounded 2 é a sequência do filme The Grounded, lançado em 2013. A sequência apresenta Step Sinatra, filho do cardiologista Stephen Sinatra, o astronauta Dr. Edgar Mitchell e ele próprio, entre vários outros.

Step era corretor em Wall Street até que sua saúde começou a se deteriorar, colocando-o à beira da morte. Ele atribui sua recuperação ao aprendizado sobre a importância de se conectar à terra, juntamente com a mudança para uma alimentação totalmente orgânica.

Em 2010, seu pai, o Dr. Stephen Sinatra, lançou um livro sobre o poder de cura de andar descalço chamado Earthing: The Most Important Health Discovery Ever? (Andar descalço: a descoberta mais importante para a saúde até agora?), em coautoria com Clint Ober, um dos pioneiros nessa área.

O melhor antioxidante e anti-inflamatório

O aterramento é definido como andar descalço no solo, seja ele grama, areia ou concreto (principalmente úmido). Quando você se conecta à terra cheia de elétrons, ocorre um melhor equilíbrio entre o sistema nervoso simpático e parassimpático.

A terra é uma fonte natural de elétrons e de campos elétricos sutis, que são essenciais para o funcionamento correto de sistemas imunológicos, circulação, sincronização de biorritmos e outros processos fisiológicos e pode, na verdade, ser o antioxidante mais eficaz, essencial, menos caro e mais fácil de obter.

A ciência moderna já documentou amplamente a conexão entre inflamação e todas as doenças crônicas, inclusive as doenças do envelhecimento e o próprio processo de envelhecimento. É importante compreender que a inflamação é um problema que pode ser atenuado ou evitado conectando seu corpo à terra, do mesmo modo que praticamente todos os seus ancestrais faziam há centenas (se não milhares) de gerações.

Como o tênis de corrida moderno pode estar destruindo sua saúde

Materiais como o metal são condutores elétricos. Eles contêm elétrons livres ou móveis que transportam energia elétrica de um lugar ao outro.

Seu corpo é um pouco condutor porque contém um grande número de íons carregados (chamados eletrólitos) dissolvidos em água. Seu sangue e outros fluidos corporais são, portanto, bons condutores. Os elétrons livres ou móveis também podem se movimentar dentro do seu corpo.

Outros materiais, chamados isolantes, possuem pouquíssimos elétrons livres ou móveis. O plástico e a borracha são bons isolantes, usados para cobrir fios elétricos e evitar que condutores entrem em contato ou toquem a sua pele, podendo lhe causar um choque.

Tradicionalmente, os sapatos eram feitos de couro, material que conduz elétrons e mantém um contato condutor entre a terra e os pés. No entanto, a borracha e o plástico moderno são isolantes elétricos e bloqueiam, assim, o fluxo benéfico dos elétrons da terra para o seu corpo.

O aterramento é fundamental para a saúde ideal

O estresse causado por radicais livres devido à exposição ao mercúrio, cigarros, inseticidas, pesticidas, gorduras trans, radiação e muitos outros, esgota constantemente o nível de elétrons do seu corpo.

Essa é uma das principais razões por que se usam os antioxidantes: eles enviam elétrons de volta para o seu corpo, ajudando a impedir os danos causados aos tecidos pelos radicais livres.

Você também pode obter esses elétrons andando de pés descalços na rua. O contato com a terra ajuda a neutralizar as cargas positivas nocivas dos radicais livres em seu corpo.

Segundo Clint Ober, essa falta de aterramento parece ser um denominador comum na maioria das doenças crônicas — um fenômeno que ele chama de "síndrome da deficiência de elétrons".

Os efeitos do aterramento à saúde

Quando seu corpo é exposto a alto estresse por radicais livres, o sangue tende a ficar mais espesso e cargas positivas se acumulam nele. Isso causa inflamações crônicas, uma característica da maioria das doenças crônicas e degenerativas.

O aterramento é eficaz no alívio de inflamações do corpo. Também ajuda a afinar seu sangue, fornecendo uma quantidade excedente de elétrons aos glóbulos vermelhos para que eles possam se repelir entre si e evitar a aderência, que pode causar coágulos sanguíneos e, consequentemente, um ataque cardíaco ou derrame cerebral.

Pesquisas mostram que são necessários 80 minutos para que os elétrons livres da terra cheguem até a corrente sanguínea e transformem as células de sangue.

Por exemplo, as pílulas anticoncepcionais antigas (e até mesmo algumas atuais) eram famosas por causar ataques cardíacos nas mulheres. Um dos mecanismos responsáveis por esse risco maior é que os estrógenos e progesteronas sintéticos aumentam a viscosidade do sangue. Outras alterações bioquímicas causadas pelo aterramento incluem mudanças em:

  • Fósforo
  • Metabolismo de cálcio
  • Metabolismo de fibroide
  • Glóbulos brancos

O aterramento também ajuda a acalmar o sistema nervoso simpático, que suporta a capacidade de variação dos batimentos cardíacos, exercendo um papel importante no equilíbrio do sistema nervoso autônomo. Alguns dos benefícios à saúde relatados pelas pessoas que experimentam o aterramento são: alívio da dor, maior qualidade do sono e um sentimento geral de melhor bem-estar.

Por último, mas não menos importante, quando você está em contato direto com a terra, os elétrons de carga negativa que você recebe aumentam a estrutura de água nas células — assim como a água aumenta a estrutura quando uma carga negativa é introduzida por um eletrodo.

Conforme explicado por Gerald Pollack, PhD, autor de The Fourth Phase of Water: Beyond Solid, Liquid, and Vapor (O quarto estado da água: além do sólido, líquido e vapor), a água viva é água de carga negativa. Essa água é capaz de reter energia, assim como uma pilha, e de fornecer energia também. Em essência, quando você está em contato direto com a terra, você carrega cada célula do corpo com energia, energia que seu corpo pode usar para se autocurar.

Como conectar-se à terra em lugares fechados e abertos

Andar descalço é uma das melhores e mais fáceis maneiras de se conectar à terra, mas você precisa fazer isso na superfície adequada. Várias superfícies do mundo atual NÃO permitem a transferência de elétrons entre a terra e o corpo. Isso inclui o asfalto, a madeira, o plástico, o vinil, o alcatrão e o piche. Entre as superfícies que permitem a conexão do corpo à terra estão:

  • Areia (praia)
  • Grama (úmida, de preferência)
  • Chão batido
  • Concreto e tijolos (desde não sejam pintados ou selados)
  • Azulejos

Até mesmo em lugares fechados, e no avião, existem maneiras de se conectar à terra. Conforme observado no filme, tocar a torneira com uma mão enquanto faz a barba com a outra ajuda na conexão à terra. No avião, você pode tirar os sapatos e colocar os pés (descalços ou com meias) nos suportes de aço da cadeira em frente, pois isso também ajuda a conectar-se à terra.

Existem também almofadas de aterramento que se pode usar para dormir ou sentar, e que são benéficas principalmente se você mora em um prédio alto.

O aterramento é fundamental para a vida e saúde

É importante entender que o aterramento não é um "tratamento" ou uma "cura" para qualquer doença ou transtorno. Ele é um dos principais mecanismos que seu corpo usa para manter o equilíbrio e a saúde. O corpo humano evoluiu em contato constante com a terra e seu corpo precisa desse intercâmbio contínuo de energia para funcionar corretamente.

Exercitar-se de pés descalços é uma das maneiras mais poderosas, belas e baratas de incorporar o aterramento ao seu dia a dia. Basta tirar os sapatos sempre que puder quando estiver ao ar livre para aproveitar essas oportunidades naturais de aterramento.

+ Recursos e Referências