Folhas e Sementes de Mostarda Proporcionam Benefícios Poderosos para a Saúde


folha de mostarda

Resumo da matéria -

  • As folhas de mostarda são ricas em glucosinolato, um químico vegetal que seu corpo converte em isotiocianatos, que possuem propriedades anticancerígenas. Estudos sugerem que a proteção contra o câncer é o benefício primário das folhas de mostarda.
  • As folhas de mostarda também protegem contra o câncer por auxiliarem os sistemas de desintoxicação de fases 1 e 2 do seu corpo.
Tamanho da fonte:

Por Dr. Mercola

Comer muitos vegetais pode reduzir o risco de muitas doenças crônicas, incluindo diabetes, doenças cardíacas, acidentes vasculares cerebrais e certos tipos de câncer. Por exemplo, um estudo de 2010 descobriu que comer apenas uma porção extra de folhas verdes por dia reduziu o risco de diabetes tipo 2 em 14%.

Vegetais frescos são a base nutricional, pois a maioria possui poucas calorias e carboidratos líquidos, sendo ricos em fibra benéfica, vitaminas e minerais. Vegetais também contêm uma variedade de antioxidantes e outros compostos que combatem doenças.

Fitoquímicos encontrados em plantas têm potente capacidade anti-inflamatória e alguns até mesmo ajudam na eliminação de carcinógenos. Outros químicos vegetais regulam a velocidade com que as suas células se reproduzem, removem as células velhas e preservam o DNA.

Graças ao alto teor de fibra, as folhas verdes também ativam um gene chamado T-bet, que é essencial para a produção de células vitais imunitárias no revestimento do seu aparelho digestivo. Estas células imunes, chamadas células linfáticas inatas (ILCs), ajudam na manutenção do equilíbrio entre a imunidade e a inflamação no corpo e produzem a interleucina-22 (IL-22), um hormônio que auxilia na proteção do seu corpo contra bactérias patogênicas.

As ILCs ajudam até mesmo a curar lesões cancerosas e a prevenir o desenvolvimento de cânceres intestinais e de outras doenças inflamatórias.

Para um Corpo Mais Saudável, Coma Mais Vegetais

Estudos têm demonstrado que pessoas que consomem mais vegetais apresentam:

Menores riscos de pressão alta e acidente vascular cerebral

Menores riscos de certos tipos de câncer

Redução do risco de cálculos renais e perda óssea

Pontuações mais altas em testes cognitivos

Níveis mais altos de antioxidantes

Biomarcadores mais baixos de estresse oxidativo

Menor risco de doença de Alzheimer

Menor risco de doenças oculares

Menos problemas digestivos

Dessa forma, alguns vegetais são mais benéficos do que outros. A couve crespa, por exemplo, ganhou o status de vegetal VIP, em grande parte graças a sua relação de carboidrato-proteína de 3:1. Esta é uma quantidade excepcionalmente elevada de proteína para qualquer vegetal, por isso a couve crespa é considerada a "carne vegetariana".

Como a carne, a couve crespa contém todos os nove aminoácidos essenciais necessários para formar as proteínas dentro do corpo humano, além de outros nove não essenciais, num total de 18.
Ao contrário da carne, a couve crespa não possui alta concentração desses aminoácidos.

O que dificulta o consumo em excesso de proteína, que pode ativar o mTOR [alvo mecanicista da rapamicina], acelerar o envelhecimento e as doenças crônicas degenerativas. Ela também contém mais ômega-3 do que ômega-6, o que é quase inédito na natureza.

Mostarda — A Nova “Rainha das Folhas Verdes”?

Mais recentemente, as folhas de mostarda (das quais existem muitas variedades populares) são a preferência. A mostarda é um parente do repolho, brócolis e rabanetes. Como a couve crespa e a couve manteiga, as folhas de mostarda cozidas no vapor têm potente capacidade de baixar o colesterol, graças a sua capacidade de se ligar aos ácidos biliares.

Ácidos biliares são compostos de colesterol, por isso esta atividade de ligação ajuda a reduzir o seu nível de colesterol, aumentando a excreção.

Motivo da Fama das Folhas de Mostarda: Proteção contra o câncer

Folhas de mostarda também são ricas em glucosinolato, um químico vegetal que seu corpo converte em isotiocianatos (ITCs), que possuem propriedades anticancerígenas. Estudos sugerem que a proteção contra o câncer é o benefício primário das folhas de mostarda. De acordo com a fundação Alimentos Mais Saudáveis do Mundo:

"Todos os vegetais crucíferos são conhecidos há muito tempo por conter glucosinolatos, mas é a pesquisa recente que nos fez perceber o quanto as folhas de mostarda são valiosas a este respeito.

A proteção contra o câncer proporcionada pelas folhas de mostarda pode estar em grande parte relacionada com dois glucosinolatos especiais encontrados neste vegetal crucífero: sinigrina e gluconasturina.

Sinigrina pode ser convertida em isotiocianato de alila (AITC), e gluconasturina pode ser convertida em fenetil isotiocianato (PEITC). Tanto a AITC quanto PEITC possuem propriedades contra o câncer e anti-inflamatórias bem documentadas".

Além de sua atividade anti-inflamatória e antioxidante, as folhas de mostarda também ajudam a proteger contra o câncer, auxiliando os sistemas de desintoxicação do seu corpo. Alguns dos nutrientes da mostarda auxiliam na fase 1 da desintoxicação, enquanto compostos que contêm enxofre ajudam na fase 2 da desintoxicação.

Informações Nutricionais

Folhas de mostarda cozidas no vapor também apresentam um impressionante perfil nutricional, por proporcionar enormes 92,2% de seu RDI de vitamina K, 96% de vitamina A, e 47% de vitamina C por xícara (140 gramas). A mostarda também contém uma série de valiosos compostos antioxidantes, tais como:

  • Ácido hidroxicinâmico, que inibe células de adenocarcinoma de pulmão humano e combate eficazmente o Bacilo de Koch (mycobacterium tuberculosis), que é resistente a múltiplos fármacos, além de ter apresentar atividade antimalárica e muito mais.
  • Quercetina, que possui importantes propriedades antioxidantes.
  • Isorhamnetina, que induz a apoptose (morte celular) em certas células cancerosas. Pode também apresentar benefícios específicos para as condições inflamatórias cutâneas.
  • Kaempferol, que possui efeitos hipoglicêmicos, antioxidantes, anti-inflamatórios, antimicrobianos, cardioprotetores e neuroprotetores, entre outros.

De forma ideal, você pode incorporar 1,5 xícaras de folhas de mostarda em suas refeições, pelo menos de duas a três vezes por semana. O melhor seriam 2 xícaras, de quatro a cinco vezes por semana, embora você também possa incluir outros vegetais crucíferos.

As Sementes de Mostarda Possuem Qualidades Medicinais Também

Todas as partes da mostarda podem ser utilizadas, incluindo as raízes, sementes e folhas. As sementes, em particular, têm uma longa história de uso na medicina chinesa.

Abcessos, bronquite, asma, resfriados, reumatismo, dores de dente, dores e desconfortos, inflamação da bexiga, úlceras e várias doenças gastrointestinais estão entre os muitos usos históricos da semente de mostarda, muitas vezes na forma de um emplastro de mostarda ou cataplasma, que é aplicado topicamente.

Historicamente, a mostarda também era utilizada em banhos para aliviar inflamação, pois ajuda a aumentar o fluxo sanguíneo.

Sementes de mostarda - que são mais usadas para fazer o condimento que você reconhece como "mostarda" - são uma boa fonte de fósforo, ferro, cálcio, zinco, magnésio e manganês. Gwen Stewart, autor de "The Healing Garden", fornece neste artigo algumas receitas para que você faça seu próprio condimento de mostarda. A receita abaixo foi fornecida por mim.

As sementes também podem ser cultivadas. Para saber mais, consulte as instruções de cultivo de sementes de mostarda no SproutPeople.org. Dicas para cultivo de folhas de mostarda são fornecidas pela revista Mãe Terra Vivendo.

Como Fazer a Sua Própria Mostarda

Aqui está uma receita de mostarda básica fornencida pelo site Paleo Leap, que pode ser ajustada de acordo com suas próprias preferências de sabor com a adição de outros temperos e ervas.

Receita Básica de Mostarda

  • 1/2 xícara de mostarda em pó
  • 1/2 xícara de água
  • Sal marinho a gosto
  • Opcional: salsinha fresca, picada
  • Opcional: manjericão fresco, picado
  • Opcional: raspa de limão verde ou amarelo
  • Opcional: 1 a 2 colheres de sopa de vinagre

In a bowl, combine mustard powder and water and mix until smooth. Add parsley, basil, lemon or lime zest and/or vinegar, if using. Let the mustard rest for 15 minutes before using.

Você também pode encontrar uma receita de mostarda de grãos inteiros no site Paleo Leap, que usa sementes amarelas e marrons de mostarda em vez de mostarda em pó. Esta receita é um pouco mais demorada, pois as sementes inteiras precisam ficar de molho durante a noite antes que você possa usá-las. Você também precisa de um processador de alimentos para transformá-las em uma pasta.

Reforça o Valor Nutricional Através da Fermentação

Inflamação por endotoxinas bacterianas pode ser um fator que ajuda a conduzir a epidemia de obesidade. Açúcar e alimentos processados podem rapidamente transformar a flora microbiana "amigável" de seu intestino em "pouco amigável" - até mesmo totalmente hostil. Quando a disbiose ocorre, as bactérias liberam subprodutos nocivos denominados endotoxinas.

As endotoxinas aumentam a permeabilidade da parede do intestino (síndrome do intestino gotejante) e abrem caminho para a corrente sanguínea, desencadeando a inflamação do sistema. Para combater ou evitar esta cadeia de eventos, você precisa evitar alimentos açucarados e bactérias saudáveis ao seu intestino regularmente, e uma das melhores maneiras é comer vegetais fermentados.

 Além de ajudar a quebrar e eliminar os metais pesados e outras toxinas de seu corpo, bactérias intestinais benéficas realizam uma série de outras funções importantes, como:

  • A absorção de minerais e a produção de nutrientes, como vitaminas B e vitamina K2 (vitamina K2 e  vitamina D são necessárias para a integração do cálcio nos seus ossos e para mantê-lo fora das suas artérias, reduzindo, assim, o risco de doença arterial coronária e acidente vascular cerebral)
  • Previne obesidade e diabetes e regula a absorção de gordura na dieta.
  • Reduz o risco de câncer.
  • Melhora seu humor e sua saúde mental.

Como a maioria dos outros vegetais, você pode fermentar ou fazer salmoura de folhas de mostarda em casa. CảiChua são folhas de mostarda vietnamitas em conserva. Seu sabor amargo e picante funciona bem com uma variedade de pratos. A receita a seguir é do site GardenBetty.com. Para obter instruções passo a passo, consulte o artigo original:

Folhas de mostarda vietnamitas em conserva

  • 2 1/2 maços de folhas de mostarda
  • 4 hastes de cebolinha
  • 1 1/2 colheres de sopa de sal decapado
  • 4 pimentas Thai (ou 2 pimentas serrano)
  • (Salmoura opcional)
  • 2 xícaras de água

Você Já Experimentou Folhas de Mostarda?

Folhas e sementes de broto de mostarda podem ser comidas de várias maneiras. Faça uma salada, ou use como acompanhamento cozido no vapor ou salteado, por exemplo. As folhas de mostarda mais usadas são as com sementes marrons, que são mais picantes e saborosas do que outras.

Saltear, refogar ou cozer as folhas no vapor reduz um pouco do amargor. Os brotos também podem ser batidos em vitaminas.