Ajude a Curar Seu Organismo com o Óleo de Hissopo

Óleo de Hissopo

Resumo da matéria -

  • O óleo essencial de hissopo promove atividades antibacterianas e antifúngicas contra certas espécies de organismos patogênicos. O óleo de hissopo é atualmente usado na aromaterapia para tratar problemas associados aos sistemas respiratório e digestivo
Tamanho da fonte:

Textos antigos, incluindo a Bíblia, descreveram os diversos benefícios promovidos pelo hissopo ou Hyssopus officinalis. Hoje, a erva ainda promove os mesmos benefícios e é amplamente usada. Quando destilada via vapor, a planta produz um óleo essencial muito potente. Abaixo estão informações adicionais sobre o óleo de hissopo.

O Que é Óleo de Hissopo

A planta perene de hissopo é nativa da região mediterrânea e foi considerada planta sagrada na era bíblica. Durante o período dos romanos, está erva foi usada contra pragas, como desinfetante e para o tratamento de pequenas infecções.

Em algumas partes do mundo, ela tinha função espiritual e acreditava-se que ela purificava e “perdoava os pecados”. O cristianismo mantinha o hissopo em alta reputação – a erva foi citada como símbolo do batismo e reconciliação. Em outras religiões, ela era associada à purificação.

A planta cresce até de 60 centímetros de altura e possui um caule “cabeludo” com pequenas folhas pontudas e flores azuis, roxas ou brancas. Hoje, o hissopo é cultivado em diversas partes da França por seus óleos essenciais.

É considerado um dos mais fortes óleos essenciais antivirais porque contém praticamente todo tipo de composto químico encontrado nos óleos essenciais. No entanto, mesmo assim, o óleo ainda é suave e delicado.

Aplicações do Óleo de Hissopo

O óleo de hissopo é atualmente usado na aromaterapia para ajudar no tratamento de problemas associados aos sistemas respiratório e digestivo. Ele pode ser usado também para alívio potencial de dores artríticas, feridas, hematomas, dores de dentes e dores de ouvido.

Ele também contribui para a regulação da pressão arterial e age como substância calmante para ansiedade e histeria. Outras aplicações do óleo de hissopo:

Antiespasmódico — O óleo de hissopo pode ajudar no alívio de espasmos no sistema respiratório, no sistema nervoso e nos intestinos.

Antisséptico — Quando aplicado em feridas, ele pode prevenir infecções. O óleo essencial pode também ajudar na cura mais rápida de feridas, cortes e hematomas.

Óleos de massagem e de banho — Quando usado dessa forma, o óleo de hissopo ajuda no alívio de dores e fadiga. Ele pode também ser usado no tratamento de cólicas menstruais.

Febrífugo — Este óleo herbáceo pode ajudar a reduzir a temperatura do corpo e febres.

Cicatrizante — É geralmente usado em problemas de pele, como picadas de insetos, irritações cutâneas, furúnculos e até mesmo catapora. Ele pode ainda ser usado em cicatrizes para fazê-las desaparecer mais rapidamente.

Estimulante — O óleo de hissopo pode estimular diversos sistemas do organismo. Por exemplo, ele ajuda a estimular o sistema digestivo para garantir melhor metabolismo e absorção de nutrientes. Ele é também usado para estimular os sistemas nervoso, endócrino, circulatório e excretor.

Composição do Óleo de Hissopo

Pesquisa realizada mostra que a composição química do óleo de hissopo varia de acordo com o estágio de crescimento da planta da qual ele é derivado. No entanto, seus componentes principais incluem monoterpenos (cis-pinocanfona, trans-pinocanfona e beta-pineno) e sesquiterpenos (germacreno e elemol).

Um estudo realizado pela Acta Scientiarum Polonorum descobriu que o óleo de hissopo extraído da erva colhida durante a fase vegetativa possuía níveis mais altos de trans-pinocanfona, porém possuía concentrações mais baixas do mesmo composto com o crescimento da planta.

A quantidade de cis-pinocanfona aumenta durante o crescimento da planta. Altos níveis de pinocanfona fitoquímica podem tornar a planta tóxica. O óleo deve, portanto, ser usado com moderação (em doses adequadas) com orientação de um profissional aromaterapeuta.

O óleo de hissopo derivado da erva colhida durante a fase vegetativa possui a maior quantidade de beta-pineno, enquanto as cetonas monoterpenos são mais elevadas no óleo produzido da planta quando é colhido das fases de crescimento da erva.

Para aromaterapeutas, o pineno e o monoterpeno funcionam como descongestionantes e são geralmente usados para aliviar as mucosas do sistema respiratório.

Benefícios Promovidos Pelo Óleo de Hissopo

O óleo essencial de hissopo promove atividades antibacterianas e antifúngicas contra certas espécies de organismos patogênicos. Um estudo realizado concluiu que o óleo herbáceo demonstrou atividade antimicrobiana contra Staphylococcus pyogenes, Staphylococcus aureus, Escherichia coliCandida albicans.

O óleo da planta de hissopo também demonstrou atividade antimicrobiana potente contra estirpes do vírus do herpes. Além de ser um agente antimicrobiano eficaz, o óleo essencial de hissopo pode ser usado para os seguintes problemas de saúde:

Problemas de pele relacionados ao envelhecimento, como flacidez e rugas

Espasmos e câimbras musculares e dores abdominais agudas

Artrite, reumatismo, gota e inflamações

Perda de apetite, dores estomacais, flatulência e indigestão

Febres

Hipotensão ou baixa pressão arterial

Ciclos menstruais irregulares e menopausa

Problemas respiratórios, tais como resfriados, tosse e gripes

Como Produzir Óleo de Hissopo

Para extrair o óleo do arbusto de hissopo, as folhas e as flores devem ser destiladas via vapor. No entanto, se você quiser fazer seu próprio óleo em casa, aqui está um guia extraído do site eHow.com.

O que você precisará:

  • Hissopo fresco
  • Faca
  • Panela de cerâmica ou esmaltada com tampa
  • Tijolo limpo ou suporte para conserva
  • Tigela de cerâmica ou vidro à prova de fogo
  • Água destilada
  • Cubos de gelo
  • Jarra
  • Garrafa ou frasco de vidro pequeno

Modo de Fazer:

  1. Junte uma porção de flores e folhas das plantas de hissopo de manhã logo cedo.
  2. Lave e seque as flores e folhas de hissopo e pique-as. Esmague-as para levemente liberar seus óleos voláteis.
  3. Coloque um tijolo limpo ou suporte para conserva no fundo da panela.
  4. Coloque uma tigela à prova de fogo no topo do tijolo ou suporte. Este será o “receptor” do vapor condensado de hissopo.
  5. Coloque o hissopo picado em torno da tigela dentro da panela. Até a metade lateral da tigela.
  6. Despeje quantidade suficiente de água destilada quente sobre o hissopo picado até que esteja imerso em água, porém não deixe espirrar água na tigela.
  7. Aumente o fogo para o máximo até que a água ferva, então diminua o fogo para brando.
  8. Inverta a tampa da panela e use-a para cobri-la. O pegador de cabeça para baixo agirá como “mecanismo de gotejamento” do qual o vapor condensado pode gotejar dentro da tigela.
  9. Coloque vários cubos de gelo do lado de fora da tampa invertida, ao longo da depressão central. Conforme os cubos forem derretendo, adicione outros.
  10. Após três a quatro horas, desligue o fogo e remova a tigela interior, que estará cheia com as gotas condensadas de água vaporizada de hissopo. O produto final é o hidrolato de hissopo ou água herbácea.
  11. Extraia o óleo essencial despejando o hidrolato dentro de uma jarra; coloque-a na geladeira. A porção líquida da água herbácea congelará, enquanto o óleo volátil ficará da mesma forma.
  12. Despeje o óleo essencial em uma garrafa ou frasco pequeno. Sele-o e armazene-o em local escuro e fresco.

Como Funciona o Óleo de Hissopo?

O óleo essencial da planta de hissopo pode ser usado de diversas formas. Ele pode ser aplicado topicamente na pele ou inalado através de difusor ou vaporizador. Abaixo estão algumas formas de apreciar os benefícios deste óleo essencial:

Ajuda a aliviar fadiga, estresse e até mesmo qualquer tipo de dor no corpo — Adicione duas gotas de óleo de hissopo à água do banho, de preferência quente. Tomar banho com água infundida com óleo de hissopo pode também contribuir para um descanso noturno tranquilo.

Possivelmente trata desconforto menstrual ou sintomas da menopausa — Misture três gotas de óleo de hissopo com um óleo base e use a mistura como óleo de massagem no abdômen.

Ajuda na redução de dores como óleo de massagem — Similar à sugestão anterior, use três gotas de óleo misturadas com um óleo base e massageie nos músculos doloridos. Esfregar a mistura no estômago pode ajudar no alívio de desconforto gastrointestinal causado pela indigestão e gases.

Auxilia na redução da febre — Massagear duas gotas deste óleo herbáceo com 1 mililitro de óleo de coco nas solas dos pés pode ajudar na redução da febre.

Ajuda na limpeza de trato respiratório obstruído — Quando inalado, o óleo de hissopo pode cessar congestões nasais, dificuldade de respiração, resfriados e tosse. Use duas gotas em inalação por vapor. Você pode também esfregar duas gotas de óleo de hissopo misturado com vaporub no peito para induzir o efeito expectorante do óleo.

Ajuda na cura e prevenção de cicatrizes — Adicione duas gotas de óleo de hissopo à loção ou creme e aplique-o topicamente.

O Óleo de Hissopo é Seguro?

O uso de óleos essenciais não diluídos pode causar reações alérgicas e irritações cutâneas. Antes de usar, recomendo misturar este óleo essencial a um óleo base como óleo de amêndoa, óleo de coco ou azeite de oliva. Para determinar se você é sensível ao óleo de hissopo, primeiro aplique uma gota em uma área afetada e observe a ocorrência de qualquer efeito adverso.

Efeitos Colaterais do Óleo de Hissopo

Embora as civilizações antigas considerassem o óleo de hissopo sagrado, acredito que ele ainda possua certas limitações. Aconselho pessoas hipertensas a evitar o óleo de hissopo, pois ele pode aumentar a pressão arterial.

O óleo de hissopo também possui potencial para desencadear convulsões e crises quando consumido em pequenas doses repetidamente. Conforme mencionado antes, o composto pinocanfona pode tornar o óleo de hissopo tóxico e demonstrou causar convulsões.

Não deve ser usado por pessoas epiléticas. Igualmente, incentivo-o (a) a tomar cuidado extra ao usar o óleo de hissopo especialmente perto de crianças menores de cinco anos de idade e bebês, pois ele pode causar febre e epilepsia. O óleo pode também causar sensibilidade cutânea em crianças.

Mulheres grávidas e amamentando devem evitar o uso deste óleo sem recomendação médica para evitar qualquer complicação. Se você tiver interessado em usar este óleo herbáceo, incentivo-o a consultar um prático holístico natural ou um especialista em aromaterapia primeiro.