Beber Chá Pode Baixar o Colesterol, a Pressão Arterial e os Triglicerídeos

Tamanho da fonte:
chá verde

Beber três ou mais xícaras de chá por dia é tão bom para você quanto beber muita água — e pode ser ainda melhor.

Uma pesquisa desfaz a crença comum de que o chá desidrata. O chá não apenas reidrata como a água, mas também protege contra doenças cardíacas e alguns tipos de câncer.

Rodale afirma que:

“Como em estudos anteriores, estabeleceu-se uma forte ligação entre a bebida e as qualidades protetoras do coração, provavelmente resultado da atividade benéfica do flavonoide no chá.

A pesquisa sugere que beber de uma a oito xícaras (xícaras, não canecas gigantescas) por dia está associado a um risco reduzido de doenças crônicas.”

Comentários do Dr. Mercola:

Eu ainda acredito que a maior parte de sua ingestão diária de líquidos deve ser de água pura de alta qualidade. No entanto, se você usar água pura como base, adicionar um chá orgânico de alta qualidade pode realmente melhorar os benefícios de saúde que você recebe, contanto que você evite adoçar cada xícara com açúcar. Eu também não recomendo adicionar leite pasteurizado ao seu chá.

O chá tem sido associado a uma variedade de benefícios para a saúde, incluindo:

Redução do risco de doença cardíaca e câncer

Melhoria da resposta à insulina e redução dos níveis de açúcar no sangue

Dor e inflamação reduzidas associadas à artrite reumatóide

Redução do risco de demência

Redução do risco de glaucoma

Melhor digestão

Ainda há algum debate sobre qual tipo de chá é o mais benéfico – os chás verde e preto sendo os mais citados, mas você também pode considerar chás de ervas indianas como Tulsi.

Um dos chamados “benefícios para a saúde” do chá, do qual eu discordo fortemente, é a alegação de que o aumento da ingestão de fluoreto do chá teria um impacto positivo na sua saúde.

É importante perceber que o fluoreto é uma substância tóxica que pode ter efeitos negativos profundos no seu corpo. Para mais informações, eu recomendo ouvir minha recente entrevista com o Dr. Paul Connett, um dos maiores especialistas em fluoreto.

Vários estudos deixaram claro que o chá pode ser uma fonte de fluoreto, e ao contrário do que você foi levado a acreditar pelas autoridades de saúde e pela mídia convencional, o risco de consumir fluoreto supera de longe qualquer benefício declarado.

Então, quando eu recomendo beber chá, é com a ressalva de que o chá seja de alta qualidade e sem fluoreto.

Como o Chá Beneficia sua Saúde

Um corpo crescente de pesquisas sugere que muitos dos benefícios à saúde atribuídos ao chá são amplamente transmitidos por seus polifenois (antioxidantes naturais), incluindo a epigalocatequina-3-galato (EGCG), que é o principal componente ativo da atividade biológica do polifenol do chá.

É geralmente reconhecido que os antioxidantes protegem a sua saúde combatendo os radicais livres no seu corpo, prevenindo assim os danos da oxidação.

Os radicais livres são moléculas altamente reativas que roubam elétrons de tudo que encontram, seja de uma parede celular ou de um filamento de DNA. A perda de um elétron, por sua vez, oxida essas células, o que as torna instáveis e facilmente quebráveis. Conforme esse dano dos radicais livres continua, as células não podem mais funcionar corretamente e, portanto, os tecidos começam a degradar e a doença instala-se.

Os polifenois, especificamente, têm demonstrado:

  • Reduzir o seu colesterol
  • Reduzir seus níveis de triglicérides
  • Reduzir sua pressão sanguínea
  • Aliviar a inflamação e a dor

O EGCG também é conhecido por ter um efeito regulador no metabolismo da gordura, e vários estudos sugerem que pode até melhorar o seu desempenho ao exercitar-se.

Por ser o tipo de chá menos processado, o chá verde contém a maior quantidade de EGCG de todas as variedades de chá. Portanto, além da água, acredito que o chá verde de alta qualidade seja uma das bebidas mais benéficas que você pode consumir.

Como mencionei acima, outra excelente opção é o chá de Tulsi.

Ele também é repleto de antioxidantes, mas a química complexa e única desta erva aromática também oferece benefícios que vão além dos outros chás.

O chá de Tulsi contém centenas de compostos benéficos conhecidos como fitoquímicos. Os fitoquímicos são compostos vegetais não nutritivos que possuem propriedades protetoras e promotoras da saúde.

Trabalhando juntos, esses compostos possuem propriedades antioxidantes, adaptogênicas e de aprimoramento imunológico que podem combater o estresse e ajudar a promover a saúde geral de várias maneiras, incluindo:

Reforçando seu sistema imunológico

Proporcionando-lhe um efeito calmante e alívio do estresse ocasional

Promovendo o metabolismo saudável

Ajudando a manter níveis otimizados de açúcar no sangue

Fornecendo suporte esquelético e articular

Dando suporte a níveis normais de colesterol

Como Avaliar a Qualidade do Chá Verde

Dentre as variedades aparentemente infinitas de chá no mercado, há apenas um punhado que eu recomendaria beber. Meus dois favoritos são chá de Tulsi e chá verde matcha. Mas como mencionei anteriormente, a qualidade é vital na seleção de chá – especialmente quando se trata de chá verde.

O chá matcha é um chá verde brilhante e vibrante que contém toda a folha de chá moída, e pode conter mais de 100 vezes o EGCG fornecido pelo chá verde fabricado regularmente.

Um sinal indicador de alta qualidade é que ele na realmente é verde.

Se seu chá verde tem uma aparência marrom, em vez de verde, é provável que ele tenha oxidado, o que pode danificar ou destruir muitos de seus compostos mais valiosos.

Você Deve Preocupar-se com o Conteúdo de Cafeína do seu Chá?

Algumas pessoas evitam beber chá porque contém cafeína. De fato, a cafeína tem sido associada a muitos problemas de saúde, como o aumento da pressão arterial e níveis de hormônios do estresse. Ainda assim, a cafeína é muito menos perigosa do que o suco de fruta ou o refrigerante e em pequenas quantidades não deve ser um problema, especialmente se vier do chá.

Um estudo publicado no American Journal of Clinical Nutrition em julho de 2008 descobriu que a cafeína do chá (em oposição à cafeína do café) contém uma proteína natural chamada teanina, que na verdade contraria os efeitos colaterais normais da cafeína, como o aumento da pressão arterial, dores de cabeça e cansaço.

A exceção aqui são mulheres que estão grávidas ou amamentando.

A cafeína é uma droga estimulante que atravessa facilmente a placenta até o feto em desenvolvimento e também é transferida através do leite materno, e pode ter efeitos devastadores no bebê. Portanto, mulheres grávidas e que estejam amamentando devem evitar todas as bebidas com cafeína.

Se você estiver procurando por um chá com menos cafeína, o chá verde, novamente, é a melhor opção. O chá verde contém cerca de metade da quantidade de cafeína do café. O chá preto contém tipicamente um pouco mais de cafeína do que o chá verde.

Se você realmente precisa evitar a cafeína, o Tulsi é sua melhor escolha, pois ele não possui cafeína.

Qual Quantidade de Chá é Saudável?

Há um equívoco comum de que você tem que beber um bule inteiro ou dois de chá para receber quaisquer benefícios significativos para a saúde. Mas grande parte da pesquisa sobre o chá verde, por exemplo, foi baseada em cerca de três xícaras por dia.

Uma xícara de chá verde irá fornecer-lhe 20 a 35 mg de EGCG, dependendo da qualidade do seu chá, então três xícaras por dia irá fornecer-lhe entre 60 e 105 mg.

Meu conselho?

Se você gosta de chá, continue a tomar e adicione algumas xícaras de chá verde ou chá de Tulsi ao seu dia. Algumas pessoas podem não gostar do sabor do chá verde de alta qualidade. Se você está nessa categoria, você deve experimentar o chá de Tulsi em vez disso. É delicioso e pode ser servido quente ou refrigerado.

A estévia é uma excelente escolha se você quiser adoçar o seu chá.