Formas Simples de Ajudar no Bloqueio da Acne Naturalmente

Acne

Resumo da matéria -

  • A acne pode ser um problema psicologicamente e emocionalmente dolorido, especialmente para adolescentes. A acne afeta cerca de 85% da população em algum momento de sua vida e é o problema de pele mais comum tratado por dermatologistas.
  • Tratamentos convencionais para a acne envolvem o uso de antibióticos como os derivados de tetraciclina que ajudam a matar as bactérias tipo propioniform, que são responsáveis pela infecção e inflamação no rosto. Infelizmente, estes não tratam as causas adjacentes da acne.
  • A dieta tem tudo a ver com a acne. Elimine alimentos ricos em açúcar e carboidratos derivados de grãos que iniciam o aumento de insulina e IGF-1 no organismo. Isso contribui para a acne.
  • Outras formas de evitar a ocorrência de acne é o estabelecimento do equilíbrio adequado de bactérias benéficas no intestino e a melhora dos níveis de vitamina D.
Tamanho da fonte:

DOSES RECOMENDADAS DE VITAMINA D

IDADE DOSAGEM

Abaixo de 5 anos

35 unidades por libra (0,45 kg) por dia

Idades entre 5 – 10 anos

2500 unidades

Idades entre 18 – 30 anos

4000-8000 unidades

Mulheres grávidas

5000-10000 unidades

ATENÇÃO:

Não há como saber se as recomendações acima estão corretas. A ÚNICA forma de saber é fazendo exame de sangue. Você pode precisar de 4 a 5 vezes a quantidade recomendada acima. Idealmente, o nível sanguíneo de 25(OH)D deve ser 60ng/ml.

Por Dr. Mercola

A acne pode ser um problema psicologicamente e emocionalmente dolorido, especialmente para adolescentes. Tenho bastante experiência pessoal com isto, pois sofri demasiadamente com a acne quando era adolescente e até mesmo nos meus 30 anos de idade. Na verdade, eu tinha uma forma relativamente grave de acne cística que produz lesões grandes e doloridas.

A maioria dos adolescentes tem um tipo de acne chamado acne vulgaris que pode aparecer no rosto, no pescoço, ombros, costas e peito.

A acne afeta cerca de 85% da população em algum momento de sua vida, incluindo adultos, e é portanto a doença de pele mais comum tratada por dermatologistas.

O desafio, claro, é como tratar a acne de forma eficaz.

Estratégias de Tratamento Convencional Para Acne

A estratégia típica usada pela maioria dos dermatologistas é a recomendação de um antibiótico, tipicamente os derivados de tetraciclina desenvolvidos para tratar infecções. Neste caso, são as bactérias do tipo propioniform as responsáveis pela inflamação e infecção reais que ocorrem no rosto.

A Propionibacterium acnes pode ser encontrada na superfície da pele de qualquer pessoa. O desenvolvimento da acne ocorre quando as bactérias bloqueiam os poros levando à inflamação.

Os antibióticos podem na verdade ser úteis para limpar a acne. Outros tratamentos convencionais incluem o uso de agentes tópicos como peróxido de benzoíla ou, em casos extremos, medicamentos para tratamento mais severo como o Accutane.

No entanto, não concordo que alguém deva usar o Accutane (genericamente conhecido como isotretinoína), e sou fortemente contra ele.

É, na verdade, o único medicamento classificado como categoria X, o que significa que tem 100% de chance de causar defeitos congênitos. A partir de 2002, se você é mulher em idade fértil, você deve fazer um teste de gravidez antes de ter este medicamento prescrito.

Ele também promove outros efeitos colaterais como sentimentos de depressão, agressão e suicídio.

Embora estes tratamentos tipicamente funcionem, é importante perceber que eles de FORMA ALGUMA tratam as causas adjacentes da acne.

Como Tratar a Causa Raiz da Acne

O que você deve fazer é eliminar o motivo adjacente pelo qual a bactéria propioniform está causando estes cistos ou lesões. Felizmente, existem estratégias muito simples que vão cumprir esta tarefa e elas funcionam praticamente todas as vezes.

O que a maioria dos especialistas vai dizer a você sobre a acne é que a dieta não tem nada a ver com ela. Bom, nada poderia estar tão longe da verdade.

O que se tornou claramente aparente é que a dieta tem tudo a ver com a acne.

Se você estiver predisposto(a) a desenvolver estas lesões de acne e está mantendo uma dieta que está provocando o aumento dos níveis de insulina e dos fatores associados ao aumento de insulina, então você vai ter acne.

Isto acontece porque quando você consome carboidratos refinados e açúcar, isto provoca o aumento de insulina e de um fator de aumento de insulina chamado IGF-1 no organismo. Isto pode levar a um excesso de hormônios masculinos que fazem com que os poros secretem sebo, substância gordurosa que atrai a bactéria causadora da acne.

Ademais, o IGF-1 provoca a multiplicação de células dérmicas conhecidas como queratinócitos, processo que é também associado à acne.

Portanto, a solução simples é reduzir radicalmente a quantidade que você consome do alimento que está provocando a produção de insulina no organismo.  Os principais culpados aqui são o açúcar e TODOS os carboidratos provenientes de grãos, pois estes são convertidos em açúcar no organismo. Isto inclui itens como:

Pão

Cereal

Massas (macarrão)

Arroz

Batatas

Milho

A confusão aqui é o pensamento de que você pode consumir um grão saudável. Por favor, entenda que mesmo um pão feito com trigo integral, de alta qualidade e orgânico causará este problema, pois ele ainda é um carboidrato.

Outra fonte de confusão é pensar que o milho é um vegetal. Ele, na verdade, é um grão e um carboidrato de alta densidade que deve ser evitado. Mesmo as frutas provavelmente aumentarão a quantidade de insulina no organismo e, como resultado, podem agravar a acne se você for predisposto(a) a tê-la.

Você deve substituir os açúcares e carboidratos provenientes de grãos por carboidratos provenientes de legumes de acordo com seu tipo nutricional, pois eles metabolizam vagarosamente e tendem a não causar picos de produção de insulina.

Outros Fatores Importantes Para Considerar Quando Tratar a Acne

Existem dois outros fatores importantes para considerar, especialmente se você já tentou a abordagem convencional para o tratamento da acne.

Estabelecimento do equilíbrio adequado de bactérias – Se você já tomou antibióticos, é importante consumir um suplemento probiótico. Antibióticos são matadores indiscriminatórios que lavam as bactérias boas do intestino, assim como as bactérias propioniform do rosto. Um efeito colateral comum disto é o crescimento excessivo de fungos.

Se você for mulher, você pode ter infecções vaginais causadas por fungos, porém tanto homens quanto mulheres podem desenvolver cândida como resultado da quebra do equilíbrio de bactérias no intestino.

Claro que reduzindo o consumo de alimentos nos quais bactérias e fungos prosperam, por exemplo, açúcares e carboidratos, você também ajudará no restabelecimento do equilíbrio adequado de bactérias no intestino.

Melhora dos níveis de vitamina D – Finalmente, o que você agora já sabe é que a vitamina D é crucialmente importante para o estabelecimento de um sistema imunológico saudável e para o controle de praticamente todos os tipos de infecção.

Quando você melhora os níveis de vitamina D, você produz mais de 200 peptídeos antimicrobianos (também chamados de peptídeos de defesa). Eles são componentes essenciais da resposta imunológica natural e são antibióticos potentes de amplo espectro.

A melhor forma de melhorar os níveis de vitamina D é a exposição saudável de grandes partes da pele ao sol – exposição suficiente para que a pele fique com uma cor rosa clara. O organismo pode produzir até 20.000 IUs com este nível de exposição na maior parte do corpo. Além disso, o organismo não vai mais produzir vitamina D e você pode, na verdade, provocar danos à pele se ficar no sol por mais tempo.

Com a exposição ao sol ou com o uso de camas de bronzeamento seguras você vai melhorar naturalmente a produção de vitamina D e praticamente eliminar a necessidade de fazer exames de sangue.

Se você não consegue expor-se ao sol regularmente ou usar camas de bronzeamento, você pode considerar suplementação oral de vitamina D. Tipicamente, as doses orais indicadas são milhares de unidades por dia, variando de 2-3.000 até 10.000 IUs por dia. Porém, se você decidir seguir por este caminho, faça-o somente se estiver monitorando os níveis de vitamina D com exames de sangue em intervalos regulares.

Estas são estratégias simples às quais eu gostaria de ter tido acesso quando era jovem. Incentivo você a tentá-las porque têm grande chance de praticamente eliminar sua acne e toda a dor emocional e psicológica associada a ela que tão frequentemente afeta pessoas com este problema.

A Função da Vitamina D na Prevenção de Doenças

Diversas evidências mostram que a vitamina D desempenha função crucial na prevenção de doenças e na manutenção de uma saúde ótima. Existem cerca de 30.000 genes no organismo e a vitamina D afeta praticamente 3.000 deles, assim como os receptores de vitamina D localizados no organismo.

De acordo com um estudo de larga escala, níveis ótimos de vitamina D podem reduzir os riscos de desenvolvimento de câncer em até 60%. A manutenção dos níveis ideais pode ajudar na prevenção de, pelo menos, 16 tipos diferentes de câncer, incluindo o pancreático, o de pulmão, o ovariano, o de próstata e os cânceres de pele.

Como a Realização de Testes de Vitamina D Pode Ajudá-lo(a) a Melhorar Sua Saúde

Existe alguma dúvida de que qualquer que seja a doença ou problema sendo investigado, a vitamina D parece desempenhar função crucial? É por isso que estou tão ansioso com relação ao Projeto de Ação D* promovido pela GrassrootsHealth. O Dr. Robert Heaney é o diretor da pesquisa da GrassrootsHealth e faz parte do Projeto de Ação D*, assim como da análise dos resultados da pesquisa.

A GrassrootsHealth mostra como você pode agir hoje com relação à ciência conhecida com um consenso de especialistas sem esperar pela letargia institucional. Foi mostrado como a combinação entre a ciência da medição (de níveis de vitamina D) e escolhas pessoais na tomada de ações e o valor da educação com relação às medidas individuais pode realmente tornar uma pessoa responsável por sua própria saúde.

A fim de espalhar este movimento de saúde a outras comunidades, o projeto necessita de seu envolvimento. Para participar, compre o Kit de Medida de Ação D* e siga as instruções de cadastro incluídas (Por favor, observe que 100% dos recursos provenientes dos kits vão para o financiamento do projeto de pesquisa. Eu não cobro um centavo sequer como distribuidor dos kits de teste).

Como participante, você concorda em medir seus níveis de vitamina D duas vezes ao ano durante o período do estudo que é de cinco anos e compartilhar a situação de sua saúde para demonstrar o impacto deste nutriente sobre a saúde pública.

Há uma taxa de USD 65,00 (em torno de R$ 245,00), a cada seis meses, referente a seu patrocínio neste projeto de pesquisa que inclui um kit de teste a ser usado em casa e relatórios eletrônicos de seu progresso. Você receberá um e-mail de acompanhamento a cada seis meses lembrando a você que “é hora de realizar seu teste e a pesquisa sobre a saúde”.