Experimente Este Óleo Essencial Para Aliviar Dores Musculares e Entorses

Óleo de Abeto

Resumo da matéria -

  • O abeto desenvolve-se no clima frio e úmido da América do Norte. É comumente encontrado no Canadá desde a costa do Atlântico até a costa do Pacífico, em alguns estados do norte dos Estados Unidos continental e no Alasca, Labrador e Terra Nova
Tamanho da fonte:

Devido à sua estrutura estreita e aparência esparsa, os botânicos consideram o abeto atrasado com relação às outras coníferas da família das Pináceas em termos de esplendor.

Porém, o que falta no abeto em termos de aparência, é compensado pela ampla gama de impressionantes propriedades de cura. Saiba mais sobre este óleo essencial.

O Que é o Óleo de Abeto?

O óleo de abeto é produzido a partir das folhas ásperas, com forma de agulha e verde azuladas e dos galhos das árvores de abeto, que são primas de outras coníferas ornamentais como cedro, pinheiro e pinho. O abeto possui tronco castanho-avermelhado que inicialmente cresce em qualquer lugar entre 30 a 45 centímetros até alcançarem seu pico máximo de 1 metro.

Existem diferentes espécies de abeto além do mais comum abeto negro (Piceamariana), porém nem todos produzem óleos essenciais saudáveis. Outras espécies de abeto que contêm óleo são:

  • Cicuta ou abeto Oriental (Tsuga canadensis)
  • Abeto da Noruega ou abeto comum (Picea abies)
  • Abeto Branco (Picea glauca)

O abeto desenvolve-se no clima frio e úmido da América do Norte. É comumente encontrado no Canadá costa do Atlântico até a costa do Pacífico, em alguns estados do norte dos Estados Unidos continental e no Alasca, Labrador e Terra Nova.

Aplicações do Óleo de Abeto

Americanos nativos costumavam preparar sua própria pomada, unguento e loção com abeto, mel e alume para o tratamento de problemas cutâneos, tais como furúnculos, queimaduras, inflamações, chagas e feridas. Eles também usavam o bálsamo do abeto como goma de mascar e o passavam como calafetamento ou cola. Eles ainda consumiam a parte interna da casca e os brotos da árvore.

O óleo de abeto é frequentemente adicionado a sabonetes, purificadores de ar e formulações de produtos de limpeza doméstica para aproveitar sua essência refrescante e agir como desinfetante. Devido a seu agradável aroma telúrico, seus efeitos calmantes e sua capacidade de aliviar ansiedade e estresse, o óleo de abeto é também o favorito em rituais de meditação como contato com a terra.

Para cuidados de animais domésticos, misture o óleo de abeto com óleo de cedro. Aplique a mistura no corpo do animal, use-a em seu banho ou use-a como pulverizador para livrá-lo de pulgas e carrapatos.

Composição do Óleo de Abeto

O óleo de abeto tem odor doce, suave, quente e atraente, similar ao pinheiro ou ao pinho, porém mais suave e mais ameno. É viscosamente fino e tem cor amarela claro cristal a pálida. Em termos de constituintes químicos, o óleo de abeto contém 55% de monoterpenos — incluindo canfeno, α-Pineno e y-3-Carene — y-acetato de bornilo e sesquiterpenos.

O óleo de abeto apresenta propriedades parecidas com o hormônio e a cortisona que estimulam a glândula timo e o eixo hipotalâmico-pituitária-adrenal (HPA).

Benefícios Promovidos Pelo Óleo de Abeto

O óleo de abeto apresenta potentes propriedades antibacterianas, anti-infecciosas, anticancerígenas, anti-inflamatórias, antiespasmódicas, antivirais, antissépticas, desinfetantes, expectorantes e estimulantes. Funciona maravilhosamente bem em problemas respiratórios, na cura de feridas, infecções virais, artrite, reumatismo e outras formas de dores e mazelas musculares.

Uma vez que o óleo de abeto afeta positivamente diversos sistemas do organismo, particularmente o sistema endócrino, não é surpresa que ele promova uma ampla gama de benefícios à saúde muito bem documentados, que incluem ajuda:

No estímulo e fortificação do sistema imunológico

No controle de alguns casos de hipertireoidismo

Na regulação do hormônio adrenal para ajudar o organismo a lidar com as situações de “luta ou fuga” do estresse

No alívio de infecções do trato respiratório, como asma ou bronquite

Em seu funcionamento como expectorante para aliviar o muco

No combate à fadiga, incluindo exaustão nervosa e fadiga crônica

A acalmar problemas cutâneos, como dermatite, eczema, psoríase e dermatite seborreica

Como Produzir Óleo de Abeto

O óleo de abeto é extraído através de destilação por vapor das folhas que são usualmente colhidas entre os meses de janeiro e abril que é quando os níveis de óleo essencial estão em seu patamar mais alto. Os ramos expostos ao sol produzem mais óleo de abeto comparando com os que estão escondidos em florestas densas e espessas. As árvores de abeto com 25 anos de idade são conhecidas pela produção duas vezes maior de óleo essencial do que as que têm 45 anos ou mais.

Durante o processo de destilação, o material botânico é colocado em um alambique e é sujeitado a temperaturas extremamente altas para extração do óleo essencial.

Como o Óleo de Abeto Funciona?

Devido a seus componentes calmantes, o óleo de abeto é frequentemente usado em massagens, saunas e banhos a vapor. O óleo de abeto pode ser usado topicamente, inalado diretamente através da aromaterapia ou como tônico. Alguns óleos complementares do óleo de abeto são cedro, salva esclareia, gálbano, lavanda, musgo de carvalho, pinho e alecrim.

Caso você ou alguém de sua família esteja sofrendo de dores musculares, articulações doloridas, má circulação, tensões e entorses, eu altamente recomendo que você use o óleo de abeto topicamente com um óleo base mais suave.

A combinação do óleo de abeto com óleo de helichrysum (óleo de immortelle), conhecido por suas propriedades tonificantes, é sugerida para ajudar no alívio de ferimentos musculares, de ligamentos e tendões e para acelerar a cura e a prevenção de formação de cicatrizes desagradáveis.

O Óleo de Abeto é Seguro?

O óleo de abeto é geralmente considerado seguro. Porém, qualquer aplicação sem diluição prévia com um óleo base mais suave pode causar irritação na pele em algumas pessoas.

Para evitar que isto ocorra, uma medida cautelar prática que aconselho quando usar óleos essenciais pela primeira vez é a realização de um teste de toque. Simplesmente aplique uma gota do óleo de abeto em uma pequena parte da pele e espere por, pelo menos, 24 horas. Se ocorrer qualquer reação, descontinue seu uso.

Por outro lado, se você estiver grávida, aconselho que você não use o óleo de abeto — ou qualquer outro óleo essencial para tal propósito — sem recomendação de seu médico, para evitar complicações. Esta advertência é a mesma, caso você tenha qualquer problema de saúde e esteja consumindo medicamento prescrito.

Efeitos Colaterais do Óleo de Abeto

Além da possibilidade de irritação ou sensibilidade cutânea, o óleo de abeto atualmente não apresenta quaisquer efeitos colaterais conhecidos. Porém, sempre peque por precaução. Consulte um prático holístico natural ou um especialista em aromaterapia antes de incorporar qualquer óleo de ervas em sua dieta suplementar ou tratamento.