10 Alimentos Populares que Drenam a Energia e Aumentam o Peso

Alimentos que Drenam a Energia

Resumo da matéria -

  • Comer muitos alimentos processados ricos em açúcar e carboidratos refinados é uma das principais razões pelas quais muitas pessoas têm falta de energia e ganham peso
  • Entre os 10 alimentos que drenam a energia e que devem ser evitados estão os bagels, muffins, cereais, refrigerante, smoothies (vitaminas) de frutas e suco de frutas, iogurte adoçado, batatinhas chips e sanduíches
  • A falta de energia e o ganho de peso muitas vezes estão relacionados a certas escolhas de estilo de vida, como a falta de alimentos saudáveis, excesso de alimentos processados e açúcar, e a falta de exercício e sono, além de uma sobrecarga de estresse
  • Para perder peso e aumentar os níveis de energia, a maioria das pessoas precisa reduzir a ingestão de carboidratos provenientes de grãos e açúcar, aumentando a ingestão de gorduras saudáveis
Tamanho da fonte:

Por Dr. Mercola

Para uma atividade que a maioria das pessoas faz várias vezes a cada dia, comer está envolvido em confusão e controvérsia. Ou melhor dizendo, não o ato de comer, mas a escolha do que comer. Com cada refeição e lanche, você tem a oportunidade de dar ao seu corpo nutrição adequada e até mesmo extra. Mas muitos ficam aquém desse objetivo.

Para ser honesto, estão jogando sujo com você. As propagandas de alimentos estão em toda parte e promovem os produtos mais rentáveis, que normalmente não são as opções mais saudáveis de alimentos.

Os alimentos processados em particular são literalmente projetados para viciar você e mantê-lo comendo mais. Ao mesmo tempo, mesmo as diretrizes de saúde pública sobre nutrição são totalmente equivocadas - fazendo a maioria das pessoas evitar alimentos saudáveis, como gorduras saturadas, a favor dos grãos (que a maioria come em excesso).

O resultado final é nada menos que um desastre nutricional, evidenciado por alguns dos alimentos mais populares consumidos pelos americanos diariamente. Pior ainda, muitos foram levados a acreditar que esses alimentos são saudáveis quando, de fato, eles só vão drenar sua energia e torná-lo gordo.

Dispense Esses 10 Alimentos Populares que Drenam a Energia e Aumentam o Peso

O primeiro passo para comer melhor é o conhecimento - o conhecimento de com quais alimentos seria melhor você "romper” a partir de hoje. Uma personal trainer e técnica de perda de peso Traci Mitchell recentemente compartilhou 10 desses alimentos no Get Fit Chicago, e você sabe o quê? Eles estão no caminho certo.

Tome um minuto para rever sua dieta diária típica, e se os seguintes 10 alimentos fazem mais do que uma aparição muito ocasional, é hora de fazer alguns ajustes importantes. Estes são os 10 principais alimentos infratores que só drenam a sua energia e fazem você engordar. Você pode comer melhor, ficar saudável, e se sentir bem, e isso começa com você dispensando esses 10 alimentos populares.

1. Bagels

Os bagels nada mais são do que uma grande porção de pão. Um bagel pode conter 45 gramas ou mais de carboidratos refinados, que rapidamente se decompõem em açúcar, aumentam os níveis de insulina e causam resistência à insulina, que é o fator subjacente número um de quase todas as doenças crônicas conhecidas pelo homem, incluindo câncer e doenças cardíacas.

2. Bebidas especiais de café

As bebidas de café são tipicamente carregadas com xaropes e açúcar, enquanto as versões "magras" contêm adoçantes artificiais. Embora uma xícara de café preto seja uma maneira aceitável, mesmo saudável, de começar o dia, um café mocha médio de uma cadeia popular de cafeterias pode conter 35 gramas de açúcar. Isso são quase nove colheres de chá antes de a sua manhã terminar.

3. Cereal

A maioria dos cereais é uma combinação de xarope de milho rico em frutose, açúcar e milho geneticamente modificado (GM), e os cereais comercializados para crianças são os piores criminosos. No entanto, seria melhor evitar mesmo os cereais "saudáveis" para adultos, pois eles não são nada mais do que carboidratos refinados. Eu não recomendo comer cereais, mesmo se eles não tiverem quaisquer açúcares adicionados.

4. Refrigerante (Diet ou Regular)

A maioria dos refrigerantes contém muito açúcar, ou até pior, adoçantes artificiais. Por exemplo, o aspartame químico, muitas vezes usado como um substituto do açúcar no refrigerante diet, tem mais de 92 efeitos colaterais associados ao seu consumo, incluindo tumores cerebrais, defeitos congênitos, diabetes, distúrbios emocionais e epilepsia / convulsões. Além disso, cada gole de refrigerante o expõe a:

  • Ácido fosfórico, que pode interferir na capacidade do seu corpo usar cálcio, levando à osteoporose ou amolecimento dos dentes e ossos.
  • Benzeno. Embora o limite federal para o benzeno na água potável seja de 5 partes por bilhão (ppb), os pesquisadores descobriram níveis de benzeno tão elevados quanto 79 ppb em alguns refrigerantes, e de 100 marcas testadas, a maioria tinha pelo menos algum nível detectável de benzeno presente. O benzeno é um conhecido carcinógeno.
  • Corantes alimentares artificiais, incluindo coloração de caramelo, que foi identificada como um carcinógeno. A coloração marrom artificial é feita pela reação do açúcar de milho com amônia e sulfitos sob altas pressões e em altas temperaturas.
  • Benzoato de sódio, um conservante comum encontrado em muitos refrigerantes, que pode causar danos ao DNA. Isto poderia acabar levando a doenças como cirrose do fígado e doença de Parkinson.

5. Iogurte comercial

Tradicionalmente iogurte fermentado é repleto de bactérias saudáveis (probióticos). Nos tempos antigos, a conservação de alimentos era realizada através da lacto-fermentação, um processo que adiciona uma série de micro-organismos benéficos aos os alimentos. Isso os torna mais fácil de digerir, e aumenta a flora saudável em seu trato intestinal.

Mas não espere ser capaz de conseguir o produto real em seu supermercado local. Os iogurtes pasteurizados na maioria dos supermercados não irão fornecer-lhe estes benefícios para a saúde, pois o processo de pasteurização destrói a maioria das preciosas enzimas e outros nutrientes.

Além disso, a maioria dos iogurtes comerciais contém adição de açúcar ou adoçantes artificiais. Para um iogurte mais saudável, experimente o iogurte puro e adicione o seu próprio saborizante, como stevia, canela ou bagas frescas.

6. Sanduíche Submarino

Grandes sanduíches submarinos contêm muito pão (mais carboidratos refinados) e normalmente contêm carne de frios processada que pode conter nitrito de sódio e outros aditivos como MSG, um xarope de milho rico em frutose, conservantes, sabores artificiais ou cores artificiais. Embora sanduíches submarinos sejam muitas vezes vistos como uma alternativa saudável ao fast-food de hambúrgueres, eles são praticamente tão ruins quanto.

7. Suco de Laranja

Alguns sucos de laranja contém xarope de milho ricos em frutose, açúcar adicionado e sabores e cores artificiais. Mas mesmo as marcas naturais contêm muita frutose sem qualquer fibra, antioxidantes e fitoquímicos que promovem a saúde encontrados nas frutas inteiras.

Estudos anteriores já demonstraram claramente que beber grandes quantidades de suco de frutas aumenta drasticamente o risco de obesidade. Mesmo o suco de fruta recentemente espremido pode conter cerca de oito colheres de chá cheias de frutose em cada copo de oito onças (226 g), o que fará com que a sua insulina aumente e isso pode rebater os benefícios dos antioxidantes.

Se você sofre de diabetes tipo 2, hipertensão, doenças cardíacas ou câncer, seria melhor evitar sucos de frutas por completo até que você tenha normalizado seus níveis de ácido úrico e insulina.

8. Muffins

A maioria dos muffins é rica em açúcar e carboidratos refinados e de baixa nutrição. Isso continua a ser verdade mesmo se eles tiverem "baixo teor de gordura" ou contiverem elementos saudáveis como farelo ou cenouras. Comer um muffin não é diferente de comer um bagel ou um prato de panquecas.

Ele fará com que seus níveis de açúcar no sangue e insulina a aumentem, ocorrendo em seguida uma queda que irá drenar a sua energia. Isso é verdade para qualquer alimento alto em açúcar refinado e carboidratos, então você também deve evitar os donuts.

9. Batatinhas Chips

As batatinhas chips não são nada mais do que carboidratos refinados e gorduras insalubres, juntos de um excesso de sódio processado. Além disso, quando alimentos ricos em carboidratos como batatas são cozidos em altas temperaturas, como todas as batatinhas chips são, acrilamida -- um subproduto químico insípido e invisível - é formada.

Estudos em animais demonstraram que a exposição à acrilamida aumenta o risco de vários tipos de câncer e a International Agency for Research on Cancer (Agência Internacional de Pesquisa sobre o Câncer) considera a acrilamida um "provável carcinógeno humano".

10. Smoothies de frutas (Vitaminas de frutas)

Os smoothies de fruta são frequentemente divulgados como uma estratégia conveniente para aumentar seu consumo de verduras e frutas. Infelizmente, eles também contêm quantidades excessivas de frutose, e talvez até açúcares adicionados além disso.

Embora seja possível fazer um smoothie saudável de frutas em casa, desde que você não exagere nas frutas e adicione a ele ingredientes saudáveis como espinafre e óleo de coco, os smoothies comprados em lojas são praticamente sempre desastres nutricionais ricos em açúcar.

Os Energéticos Também Não lhe Darão Energia Duradoura

Há risco de se consumir cafeína em excesso, é claro (e outros riscos, como o fato de que beber energéticos tem sido comparado a "banhar" seus dentes em ácido por causa do impacto no seu esmalte dentário), mas acima e além disso está o simples fato de que esta é uma energia artificial (muitas vezes com outros ingredientes artificiais questionáveis adicionados, também).

Assim que a explosão da cafeína acabar, você provavelmente estará mais esgotado do que antes de ter tomado o energético e agora estará querendo outra dose. E será que você não prefere apenas acordar bem, pronto para começar o dia, com energia e entusiasmo? A falta de energia e estado de fadiga não são naturais.

Na realidade, é muito mais provável que isso seja resultado de certas escolhas de estilo de vida, como não comer alimentos saudáveis o suficiente, comer muito alimentos processados e açúcar, e não se exercitar ou dormir o suficiente, além de uma sobrecarga de estresse.

Sua Dieta é a Chave para Aumentar os Níveis de Energia e Queima de Gordura

  • Ter muita energia acessível à mão, conforme você efetivamente queima a gordura armazenada para que ela vire energia ao longo do dia. Uma maneira de saber se você está em modo de queima de gordura ou não é tomar nota de como você se sente quando pula uma refeição. Se você consegue pular refeições sem ficar esfomeado e irritadiço (ou ter vontade de comer carboidratos), você provavelmente está em modo de queima de gordura.
  • Melhora da sensibilidade à insulina e à leptina e diminuição do risco de praticamente todas as doenças crônicas degenerativas conhecidas.
  • Efetivamente queimar a gordura dietética para que ela vire energia, o que leva a ter menos gordura dietética sendo armazenada em seu tecido adiposo – e portanto, os benefícios da perda de peso associados à queima de gordura.
  • Ser capaz de confiar mais na gordura para energia durante o esforço, poupando o glicogênio para quando você realmente precisar dele. Isso pode melhorar o desempenho atlético e ajudar a queimar mais gordura corporal. Como explicado por Mark Sisson, autor de The Primal Blueprint (O Plano Primordial), se você conseguir se exercitar sem ter uma carga de carboidratos, você provavelmente estará em modo de queima de gordura. Se você puder trabalhar eficazmente em estado de jejum, você está definitivamente em modo de queima de gordura.

Para Aumentar a Energia e Queimar Mais Gordura, Substitua seus Carboidratos por Gorduras Saudáveis

Este é um passo importante para obter a energia que você precisa de seus alimentos, enquanto também otimiza seu peso. Tenha em mente que quando estamos falando sobre carboidratos nocivos, estamos apenas nos referindo a grãos e açúcares, e NÃO a carboidratos vegetais. Você precisa de muito pouco ou nenhum do primeiro e uma abundância do segundo.

Na verdade, quando você cortar os açúcares e grãos, você precisa aumentar radicalmente a quantidade de legumes que come, uma vez que, no quesito volume, os grãos que você precisa trocar são mais densos do que os vegetais. Você também precisa aumentar drasticamente as gorduras saudáveis, que incluem:

Azeitonas e azeite (para pratos frios)

Cocos e óleo de coco (para todos os tipos de preparo)

Manteiga feita a partir do leite de animais alimentados com grama

Nozes cruas, como amêndoas ou nozes pecã

Gema de ovo pasteurizada orgânica

Abacates

Carnes de animais alimentados com pasto

Óleo de palma

Óleos de nozes orgânicos não aquecidos

Um objetivo razoável será ter 50-70 por cento das calorias diárias provenientes de gordura saudável, o que irá radicalmente reduzir sua ingestão de carboidratos. A gordura sacia muito mais do que os carboidratos, por isso, se você tiver reduzido os carboidratos e ainda sente fome, isso é um sinal de que você não os substituiu por quantidades suficientes de gordura saudável.

A maioria das pessoas provavelmente perceberá uma melhora gigantesca em sua saúde e níveis globais de energia seguindo esta abordagem.

Você Está Comendo Estes 10 Alimentos Saudáveis?

Nós cobrimos o básico do que comer para ter energia e queima de gordura, juntamente com 10 alimentos a se evitar. Agora você pode estar se perguntando que tipos de alimentos são ideais para se consumir. Estes 10 alimentos saudáveis que seguem estão entre os melhores. Lembre-se, estas são recomendações gerais.

Não é todo mundo que vai se dar bem com esses alimentos, mas a grande maioria terá uma melhora na saúde ao consumi-los regularmente. Como sempre, é importante ouvir seu corpo e deixá-lo guiar você para fazer essa determinação.

Legumes fermentados

Bebidas fermentadas, como o kefir

Couve

Sardinhas e salmão selvagem do Alasca

Proteína de soro de leite

Ovos orgânicos

Óleo de coco

Abacate

Manteiga orgânica crua

Romã