Como Tostar Nozes-Pecã

Tamanho da fonte:

O Poder da Noz-Pecã

Nome botânico: Carya illinoinensis

noz-pecã

A noz-pecã está em segundo lugar, ficando atrás somente de uma "noz" que as pessoas podem facilmente adivinhar ser a favorita – o amendoim. Os estados que possuem a maior produção de noz-pecã estão situados na porção vertical e sul-central incluindo Carolina do Norte e do Sul, Geórgia, Alabama, Flórida, Louisiana, Arkansas, Oklahoma, Kansas, Texas, Novo México, Arizona e Califórnia.

Mas enquanto os Estados Unidos aproveitam-se da distinção de ser a fonte original da nogueira pecã, esta noz consistente e amanteigada nunca alcançou o nível elevado de outros alimentos nativos deste continente. Apenas Israel, Nova Gales do Sul, Austrália e Natal na África do Sul têm operações em crescimento consideráveis.

Por milênios, a noz-pecã era um importante alimento básico dos nativos americanos. Os nativos americanos são aqueles que ensinaram os primeiros colonos a colher, utilizar e armazenar a noz-pecã como fonte essencial de nutrição para enfrentar os invernos rigorosos.

Benefícios da Noz-Pecã para a Saúde

Oferecendo benefícios únicos e surpreendentes para a dieta humana, a noz-pecã está entre os 15 alimentos mais conhecidos por sua atividade antioxidante, de acordo com o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos. Um desses antioxidantes é a vitamina E, que os cientistas dizem que pode levar à proteção neurológica e celular.

A vitamina E presente na noz-pecã também pode ajudar na prevenção da doença cardíaca coronariana, porque impede os lipídios no sangue de oxidar no seu corpo, o que pode ser equiparado a enferrujar.

Outro fitoquímico que contribui para a sua atividade antioxidante é o ácido elágico, que ajuda a evitar que várias propriedades cancerígenas se proliferem. Betacarotenos, luteína e zeaxantina presentes na noz-pecã também ajudam a livrar seu corpo de radicais livres nocivos, protegendo-o de doenças, câncer e infecções.

A noz-pecã também é repleta de minerais. A noz-pecã oferece por porção impressionantes 245% da Ingestão Diária Recomendada de manganês, mineral muito bom para o seu coração.

A noz-pecã contém 65% da Ingestão Diária Recomendada de cobre, essencial para a produção de energia em suas células, 33% cada de magnésio (ajudando a manter saudáveis o sistema imunológico, a função neural, o ritmo cardíaco e a força muscular e óssea) e zinco (para aperfeiçoar a função imunológica, a síntese proteica, a síntese de DNA, a divisão celular e a cicatrização de ferimentos).

O conteúdo de fósforo, ferro, cálcio e selênio na noz-pecã se mantém firme como recursos nutricionais. Na mesma escala, uma porção de noz-pecã oferece 48% da Ingestão Diária Recomendada de tiamina (que ajuda as células a converter os carboidratos em energia e auxilia nas funções cardíacas, musculares e do sistema nervoso), 42% do da Ingestão Diária Recomendada de fibra e 20% de proteína em uma porção.

Dos 78 gramas de gordura total, 7 são gorduras saturadas. A noz-pecã é repleta de ácidos graxos como o ácido oleico que seu corpo precisa, o qual é ótimo para o controle do peso. Os esteróis vegetais na noz-pecã oferecem uma melhora na capacidade de reduzir o colesterol.

Informação Nutricional da Noz-Pecã

Porção: 3.5 onças (100 gramas)
  Quantidade Por
Porção
% Ingestão Diária
Recomendada*
Calorias 691  
Calorias da gordura 602  
Gordura total 72 g 111%
Gordura saturada 6 g 31%
Gordura trans    
Colesterol 0 mg 0%
Sódio 0 mg 0%
Carboidrato total 14 g 5%
Fibra dietetic 10 g 38%
Açúcar 4 g  
Proteína 9 g  
Vitamina A 1% Vitamina C 2%
Cálcio 7% Ferro 14%

*Valores diários com base em uma dieta de 2000 calorias. Seus valores diários podem ser maiores ou menores dependendo de suas necessidades energéticas.

Estudos Feitos Sobre a Noz-Pecã

A noz-pecã, reconhecida pelos cientistas como sendo rica em gorduras monoinsaturadas, é recomendada como alimento para a redução de colesterol que pode ter efeitos na redução de doenças cardiovasculares, e pode ser consumida sem aumentar o seu peso corporal.

Outro estudo constatou que comer um punhado de noz-pecã todos os dias pode ajudar a proteger o seu sistema nervoso, retardando a degeneração neural motora relacionada à idade, incluindo a ELA (esclerose lateral amiotrófica) e a doença de Lou Gehrig.

Como Tostar a Noz-Pecã

A receita acima é uma ótima maneira de incorporar a noz-pecã a uma receita, mas você sabia que elas por si só são um delicioso lanche? Basta torrar as nozes-pecã para dar-lhes um sabor mais intenso e uma crocância extra. Se você não sabe como tostar a noz-pecã, aqui estão dois métodos que você pode tentar:

  • Toste-as no forno: Coloque as nozes em uma assadeira, cubra-as com óleo de coco e polvilhe-as com sal. Asse em um forno pré-aquecido (176 graus Celsius) por cinco minutos, mexendo-as ocasionalmente. Observe-as cuidadosamente, pois elas podem facilmente se queimar.
  • Toste as nozes-pecã em uma panela: Em uma frigideira de ferro, derreta um pouco de óleo de coco, que irá impedir que as nozes grudem. Adicione as nozes-pecã e diminua para o fogo médio. Use uma colher para mexer as nozes-pecã para garantir que elas sejam tostadas uniformemente.

Quando sentir um cheiro de nozes torradas significa que as nozes-pecã estão prontas.

Um punhado de nozes-pecã tostadas dão um ótimo lanche, ou podem ser adicionadas a saladas e outras receitas. Basta ter o cuidado de ficar de olho nelas enquanto você as tosta, pois elas podem ficar secas ou se queimar rapidamente.

Receitas Saudáveis de Noz-Pecã: Couve-de-bruxelas Assadas com Noz-pecã

Receitas Saudáveis de Noz-Pecã

Ingredientes:

  • 2 libras (0,90 gramas) de couve-de-bruxelas, aparadas e cortadas pela metade
  • 1 copo de nozes-pecã, picadas desigualmente
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 2 dentes de alho finamente picados
  • Sal kosher e pimenta-preta

Modo de Preparo:

  1. Aqueça o forno a 204 °C. Em uma assadeira grande, jogue as couves-de-bruxelas, as nozes-pecã, o azeite, o alho, 1/2 colher de chá de sal e 1/4 de colher de chá da pimenta. Vire as couves-de-bruxelas cortadas para baixo.
  2. Toste por cerca de 20 a 25 minutos, ou até que as couves-de-bruxelas estejam douradas e macias.

(Das Minhas Receitas)

Fatos Divertidos Sobre a Noz-Pecã

Sendo completamente americana em sua herança, a noz-pecã foi homenageada ao declararem abril como o Mês Nacional da Noz-Pecã. Especialmente amada pelos texanos - já que há mais de 70 milhões de árvores de nogueira-pecã selvagens lá - a nogueira-pecã foi designada oficialmente como a árvore do estado pela legislatura do Texas em 1919.

Resumo

Nativa das Américas, a noz-pecã oferece uma combinação única de atributos para a dieta diferentemente de qualquer outro alimento. Os minerais sozinhos são impressionantes: 245% da Ingestão Diária Recomendada por porção de manganês, bem como cobre, magnésio e zinco.

Muito rica em fibras que mantêm seu sistema digestivo bem regulado, a noz-pecã oferece um poder antioxidante extraordinário. Fitoquímicos como a vitamina E, betacarotenos, luteína e zeaxantina neutralizam os radicais livres e protegem o seu corpo de infecções e doenças, incluindo câncer.

Sendo uma deliciosa comida rica em proteínas, não é preciso muito para incorporar a noz-pecã à sua dieta. Deliciosa na casca, diretamente da árvore, ou já descascada para sua conveniência, a noz-pecã é uma adição maravilhosa a uma infinidade de pratos deliciosos e nutritivos.