Quer Parecer Mais Jovem? Tome Astaxantina Todos os Dias Durante 2 Semanas

prevenção de rugas

Resumo da matéria -

  • Existem mais de 700 carotenoides naturais, mas a maioria das pessoas conhece apenas alguns
  • A astaxantina saltou recentemente para o topo da lista por conta de sua condição como "supernutriente", tornando-se foco de um grande e crescente número de estudos científicos analisados por especialistas
  • Um dos benefícios promovidos pela astaxantina que despertou o interesse dos pesquisadores é sua capacidade de ajudar a proteger a pele do sol, reduzindo os sinais de envelhecimento
Tamanho da fonte:

Por Dr. Mercola

  • Protetor solar em pílula?
  • Prevenção de rugas, pele seca, manchas de idade e sardas?
  • Invertendo sinais visíveis de envelhecimento?

Se você acredita que algo capaz de realizar todas as opções acima é bom demais para ser verdade, você não está sozinho.

Mas, por acaso, existe um composto natural que estudos clínicos estão sugerindo realiza TODAS as opções acima - sem ter um preço elevado ou efeitos colaterais. Este é um pequeno milagre que seu cirurgião plástico não vai querer que você conheça.

É um carotenoide relativamente desconhecido chamado astaxantina, considerado atualmente o mais potente antioxidante que a natureza tem a oferecer.

Cientistas descobriram há muito tempo que uma classe de pigmentos naturais chamados carotenoides continha poderosas propriedades antioxidantes cruciais para a saúde.

Carotenoides são compostos que proporcionam aos alimentos suas cores vibrantes – do verde da grama ao vermelho das beterrabas, aos espetaculares amarelos e laranjas dos pimentões. Existem mais de 700 carotenoides que ocorrem naturalmente, mas a maioria das pessoas conhece apenas alguns. Neste momento, você provavelmente possui cerca de dez carotenoides diferentes circulando pela corrente sanguínea.

Como fonte de antioxidantes e vitamina A, carotenoides são críticos para o processo fotossintético e protegem uma planta ou organismo contra danos causados pela luz e pelo oxigênio. Ao consumir vegetais ou organismos que contenham esses pigmentos, você obtém um benefício protetor semelhante.

A astaxantina saltou recentemente para o topo da lista por conta de sua condição como "supernutriente", tornando-se foco de um grande e crescente número de estudos científicos analisados por especialistas.

Um dos benefícios da astaxantina que despertou o interesse dos pesquisadores é sua capacidade de ajudar a proteger a pele do sol, reduzindo os sinais de envelhecimento.

A Astaxantina é Superior a Todas as Outras

A astaxantina é produzida apenas pela microalga Haematococcus pluvialis quando seu suprimento de água seca, forçando-a a se proteger da radiação ultravioleta. É o mecanismo de sobrevivência das algas - a astaxantina serve como "campo de força" para proteger as algas da falta de nutrição e/ou da luz solar intensa.

Muitos carotenoides são facilmente obtidos através de uma boa alimentação rica em produtos orgânicos frescos. No entanto, este poderoso carotenoide é mais difícil de encontrar. Existem apenas duas fontes principais de astaxantina - as microalgas que a produzem e as criaturas marinhas que consomem as algas (como salmão, marisco e krill).

A astaxantina é a razão pela qual os salmões têm força e resistência para nadar por rios e cachoeiras por dias a fio - suas dietas são ricas nesse pigmento, que concentra-se em seus músculos e os torna um dos "reis da resistência" do reino animal.

Este pigmento é o carotenoide vermelho de ocorrência mais comum em animais marinhos e aquáticos e é o que dá aos salmões e aos flamingos cor-de-rosa sua característica cor rosa. A maioria das pessoas não percebe que os filhotes de flamingos nascem brancos e não ficam rosas ​​até receberem astaxantina, principalmente a partir do camarão e alga.

A astaxantina é muito mais poderosa que o beta-caroteno, alfa-tocoferol, licopeno e luteína, outros membros de sua família química. Ela demonstra uma atividade de eliminação de radicais livres MUITO FORTE e protege suas células, órgãos e tecidos do organismo contra danos oxidativos.

A exclusiva "artilharia antioxidante" da astaxantina fornece uma variedade impressionante de benefícios para a saúde, incluindo a melhoria da saúde cardiovascular, estabilizando o nível de açúcar no sangue, estimulando o sistema imunológico, combatendo o câncer, reduzindo a inflamação, melhorando a saúde dos olhos e melhorando suas habilidades atléticas.

O que Torna a Astaxantina Especial?

A astaxantina é de longe o mais poderoso antioxidante carotenoide quando se trata de eliminação de radicais livres — a astaxantina é 65 vezes mais potente que a vitamina C, 54 vezes mais potente que o beta-caroteno, e 14 vezes mais potente que a vitamina E.

A astaxantina é muito mais eficaz do que outros carotenoides no "arrefecimento do oxigênio simples," que é um tipo particular de oxidação. Os efeitos prejudiciais da luz solar e de vários materiais orgânicos são causados por essa forma menos estável de oxigênio. A astaxantina é 550 vezes mais potente que a vitamina E e 11 vezes mais potente que o beta-caroteno no oxigênio simples neutralizante.

A astaxantina atravessa a barreira hematoencefálica e a barreira hemato-retiniana (o betacaroteno e o licopeno não o fazem), que traz proteção antioxidante e anti-inflamatória para os olhos, cérebro e sistema nervoso central e reduz o risco de catarata, degeneração macular, cegueira, demência e doença de Alzheimer.

A astaxantina é solúvel em lipídios, por isso incorpora-se nas membranas celulares.

É um potente absorvedor de UVB e reduz o dano ao DNA.

É um poderoso anti-inflamatório natural.

E que tal mais algumas ótimas notícias? Não houve reações adversas em pessoas que consomem astaxantina.

A Queimadura Solar é Inflamação

Se você é fisicamente ativo, provavelmente passa bastante tempo ao sol. O sol oferece enormes benefícios para você em termos de vitamina D. Mas, o excesso dele pode prejudicá-lo (a).

Muitos atletas se queixam de sentir-se mal pela exposição excessiva ao sol após longos treinamentos realizados a céu aberto. No entanto, muitos relatam que a astaxantina permitiu que ficassem no sol por mais tempo, sem sentir-se mal e sem se queimarem. Menos queimaduras também significa menor risco de câncer de pele.

O Haematococcus pluvialis se protege da intensa radiação ultravioleta produzindo astaxantina como filtro solar natural. Quando você consome esse pigmento, está criando seu próprio "filtro solar interno". Em outras palavras, os mesmos antioxidantes poderosos que protegem as algas dos raios do sol também podem ajudar a protegê-lo (a).

Queimaduras solares são na verdade um processo inflamatório. Embora o caminho exato pelo qual a astaxantina protege a pele da queimadura ainda não seja conhecido, é quase certo que suas propriedades anti-inflamatórias estejam envolvidas.

Astaxantina Como Protetor Solar Interno

Além de diversos depoimentos e provas, estudos científicos substanciaram esses efeitos protetores da pele.

A Cyanotech Corporation financiou um estudo através de um laboratório independente de pesquisa de consumo para medir a resistência da pele à luz UVA e UVB, antes e depois da suplementação de astaxantina.

O resultado foi que em apenas três semanas tomando 4 mg por dia, os indivíduos mostraram um aumento significativo na quantidade de tempo necessário para que a radiação UV avermelhe a pele.

Ajuda na Prevenção de Danos de Colágeno, Rugas, Sardas e Manchas de Idade

Mas a astaxantina pode nem precisar ser ingerida para proteger você do sol. Em 2001, Arakane realizou um estudo com ratos sem pelos para investigar se a astaxantina oferecia ou não benefícios tópicos.

Os ratos foram expostos à radiação UVB por 18 semanas para simular uma pele envelhecida. Os ratos que tinham astaxantina aplicada à pele demonstraram redução de rugas quando comparados ao grupo de controle, assim como um colágeno mais jovem. De fato, o colágeno dos ratos que tomaram astaxantina parecia nunca ter sido exposto à radiação.

Os pesquisadores concluíram que a astaxantina "pode prevenir significativamente a degradação do colágeno induzida por UV, rugas, peroxidação lipídica, queimaduras solares, fototoxicidade e fotoalergia".

O mesmo estudo também concluiu que a astaxantina tópica pode atuar como "agente clareador da pele" eficaz, tendência tremendamente popular na Ásia. Identificou-se que a astaxantina é capaz de reduzir a melanina em 40 por cento, reduzindo muito sardas e manchas da idade.

Beleza que Vem de Dentro

Embora pareça que a astaxantina de fato oferece benefícios tópicos, seus maiores benefícios são colhidos ao se consumir astaxantina internamente.

Houve três estudos demonstrando que o consumo de astaxantina pode melhorar a aparência. Todos esses estudos combinam a astaxantina com outras substâncias, como ácidos graxos ômega-3 ou vitamina E, mas todos os três tiveram resultados positivos quando a astaxantina estava presente.

1. No Japão, um estudo foi realizado em 2002 pela Yamashita com mulheres de cerca de 40 anos que consumiram 2mg de astaxantina por dia durante quatro semanas. Os pesquisadores ficaram surpresos que, após apenas duas semanas, quase todos os aspectos da pele das mulheres melhoraram; após 4 semanas, houve ainda mais melhorias. [Yamashita, E. (2002). "Cosmetic Benefit of Dietary Supplements Containing Astaxanthin and Tocotrienol on Human Skin” [Benefício cosmético de suplementos dietéticos contendo astaxantina e tocotrienol sobre a pele humana]. Food Style. 21 6(6):112-17]

Os benefícios incluíram linhas menos finas, melhor hidratação, maior tom e elasticidade da pele, superfície mais lisa, menos sardas e menos inchaço sob os olhos.

2. Em 2003, um estudo canadense envolveu mulheres com idades entre 35 e 55 anos que consumiram astaxantina combinada com ácidos graxos ômega-3 e glicosaminoglicanos marinhos. Elas foram divididas em três grupos usando diferentes combinações desses agentes, todos mostrando melhorias nas áreas medidas.

Devido ao projeto do estudo, pesquisadores foram limitados nas conclusões a que puderam chegar, mas disseram que estava claro que a astaxantina oferece benefícios como suplemento interno de beleza.

3. O terceiro estudo foi realizado na Europa e foi semelhante ao estudo japonês discutido acima. No entanto, os indivíduos receberam 5mg por dia de astaxantina, juntamente com outros dois ingredientes. Os indivíduos tratados mostraram melhorias nas linhas finas, aumento na densidade da derme de até 78 por cento e melhora visível na aparência geral da pele.

Consumir Legumes Coloridos Pode Torná-lo (a) MAIS Atraente e Ajudá-lo (a) a Conseguir um Companheiro?

Um dos estudos mais interessantes até o momento foi liderado pelo Dr. Ian Stephen, da Universidade de Nottingham que investigou quais tons de pele eram considerados mais saudáveis e atraentes para os seres humanos. Ele descobriu que tons de pele vermelhos e amarelos o (a) tornam mais atraente.

Pessoas assumem tons mais vermelhos quando estão cheias de sangue, particularmente se o sangue tiver muito oxigênio, e do ponto de vista biológico/antropológico, isso sinaliza saúde e vitalidade.

Cientistas acreditavam que evoluímos selecionando parceiros em potencial cuja aparência indicava boa saúde. Segundo o coautor do estudo, Dr. David Perrett:

"Isso é algo que compartilhamos com muitas outras espécies. Por exemplo, os bicos e plumas amarelos brilhantes de muitos pássaros podem ser considerados anúncios que mostram o quão saudável é um pássaro macho. Além disso, as fêmeas dessas espécies preferem acasalar-se com machos mais brilhantes e mais coloridos. Mas este é o primeiro estudo em que isso foi demonstrado em humanos.

Juntos, nossos estudos relacionam a coloração do carotenoide da pele à percepção de uma saúde e alimentação saudáveis, estabelecendo a coloração carotenoide como maneira válida para a saúde humana que é perceptível de maneira relevante para a escolha do parceiro, como ocorre nas espécies de aves e peixes."

Com Aparência Mais Saudável do que um Bronzeado!!

E este é um de seus aspectos principais...

O Dr. Stephen concluiu que, dada a escolha entre a cor de uma pele bronzeada e a cor da pele causada pelos carotenoides, as pessoas preferiam a cor da pele do carotenoide.

Então, se você quer ser mais atraente fisicamente, certifique-se de usar uma fonte regular de astaxantina. Isso não apenas permitirá que você pareça mais saudável, mas também ajudará a protegê-lo (a) quando estiver se bronzeando e otimizando seus níveis de vitamina D.

Certifique-se de que sua Astaxantina é Natural de Algas Marinhas - NÃO Sintética

A astaxantina sintética (fabricada em laboratório) é agora comumente usada em todo o mundo para suplementar rações para peixes, a fim de obter a cor rosada a vermelho-alaranjada desejada. Você realmente deve evitar astaxantina sintética porque ela é feita a partir de produtos petroquímicos.

Algumas empresas de aquacultura estão começando a usar a astaxantina natural em vez de sintética, apesar de custar mais, porque é melhor para a saúde dos animais, e é muito superior para a pigmentação. Animais alimentados com alimento de peixe com astaxantina natural têm maiores taxas de sobrevivência, melhores taxas de crescimento, melhor imunidade, fertilidade e reprodução.

Infelizmente, a astaxantina sintética ainda domina a indústria mundial de salmão cultivado em viveiro.

Se o rótulo do salmão que você compra não for "selvagem" ou "naturalmente colorido", você provavelmente estará consumindo um agente corante um pouco mais próximo do óleo de motor do que do antioxidante. A astaxantina natural é mais de 20 vezes mais forte como antioxidante do que a astaxantina sintética.

O salmão selvagem é 400% mais rico em astaxantina que o salmão de criação, e 100% de seu pigmento é astaxantina natural, em vez de sintética. Além disso, o salmão selvagem possui níveis muito mais altos de ácidos graxos ômega-3 do que a versão cultivada. Mas mesmo se você for bem sucedido na compra de salmão selvagem genuíno, existe um problema em relação aos altos níveis de mercúrio e outras toxinas indesejadas, para não mencionar os preços exorbitantes.

Recomendações Finais

Se você decidir experimentar a astaxantina, recomendo começar com pelo menos 2 mg por dia. Eu tenho tomado 8 mg por dia este ano. O krill possui algumas astaxantinas, mas não o suficiente para fornecer benefícios completos.

+ Recursos e Referências