Banhos de Sauna Frequentes Podem Reduzir o Risco de Morte Relacionada a Problemas Cardíacos

Sauna

Resumo da matéria -

  • Pesquisas recentes concluíram que homens que usam a sauna sete vezes por semana reduzem pela metade o risco de morte por problemas cardíacos em comparação com aqueles que só a usam uma vez por semana
  • Saunas ajudam a desintoxicar, melhorar a circulação sanguínea e tendem a aliviar o estresse e a promover o relaxamento, todos elementos que podem ajudar a melhorar a sua saúde
  • Aclimatar-se ao calor independente da atividade física aeróbica através do uso da sauna também demonstrou melhorar a resistência ao exercício
Tamanho da fonte:

Por Dr. Mercola

Saunas possuem uma longa tradição de uso. Elas são comuns em muitos países do Leste Europeu, assim como na Ásia. Em alguns países, como a Finlândia, você pode encontrá-las em quase todos os lares.

Longe de ser apenas mais uma maneira de ficar completamente limpo, as saunas podem oferecer uma série de benefícios adicionais à saúde. De acordo com um estudo observacional realizado na Finlândia, aqueles que são frequentadores regulares de saunas são menos propensos a morrer por eventos relacionados a problemas cardíacos.

Embora a causa de tais benefícios possa não ter sido determinada neste estudo, podem existir vários mecanismos potenciais que podem proporcionar uma melhora significativa na saúde.

Para começar, as saunas ajudam-no (a) a desintoxicar-se e, no mundo poluído de hoje, isso pode ser realmente importante para a saúde. Ela também ajuda a melhorar a circulação sanguínea e tende a aliviar o estresse e a promover o relaxamento, todos elementos que podem ajudar a melhorar sua saúde.

Além disso, a terapia da sauna coloca seu coração e corpo sob um estresse semelhante aquele causado pela prática de exercícios, o que também pode explicar alguns dos benefícios aparentes.

O Uso Diário da Sauna Diminui o Risco de Morte Cardíaca

O estudo incluiu mais de 2.300 homens de meia-idade no leste da Finlândia, que foram acompanhados por cerca de duas décadas. A frequência de uso da sauna e o tempo gasto na sauna correlacionaram-se a um risco menor de eventos cardiovasculares letais.

O uso da sauna também foi associado a um risco reduzido de morte por qualquer causa, e quanto mais eles usaram a sauna, melhor. Os homens que usaram sauna sete vezes por semana reduziram o risco de morte por problemas cardíacos pela metade em comparação com aqueles que a usaram apenas uma vez por semana:

  • 10% das pessoas que usaram sauna apenas uma vez por semana sofreram morte súbita cardíaca durante o estudo
  • 8% dos que usaram sauna duas ou três vezes por semana morreram em eventos relacionados ao coração, e
  • Apenas 5% dos frequentadores diários de sauna sofreram um evento cardíaco letal

Esses resultados permaneceram estáveis mesmo quando fatores de confusão como tabagismo, pressão arterial, níveis de colesterol e triglicerídeos foram considerados. Em relação ao tempo, os maiores benefícios foram encontrados entre aqueles que suavam por 19 minutos ou mais a cada sessão. Conforme relatado pela Reuters:

“Cerca de 1.500 homens relataram usar sauna duas ou três vezes por semana, 600 disseram que usaram sauna uma vez por semana e 200 disseram que visitaram a sauna quatro a sete dias da semana. Apenas 12 homens relataram não usar a sauna.

A duração variou de dois a 90 minutos por vez e a temperatura variou entre 40 e 100 graus Celsius, ou 104 a 212 graus Fahrenheit, tradicionalmente em baixos níveis de umidade...

‘Houve uma relação inversa entre a sauna e o risco (de doença cardiovascular), o que significa que quanto mais, melhor", disse Laukkanen à Reuters...

Com base nesses resultados, parece que mais de quatro sessões de sauna por semana tiveram o menor risco, mas também aqueles que fizeram de duas a três sessões de sauna puderam obter alguns dos benefícios.”

Outros Benefícios Cardiovasculares Promovidos Pelo Estresse Térmico

O conceito de "condicionamento hipertérmico", ou "de acostumar-se ao calor independente da atividade física aeróbica através do uso da sauna", também pode melhorar a resistência ao exercício.

Isso é feito através da indução a adaptações a seu corpo que o ajudam a realizar atividades quando a temperatura do seu corpo está alta. Dito de outra maneira: à medida que seu corpo é submetido ao estresse calórico, ele gradualmente aclimata-se ao calor, provocando uma série de mudanças e adaptações benéficas.

Essas adaptações incluem um aumento do volume plasmático e do fluxo sanguíneo para o coração e músculos (o que aumenta a resistência atlética), juntamente com um aumento na massa muscular devido aos níveis mais elevados de proteínas causadas pelo choque térmico e hormônio de crescimento humano (HGH).

O uso da sauna combinado com exercícios físicos pode levar a aumentos sinérgicas ainda maiores do HGH, bem como do fator neurotrófico derivado do cérebro (BDNF), que podem estimular a geração de novas células cerebrais. Por esse motivo eu gosto de usar a sauna depois de praticar meus exercícios intervalados de alta intensidade.

Diferentes Tipos de Saunas

Atualmente existem três tipos básicos de saunas para escolher:

  1. Sauna finlandesa úmida, onde o vapor é criado lançando-se água em pedras quentes (o calor pode ser gerado pela queima de madeira ou eletricidade)
  2. Sauna finlandesa seca que usa aquecimento elétrico e, portanto, não utiliza água (esses fogões não são feitos para suportar água derramada sobre eles; isso pode resultar em um curto-circuito)
  3. Saunas de infravermelho

A diferença entre uma sauna de infravermelho e as tradicionais saunas estilo finlandês é que elas o (a) aquecem de fora para dentro, como um forno. A sauna de infravermelho aquece-o (a) de dentro para fora.

A Sauna de Infravermelho é uma Ótima Ferramenta de Desintoxicação

As saunas usadas no estudo em destaque foram as estilo finlandês tradicionais, que fornecem um calor seco (níveis de umidade temporariamente elevados são gerados na sauna úmida, adicionando água às rochas). Pesquisadores observam que não se sabe se suas descobertas podem ser aplicadas às saunas infravermelhas também. Dito isto, as saunas de infravermelho são conhecidas por sua capacidade em promover desintoxicação.

Ao aquecer seus tecidos a vários centímetros de profundidade, a sauna de infravermelho pode melhorar seus processos metabólicos naturais e sua circulação sanguínea. Ela também ajuda a oxigenar seus tecidos. Sua pele é um importante órgão de eliminação, mas muitas pessoas não suam regularmente, deixando assim de usufruir dos benefícios desse processo natural de desintoxicação. O uso repetido da sauna restaura lentamente a eliminação da pele, o que pode ajudar a reduzir significativamente sua carga tóxica.

As saunas também ajudam a matar os vírus e outros micróbios promotores de doenças do seu organismo. Como regra geral, vírus e células carregadas de toxinas são mais fracos que células normais e possuem pouca tolerância ao calor. Como resultado, aumentar a temperatura do corpo pode ajudar a curar infecções mais rapidamente.

Recomendações Gerais para Sauna

Apesar dos benefícios promovidos à saúde, a exposição do corpo a altas temperaturas deve ser feita com bom senso e cautela. Se você nunca esteve em uma sauna antes, comece ficando apenas alguns minutos. Tente ficar por um limite de quatro minutos, quando você começar.

Então, para cada sessão de sauna subsequente, adicione cerca de 30 segundos e aumente gradualmente até atingir de 15 a 30 minutos. A razão para isto é o fato de que o processo de desintoxicação pode, em alguns casos, ser severo, dependendo de sua carga tóxica. As recomendações gerais para a sauna são as seguintes:

  • Sauna de infravermelho: 160-180 graus Fahrenheit (71 – 82 Celsius), por 15-30 minutos
  • Sauna Regular (sauna Finlandesa úmida ou seca): 180-190 graus Fahrenheit (82 – 87 Celsius), por 10-20 minutos

Além disso, considere sempre as seguintes dicas de segurança:

Evite usar a sauna sozinho; sempre vá à sauna com um amigo

Sempre ouça o seu corpo ao decidir quanto estresse causado pelo calor você pode tolerar. Se você estiver doente ou sensível ao calor, diminua a temperatura, o tempo gasto na sauna ou ambos

Não use uma sauna se você tiver bebido álcool

Certifique-se de beber muita água pura antes e depois da sua sessão de sauna. Para substituir eletrólitos, adicione uma pitada de sal rosa do Himalaia, que é rico em microminerais naturais

Evite saunas durante a gravidez

Você deve descansar ficando sentado ou deitado por cerca de 10 minutos após a sessão

Uma Advertência com Relação a Saunas Elétricas

Embora algumas pessoas ainda prefiram saunas à lenha antigas, as versões elétricas mais modernas e as saunas de infravermelho são as mais comuns atualmente. Infelizmente, isso também desencadeou alguns problemas, nomeadamente, a alta radiação eletromagnética.

Muitas pessoas estão usando saunas para fazer desintoxicação, e seria claramente contraproducente usar um dispositivo que esteja ajudando um aspecto de sua saúde enquanto danifica outros. Na verdade, dependendo do estado específico de sua saúde, a desintoxicação em um ambiente de elevados CEM pode causar mais danos do que benefícios.

Eu já entrevistei Steve Benda, que é treinado em sistemas de energia e engenharia nuclear, sobre essa importante questão. Na verdade, Benda ajudou a desenvolver uma sauna infravermelha com baixo CEM, mais segura, o que desencadeou a criação de uma nova geração inteira de saunas blindadas.

Os campos eletromagnéticos (CEM) podem promover efeitos adversos à função celular e, idealmente, você deve evitar a exposição aos CEM o máximo possível, não apenas quando estiver sentado em uma sauna. Como explicado por Benda:

“Volts geram ou emitem campos elétricos. Nós medimos isso em volts por distância; é o que nosso medidor nos dirá. A outra parte dessa equação de força seria a parte eletromagnética, que ocorre quando uma partícula carregada move-se pelo fio, significando corrente (então você tem os volts e a corrente). Isso gera um campo magnético ao redor do fio, e esse campo magnético também transmitirá uma força sobre as mesmas partículas carregadas no seu corpo.”

As primeiras saunas elétricas, que remontam a quase 20 anos, usavam painéis cerâmicos para criar calor infravermelho. Mais tarde, elas começaram a usar carbono. Infelizmente, esse desenvolvimento realmente tornou as saunas menos seguras, porque os painéis de carbono da geração posterior emitem níveis muito altos de CEM. Você pode facilmente testar isso usando um medidor elétrico barato ou um medidor de CEM mais sofisticado como o Trifield.

Felizmente, existem atualmente tecnologias patenteadas que efetivamente eliminam os campos elétricos na sauna, e peço que você considere um desses modelos se estiver pensando em adicionar uma sauna à sua casa.

Banhos de Sauna Podem Ser um Excelente Complemento a um Estilo de Vida Saudável

É praticamente impossível evitar a exposição a metais pesados ​​e produtos químicos tóxicos atualmente. O uso da sauna, em especial saunas de infravermelho, pode ser um método muito útil para desintoxicar seu organismo regularmente. A energia seca e quente criada pelas saunas de infravermelho são altamente compatíveis com o corpo humano. Aquecer os tecidos a vários centímetros de profundidade ajuda a melhorar os processos metabólicos e facilitar a cicatrização.

Lembre-se de que praticamente todos esses benefícios podem ser efetivamente cancelados se sua sauna estiver emitindo CEMs muito elevados, então, por favor, reserve um tempo para avaliar sua sauna, e certifique-se de comprar uma versão com baixo CEM se comprar uma nova.

Lembre-se também de que as saunas funcionam melhor quando integradas a um programa abrangente de estilo de vida saudável, que inclui o consumo de uma dieta saudável - idealmente orgânica e / ou cultivada localmente sem pesticidas - e evite exposições tóxicas. Por último, mas não menos importante, se você estiver com dificuldade para dormir, usar a sauna pouco antes da hora de dormir pode ser extremamente benéfico, já que ela tende a deixar você sonolento e facilita o ato de adormecer rapidamente.