Óleo de Hortelã: Óleo Potente com o Poder do Mentol

efeitos colaterais do óleo de hortelã

Resumo da matéria -

  • O óleo de hortelã é frequentemente usado na aromaterapia, ou seja, aplicação de óleos essenciais para dar apoio à saúde
  • Estudos realizados concluíram que a aromaterapia é eficaz no alívio da ansiedade, da dor e do vômito, além de melhorar a memória. Foi demonstrado que o aroma do óleo de hortelã é capaz de melhorar a memória e aumentar o estado de alerta
Tamanho da fonte:

A história mostra uma ampla gama de aplicações para a hortelã como óleo essencial, que tem sido usado há mais de 200 anos tanto na Roma antiga como no Egito. Várias culturas usaram este óleo não só por sua fragrância mentolada, mas também para simbolizar a hospitalidade. O óleo de hortelã também é um óleo popular na medicina devido a seus benefícios terapêuticos.

O que é o Óleo de Hortelã?

O óleo de hortelã é um derivado das folhas da planta de hortelã ou mentha pipertita, híbrido da hortelã-da-água e plantas de hortelã, e M. arvensis var. piperascens, planta da família Labiatae. O óleo essencial é usado frequentemente como medicamento caseiro para problemas de estômago, dores musculares e dores de cabeça. Além de estar disponível na sua forma de líquido, o óleo de hortelã pode ser encontrado em forma de cápsula suplementar.

Aplicações e Benefícios Promovidos Pelo Óleo de Hortelã

O óleo de hortelã é frequentemente usado na aromaterapia, ou seja, aplicação de óleos essenciais para dar apoio à saúde. Estudos concluíram que a aromaterapia é eficaz no alívio da ansiedade, dor e vômito, além de melhorar a memória. Foi demonstrado que o aroma do óleo de hortelã é capaz de melhorar a memória e aumentar o estado de alerta.

De acordo com as conclusões, o óleo de hortelã exibe propriedades antivirais, antimicrobianas, antifúngicas, antioxidantes, analgésicas, radioprotetoras e antiedemas.

Abaixo estão outras aplicações comuns para o óleo de hortelã:

Alívio para Problemas de Estômago — O óleo de hortelã é uma alternativa segura e eficaz a medicamentos como Buscopan na redução de espasmos colônicos. Ele ajuda a aliviar a dor abdominal, permitindo que o gás passe facilmente. O óleo de hortelã também fornece alívio para indigestão e dores de estômago.

Pesquisa realizada também mostrou que o óleo de hortelã é eficaz na melhoria dos sintomas da síndrome do intestino irritável (SII). Outra pesquisa mostrou que o óleo ajudou a reduzir a pontuação total da síndrome do intestino irritável em 50 por cento em 75 por cento dos participantes.

A hortelã contém grandes concentrações de mentol e é duas vezes mais potente na forma de óleo essencial, diminuindo o espasmo do músculo liso e bloqueando os canais de cálcio no intestino.

Benefícios Respiratórios — O óleo de hortelã pode ser usado como expectorante e descongestionante. Pode ajudar a limpar o catarro do trato respiratório quando usado em massagem feita no peito ou inalado através de vaporizador.

O óleo essencial também pode fornecer benefícios para indivíduos com tuberculose. Pesquisadores concluíram que, quando inalado, o óleo pode ajudar a diminuir a inflamação induzida pela tuberculose e evitar que o distúrbio se agrave ou se repita.

O óleo de hortelã também pode funcionar contra asma, pois contém ácido rosmarínico, que ajuda a conter produtos químicos causadores de inflamação que podem causar essa doença.

Alívio da Dor — A hortelã é benéfica no tratamento da dor. Pode ser usado para aliviar músculos doloridos quando usado em massagem ou adicionado à água do banho. Aspergir algumas gotas no pulso ou inalar o aroma pode reduzir a dor de cabeça. Semelhante à sua aplicação em músculos doloridos, ele pode ser massageado em suas têmporas.

Efeito Positivo Sobre Tratamentos Relacionados ao Câncer — O óleo de hortelã pode ajudar a lidar com a náusea induzida pela quimioterapia. Também pode ajudar a tratar ondas de calor em mulheres que recebem tratamento para câncer de mama.

Ajuda a Aliviar Infecções Causadas por Herpes — Concluiu-se que o óleo de hortelã promove efeito benéfico sobre o vírus da herpes simplex, que é resistente a medicamentos, quando aplicado topicamente. Devido à sua natureza lipofílica, o óleo de hortelã é capaz de passar pela pele, tornando-o potencialmente útil contra infecções recorrentes por herpes.

Usar óleo de hortelã em erupções causadas pela herpes-zóster também ajuda a aliviar a dor induzida pela doença.

Saúde do Cabelo e Pele — A mistura de óleo de hortelã em óleos de massagem, xampus, sabonetes líquidos e loções confere a esses produtos propriedades antissépticas e antimicrobianas, ajudando a refrescar a pele e a eliminar a caspa ou piolhos do couro cabeludo. Ele também pode melhorar o aspecto do cabelo crespo e pode contribuir para o crescimento do cabelo.

O óleo de hortelã pode ajudar na secreção de óleo na pele, evitando assim a acne. Ele também pode curar lábios rachados, e é por isso que muitas vezes é ingrediente em protetores labiais.

Saúde Dental — Demonstrou-se que o extrato de óleo de hortelã é mais eficaz do que a clorexidina química para enxaguante bucal na prevenção do desenvolvimento de biofilme que contribui para cáries. Ele também pode prevenir o mau hálito. Para usar, basta adicionar uma a duas gotas à sua pasta de dentes.

Conforto para Problemas de Estresse e do Sistema Nervoso — Devido a seus efeitos energizantes, o óleo de hortelã é usado para ajudar a controlar o estresse e tratar distúrbios nervosos e fadiga mental. Estudos sugerem que o óleo essencial pode promover efeito similar ao dos psicoestimulantes, como demonstrado em um estudo envolvendo ratos.

Além desses benefícios promovidos à saúde, o óleo de hortelã também pode ser usado como repelente natural de insetos. A sensação de resfriamento proporcionada pela hortelã também pode ajudar a aliviar a coceira causada por insetos, bloqueando a sensação.

Composição do Óleo de Hortelã

Estudos sobre óleo essencial de hortelã concluíram que dois de seus principais componentes são o mentol e a mentona, que são a razão pela qual o óleo de hortelã é amplamente usado como ingrediente em pastilhas, cremes dentais, bálsamos e fricções. Outros constituintes encontrados no óleo são acetato de mentila, 1,8-cineol, limoneno, beta-pineno e beta-cariofileno.

Como Produzir Óleo de Hortelã Infundido

Existem várias maneiras de produzir sua própria infusão de óleo de hortelã em casa. Aqui está uma receita que você pode experimentar:

Você precisará de:

  • Folhas de hortelã frescas — Você pode encontrá-las em supermercados ou em mercados de alimentos saudáveis. Você também pode cultivar a sua própria, pois a planta de hortelã é fácil de cultivar e você pode ter certeza de que a planta não foi misturada com nenhum aditivo químico.
  • Um frasco de vidro com tampa hermética
  • Óleo base — Isso irá infundir o óleo base com a essência da hortelã. Você pode usar azeite de oliva para esse propósito.

Procedimento:

  1. Lave as folhas de hortelã e esmague-as ou pique-as. Isso liberará seu óleo natural.
  2. Coloque-as no frasco e despeje o óleo base. Certifique-se de que o óleo cubra as folhas completamente. Em seguida, feche bem o jarro e aguarde 24 horas.
  3. Em seguida, coe o óleo e adicione mais folhas de hortelã picadas e o óleo base e em seguida, volte a vedar.
  4. Repita este processo por cinco dias.
  5. Retire as folhas de hortelã durante a preparação e despeje o óleo em outro recipiente. Guarde em um local fresco.

Como Funciona o Óleo de Hortelã?

Embora seja tentador comprar produtos com óleo de hortelã, usá-lo em seu estado mais puro produzirá resultados mais positivos. No entanto, ele nunca deve ser usado na sua forma não diluída, o que pode causar irritações na pele, especialmente em pessoas com pele sensível. Primeiro ele deve ser diluído e só deve ser usado se um profissional qualificado estiver presente.

O óleo de hortelã é sensível a danos causados pela luz e pelo calor e só deve ser armazenado em locais frescos e escuros em garrafas hermeticamente fechadas. Também é importante mantê-lo longe de outros óleos, suplementos e medicamentos, porque eles podem afetar sua composição. Por exemplo, o óleo de hortelã pode atrapalhar a velocidade com que o organismo processa o medicamento ciclosporina. Isso faz com que mais medicamentos permaneçam na corrente sanguínea.

O Óleo de Hortelã é Seguro?

O óleo de hortelã é seguro em pequenas quantidades para a maioria dos adultos, mas pode desencadear efeitos colaterais em pessoas com sensibilidade. É importante que os seguintes indivíduos evitem o uso deste óleo essencial ou o usem somente após consultar um profissional de saúde:

Mulheres grávidas e lactantes — Foi identificado que a hortelã diminui a produção de leite e deve ser usada com parcimônia no final da gravidez.

Bebês e crianças menores de 7 anos — Não deve ser usado na sua forma não diluída devido à toxicidade do produto.

Diabéticos — Um estudo afirma que o uso de óleo de hortelã pode aumentar o risco de redução do nível de açúcar no sangue ou hipoglicemia.

Aqueles com doença do refluxo gastroesofágico (DRGE) e hérnia de hiato — A hortelã pode relaxar o esfíncter entre o estômago e o esôfago, fazendo com que o ácido suba até o esôfago.

Aqueles com problemas de vesícula biliar — O óleo de hortelã pode causar inflamação da vesícula biliar, portanto, pessoas diagnosticadas com cálculos biliares devem consultar um médico antes de usar o óleo de hortelã.

Aqueles que tomam antiácidos — Esses medicamentos redutores de ácido podem causar a fácil decomposição do óleo de hortelã na sua forma de cápsula, aumentando o risco de azia.

Efeitos Colaterais do Óleo de Hortelã

Evite usar óleo de hortelã diariamente como estimulante, pois isso pode interferir no sono. Relatórios demonstraram que overdose de óleo de hortelã pode causar os seguintes sintomas:

Evite usar o óleo de hortelã como estimulante diariamente, pois ele pode interferir no sono.

Erupções cutâneas

Respiração lenta ou rápida

Dor abdominal e diarreia

Vômito e náusea

Problemas urinários

Convulsões

Depressão

Inconsciência

Embora este óleo possa oferecer benefícios profundos, recomendo falar com um médico antes de usá-lo para benefícios terapêuticos.