Óleo da Casca de Cássia: Por Que é Tão Valioso na Medicina Tradicional Chinesa

óleo da casca de cássia

Resumo da matéria -

  • O óleo da casca de cássia é um dos muitos óleos essenciais que vale a pena você ter em seu armário de medicamentos, devido às suas propriedades curativas já documentadas
  • Seus primos, o óleo de folhas de canela e óleo de casca de canela, podem ter um cheiro mais doce, mas isso não significa que o óleo da casca de cássia seja inferior quando se trata de benefícios para a saúde
Tamanho da fonte:

O Que é o Óleo da Casca De Cássia?

O óleo da casca de Cássia é derivado da planta Cinnamomum cassia, da família Lauraceae. É frequentemente comparado ao óleo de casca de canela e ao óleo de folhas de canela, ambos extraídos da mesma espécie de planta.

Também conhecida como a canela da China, por ser nativa deste país, a cássia é uma árvore esbelta e perene que cresce até 20 metros de altura. Tem folhas espessas, pequenas e semelhantes a couro, e flores imaculadamente brancas.

O óleo da casca de cássia é amplamente disponível e fornecido na China e nos Estados Unidos, onde é destilado. É um líquido marrom-escuro com um forte odor quente e resinoso e um suave aspecto balsâmico. Os taninos da casca conferem ao óleo essencial uma cor escura, caso tenham sido utilizados alambiques de cobre. O óleo da casca de Cássia retificado, por outro lado, tem uma cor amarelada.

Usos do Óleo da Casca de Cássia

Embora a casca de cássia raramente seja adicionada a produtos de perfumaria por causa de sua cor escura, ela é comumente usada como agente aromatizante em alimentos, bebidas e preparações farmacêuticas, assim como a canela.

Como uma preparação à base de plantas, a casca de cássia pode ser usada para ajudar a melhorar problemas digestivos, como flatulência, cólicas, má digestão e diarréia. O óleo de casca de cássia, por outro lado, foi considerado benéfico para ajudar a tratar febres, resfriados, gripes e calafrios quando usado em terapia com vapor.

Composição do Óleo de Casca de Cássia

Os principais componentes químicos do óleo de casca de cássia são aldeído cinâmico, acetato de cinamila, benzaldeído, linalol e chavicol. Semelhante ao óleo de casca de canela e ao óleo de folhas de canela, o cinamaldeído é também um dos principais constituintes do óleo de casca de cássia.

Benefícios do Óleo de Casca de Cássia

Tradicionalmente, a casca de cássia é amplamente utilizada na fitoterapia chinesa, particularmente em distúrbios vasculares. Diz-se que o óleo de casca de cássia, no entanto, é eficaz na melhora dos distúrbios cardiovasculares, digestivos, geniturinários, circulatórios e do sistema imunológico. Também é conhecido por produzir efeitos notáveis em:

Ajudar a tratar náuseas e vômitos

Baixar a temperatura do corpo em febres

Melhorar a circulação do sangue

Aliviar infecções virais

Ajudar na cura da diarréia

Tornar mais branda a depressão

Aliviar as dores nas articulações

Combater infecções microbianas no corpo

Fortalecer as gengivas, raízes do cabelo e músculos

Como Fazer o Óleo da Casca de Cássia

O óleo da casca de cássia é produzido através do processo de destilação a vapor ou por água. Este óleo essencial é geralmente extraído das folhas, cascas, galhos e caules da perene e fina árvore de cássia.

Produzido em larga escala na China e nos Estados Unidos, o óleo de casca de cássia é frequentemente adulterado, o que resulta em altos níveis de toxicidade.

Para garantir que você somente adquira o óleo da casca de cássia com a mais alta qualidade possível, recomendo fortemente que compre somente de fabricantes confiáveis e de boa reputação, os quais produzem seus óleos apenas a partir de ingredientes orgânicos saudáveis e utilizando práticas seguras.

Como o Óleo da Casca de Cássia Funciona?

O óleo da casca de cássia é um dos muitos óleos essenciais que vale a pena você adicionar em seu armário de medicamentos, devido às suas propriedades curativas já documentadas.

Funciona bem como um febrífugo (reduz a febre), antiemético (ajuda a parar de vomitar), carminativo (diminui a geração de gases ou flatulência) e agente antiartrítico. As aplicações sugeridas para óleo da casca de cássia incluem:

  • Antisséptico — Dilua o óleo da casca de cássia em um óleo leve e aplique uma pequena quantidade nos pontos de reflexo dos pés.
  • Antidiarreico — Para diarréia e outros problemas digestivos, dilua e massageie o óleo essencial nos pontos de reflexo dos pés e sobre o abdômen.
  • Antifúngico — Aplique uma pequena quantidade do óleo da casca de cássia diluído na área afetada pelo menos uma ou duas vezes ao dia.
  • Antiviral — Para resfriados e gripes, espalhe o óleo essencial pelo cômodo.

O Óleo da Casca de Cássia é Seguro?

O óleo da casca de cássia pode ser um potencial irritante da pele e um sensibilizador dérmico. O óleo da casca de cássia definitivamente não é seguro para ser utilizado em bebês e crianças pequenas, dada à natureza extremamente delicada de suas peles jovens.

Devido ao seu valor de 100% de sensibilização, desaconselho fortemente as aplicações tópicas do óleo da casca de cássia puro. Você pode diluí-lo em um óleo neutro suave, em baixas concentrações, para reduzir sua força.

No entanto, eu digo que o melhor a fazer é procurar a ajuda de um especialista em aromaterapia antes de fazer qualquer aplicação, de forma a evitar incidentes indesejados.

Além disso, o óleo da casca de cássia também possui potentes propriedades emenagogas (estimula o fluxo sanguíneo) e antigalactagogas (impede ou diminui a secreção de leite), e é por isso que eu não aconselho mulheres grávidas ou lactantes a utilizar qualquer forma deste composto.

Efeitos Colaterais do Óleo da Casca de Cássia

Embora possa haver recomendações para usar óleo da casca de cássia em aromaterapia ou terapias com utilização de vapor, eu gostaria de alertá-lo que a inalação excessiva deste óleo essencial quente pode provocar insônia, debilidade ou depressão em alguns indivíduos.

Eu recomendo que você procure um especialista médico antes de incorporar o óleo da casca de cássia, ou qualquer óleo de ervas, em sua rotina de saúde e bem-estar.