Para Que Serve o Coco?

Tamanho da fonte:

Coco

Nome botânico: Cocos nucifera

coco

Enquanto o coco é o pilar fundamental na dieta de um terço do planeta, é considerado exótico no mundo Ocidental. Especialistas descrevem o coco não somente como um fruto, mas também como uma noz e uma semente – uma drupa. Ele possui três camadas: a camada externa é conhecida como exocarpo e a casca fibrosa ou mesocarpo está dentro dele.

A camada fina e lenhosa em volta da polpa do coco é o endocarpo. Desde que o Homem habita o mundo, existem os coqueiros. O coco tem sido usado não somente para produzir fibra, combustível e até mesmo instrumentos musicais, mas também como tradicional remédio dos povos Asiáticos e do Pacífico.

Por séculos o coco tem sido considerado um potente curador de náusea, erupções cutâneas, febre, dor de ouvido, inflamação de garganta, bronquite, pedra nos rins, úlceras, asma, sífilis, hidropisia, dor de dente, hematomas e piolho.

E esta é apenas uma lista curta. Enquanto o leite de coco é uma maravilhosa base para todos os tipos de pratos Tailandeses, o óleo de coco tem sido usado de forma cada vez mais acentuada nos Estados Unidos por seus benefícios nutricionais.

Benefícios do Coco para a Saúde

A medicina moderna também considera o coco nutricionalmente benéfico porque:

  1. Ele é carregado de eletrólitos naturalmente estéreis, o que alimenta as funções musculares e o pH
  2. Ele é rico em fibras, que faz com que você sinta-se satisfeito (a) por mais tempo e ajuda a regular a eliminação
  3. Ele é rico em ácido láurico, que é convertido em monolaurina. A monolaurina é o composto encontrado no leite materno que fortalece a imunidade do bebê, e uma vasta gama de pesquisas foi realizada para estabelecer a habilidade do ácido láurico em aumentar a imunidade. Este ácido graxo de cadeia média (AGCM) realmente evita que as membranas lipídicas danifiquem organismos.
  4. Ele oferece altos níveis de manganês, potássio e fósforo.

Tabela Nutricional do Coco

Porção: 100 g, polpa, cru
  Qtde. por
porção
% Valor
diário*
Calorias 345  
Calorias da Gordura 280  
Gordura Total 33 g 52%
Gordura saturada 30 g 148%
Gordura trans    
Colesterol 0 mg 0%
Sódio 20 mg 1%
Carboidrato total 15 g 5%
Fibra dietética 9 g 36%
Açúcar 6 g  
Proteína 3 g  
Vitamina A0% Vitamina C 5%
Cálcio1% Ferro 13%

*Valores Diários de Referência com base em uma dieta de 2000 calorias. Seus valores diários podem ser mais altos ou mais baixos dependendo de suas necessidades energéticas.

Estudos Realizados com o Coco

As gorduras e os óleos no coco são, como os derivados de outras fontes, formados por moléculas chamadas ácidos graxos. Existem duas formas de classificar os ácidos graxos: uma envolve saturação, ou seja, gorduras monoinsaturadas e poliinsaturadas. A outra é baseada no tamanho da molécula ou no comprimento da cadeia de carbono.

Cada ácido graxo consiste em longas cadeias de átomos de carbono ligados a átomos de hidrogênio – ácidos graxos de cadeia curta (AGCC), ácidos graxos de cadeia média (AGCM) e ácidos graxos de cadeia longa (AGCL).

O óleo de coco é composto predominantemente de ácidos graxos de cadeia média (AGCM) ou triglicerídeos de cadeia média (TCM). Quase 98% das gorduras e óleos de nossa dieta são compostos por AGCL.

Isto é significante porque os efeitos fisiológicos dos AGCM no óleo de coco, que contêm poderosas propriedades antibacterianas e antivirais, são diferentes dos efeitos dos AGCL, que possuem efeito negativo sobre os níveis de colesterol. Isso é raro e é a razão pela qual o óleo de coco é tão procurado.

Seus benefícios à saúde são tão difíceis de superar quanto de explicar!

Com base nessas informações, um estudo realizado que comparava uma dieta à base de triglicerídeos de cadeia média (TCM) com uma dieta à base de triglicerídeos de cadeia longa (TCL) mostrou resultados significantes e positivos em pacientes infectados pelo vírus HIV que sofriam de diarreia crônica, dificuldade em absorver nutrientes e subsequente perda de peso.

Receitas Saudáveis com Coco: Sopa de Coco Tailandesa

receitas saudáveis com coco

Ingredientes:

  • 1½ xícara de água
  • 2 xícaras de água de coco (veja nota abaixo)
  • 2 xícaras de polpa de coco verde
  • 1 xícara de tomate-cereja fresco
  • ½ abacate maduro
  • 1 dente de alho
  • 1 pitada de gengibre fresco
  • 2 colheres de sopa de missô branco
  • 1 colher de sopa de óleo de semente de linho
  • ½ colher de chá de sal marinho
  • 2 colheres de sopa de nama shoyu* ou molho de soja tamari sem trigo
  • 2 limões
  • 1/8 colher de chá de pimenta-caiena
  • 1 xícara de coentro
  • 1/3 xícara de cebolinha-branca picada
  • 1 talo de capim-limão, cortado em 2 pedaços
  • 1 cenoura, fatiada bem fininha

Modo de Fazer:

  1. Misture todos os ingredientes em um misturador de alta velocidade, com exceção dos quatro últimos. Adicione o coentro e misture rapidamente de forma que você ainda consiga enxergar pequenos pedaços de coentro.
  2. Coloque em uma tigela e mexa com os três últimos ingredientes.

Esta receita rende quatro porções.

Nota: Você pode obter a água de coco e a polpa de coco quebrando cocos verdes jovens (vendidos em lojas convencionais de especiarias e nos mercados Asiáticos). Se você não conseguir encontrar cocos jovens, você pode usar água de coco enlatada ou engarrafada e polpa de coco enlatada ou três xícaras de leite de coco enlatado.

*Nama shoyu é uma mistura de shoyu cru (molho de soja) e pode ser encontrado em lojas de alimentos nutricionais.

(Fonte: Receitas Saudáveis para seu Tipo Nutricional por Dr. Mercola)

Fatos Divertidos sobre o Coco

"Coco," significa “cara de macaco”, e foi o nome dado a este alimento tropical pelos exploradores Espanhóis por causa das três reentrâncias no fundo dele. Porém, estas reentrâncias são a chave para abrir o coco com sucesso. Insira uma chave de fenda no buraco mais macio para drenar o líquido em uma tigela e, então, use uma faca rígida para contornar a junta do coco algumas vezes.

Dê uma “martelada” acentuada na superfície dura para quebrá-lo em duas partes. Voilà!

Resumo

Tão antigo quanto o amanhecer do dia, o Homem tem feito uso da carcaça dura, do leite e do óleo do coco, os quais, hoje em dia, possuem conhecidos benefícios à saúde que os cientistas ainda estão explorando, tais como ácidos graxos ômega-6, fitosteróis, eletrólitos e manganês.

Um dos aspectos mais importantes do coco é o significado de seus ácidos graxos de cadeia média para a dieta humana. O bom é que, em vez de ser apenas um alimento rico em gordura que se acreditava ser, o coco é um potente nutriente e curador.