Taurina: fatos sobre esse importante aminoácido

Fatos verificados
Benefícios da taurina

Resumo da matéria -

  • A taurina é encontrada de maneira natural em seu organismo. É um aminoácido "condicional", o que significa que seu organismo é capaz de produzi-lo
  • A taurina é boa para você, sobretudo se tiver bons níveis da mesma em seu organismo. Na verdade, tem uma importante função em muitos dos aspectos relacionado a uma boa saúde, como a saúde do coração, função cognitiva, visão, audição, entre outros

Por Dr. Mercola

Um tipo de aminoácido, para ser mais específico, um ácido 2-aminoetanossulfónico, taurina ou l-taurina, é uma substância química, considerada um fator importante na construção da proteína. É o aminoácido mais abundante no organismo, sendo encontrado em grandes quantidades no cérebro, coração, retina e plaquetas sanguíneas. Esse aminoácido possui diversas funções no organismo, tais como: auxiliar na movimentação de minerais como cálcio, potássio, magnésio e sódio, tanto para dentro, quanto para fora das células.

Então, do que é feita a taurina, como ela surgiu? Ao contrário do que muitos pensam, a taurina, que leva o nome da palavra latina para boi ou touro, "taurus", não é extraída da urina ou do sêmen desse animal. Em vez disso, foi descoberta pela primeira vez na bile de touros, assim surgiu o nome.

A taurina é encontrada de maneira natural em seu organismo. É um aminoácido "condicional", o que significa que seu organismo é capaz de produzi-lo. Isso entra em contraste com os aminoácidos essenciais, que não são produzidos no organismo e devem ser adquiridos através de dieta. Na verdade, a taurina é feita de dois outros aminoácidos, a metionina e cisteína.

Como o seu organismo utiliza a taurina

A taurina é boa para você, sobretudo se tiver bons níveis da mesma em seu organismo. Na verdade, tem uma importante função em muitos dos aspectos relacionado a uma boa saúde, como a saúde do coração, função cognitiva, visão, audição, entre outros. Aqui estão algumas de suas principais funções que atuam no organismo:

  • Auxilia a manter a hidratação adequada e o equilíbrio eletrolítico em suas células
  • Ajuda a regular minerais como o cálcio em suas células
  • Essencial na formação de sais biliares, sendo esses necessários para a digestão
  • Ajuda no funcionamento geral do sistema nervoso central, além de ser eficaz contra degeneração macular
  • Regula a saúde do seu sistema imunológico e a função antioxidante

Caso esteja saudável, seu organismo pode produzir taurina o suficiente para atender às suas necessidades diárias. No entanto, existem casos em que o organismo de uma determinada pessoa não produz ou não pode produzir suficiente quantidade de taurina devido a certas razões.

Por que algumas pessoas possuem pouca quantidade de taurina no organismo?

Existem diversos fatores que podem provocar baixos níveis de taurina no organismo. Por exemplo, pessoas que fazem uma dieta vegetariana ou vegana podem não conseguir esse aminoácido em quantidades ideais para seu organismo. Algumas doenças, como diabetes, câncer e insuficiência hepática, renal ou cardíaca também podem provocar baixos níveis de taurina no organismo. Outros fatores que podem afetar a deficiência de taurina podem ser:

  • Baixos níveis de cisteína e metionina, bem como uma enzima chamada descarboxilase cisteinsulfínica
  • Tendo baixos níveis de vitamina A, zinco e piridoxal-5-fosfato, que é uma forma ativa de vitamina B6
  • Consumo excessivo de alimentos contendo glutamato monossódico (MSG), o qual pode degradar a taurina
  • Infecções por Candida (Candidíase). Essa condição produz um aminoácido chamado beta-alanina, que possui uma função parecida com a da taurina, atuando na reabsorção no rim. Isso faz com que a taurina seja expelida pela urina

O envelhecimento também pode ser considerado um fator, pois a produção de taurina pode reduzir conforme a idade aumenta. Caso esteja na terceira idade ou se atende a qualquer um dos critérios mencionados acima, pode ter tendência à deficiência de taurina.

Fique por dentro desses sintomas relacionados a deficiência de taurina

O porquê da deficiência de taurina ser difícil de identificar, é pelo fato de seus sintomas serem bastante semelhantes aos de outros distúrbios. Alguns sinais potenciais de deficiência desses aminoácidos:

  • Problemas relacionados a vista — Você necessita de quantidades adequadas de taurina, para o bom funcionamento da retina.
  • Hipertensão — Na verdade, a taurina possui um papel importante na saúde dos vasos sanguíneos e do coração.
  • Problemas relacionados a resistência e recuperação após os treinos — A taurina é essencial para melhorar o desempenho e a resistência.
  • Depressão e ansiedade — Esse aminoácido possui um papel na função cognitiva, portanto, ter níveis baixos pode levar a sintomas depressivos e ansiosos.
  • Ganho de peso — Na verdade, ajuda o corpo a metabolizar a gordura, para ser usada como fonte de energia.

Caso esteja com algum desses sintomas, considere otimizar os níveis de taurina no seu organismo. Uma modo de fazer isso é sobrecarregar os alimentos ricos nesse aminoácido. As melhores fontes dietéticas de taurina são os alimentos ricos em proteínas. Ovos caipiras, leite natural, peixes (salmão selvagem do Alasca, sardinhas e anchovas são suas melhores fontes), carnes e outros frutos do mar que não contém mercúrio são exemplos de alimentos ricos em taurina.

Cinco benefícios da Taurina

Os benefícios para a saúde da taurina são de longo alcance. Aqui estão algumas das vantagens potenciais que se pode obter com esse aminoácido:

  • Melhor saúde do coração — Foi descoberto que a taurina ajuda a reduzir a inflamação e o espessamento arterial. Estudos também encontraram uma ligação entre elevados níveis de taurina e reduzidos níveis de colesterol ruim e pressão arterial, bem como baixas taxas de mortalidade.
  • Beneficia a vista — Existe uma grande concentração de taurina nos olhos, portanto, níveis baixos da mesma podem resulta em uma doença nos olhos ou na vista. Aumentando a ingestão de taurina, você pode obter benefícios para sua vista.
  • Pode ser benéfico para diabetes — Esse aminoácido pode ajudar a melhorar o controle do açúcar no sangue nas pessoas que possuem diabetes. Também existem pesquisas dizendo que aumentando a quantidade pode até reduzir os níveis de açúcar no sangue e a resistência à insulina.
  • Alivia a ansiedade e o estresse — A taurina pode se ligar aos receptores GABA encontrados no cérebro, essenciais para controlar e acalmar o sistema nervoso central.
  • Pode prevenir a perda de audição — um estudo descobriu que a taurina ajudou a eliminar zumbidos nos ouvidos dos participantes (ruídos), que tem sido relacionado à perda auditiva.

Talvez um dos benefícios mais conhecidos da taurina seja sua suposta capacidade na melhora do desempenho atlético, uma das razões pelas quais os fabricantes estão adicionando isso em seus produtos.

O que dizem os estudos a respeito dos benefícios para o desempenho em exercícios provindos pela taurina?

Suplementos de taurina têm sido associados ao condicionamento físico, e existem estudos que apoiam as alegações de que podem beneficiar o desempenho atlético e de treino.

Um estudo publicado na revista Amino Acids, onde foi examinado 11 homens com idades entre 18 e 20 anos, descobriu que ingerir um suplemento de taurina durante 7 dias antes do treino aumentou o VO2max (a capacidade do corpo de transportar e usar oxigênio) e períodos de treinamento mais longos antes de sentir exaustão. Os pesquisadores japoneses que conduziram o estudo, acreditam que foram as propriedades antioxidantes e de proteção celular da taurina que ajudaram a fornecer esses benefícios.

A capacidade da taurina em ajudar na redução de danos musculares também foi observada. Em outro estudo, foi descoberto que os participantes que consumiram taurina antes de um treino de levantamento de peso que causava danos aos músculos, reduziram a dor e os marcadores de dano muscular, em comparação com aqueles que receberam um placebo.

Esse aminoácido pode ser benéfico para pessoas que desejam obter um controle no peso. Ciclistas que consumiram suplementos contendo 1,66 gramas de taurina, obtiveram um aumento de 16% na queima de gordura, o que pode ajudar na perda de peso.

Potenciais efeitos colaterais da suplementação de taurina

Para indivíduos saudáveis, a taurina é de modo geral segura de usar, desde que ingerida dentro da dosagem recomendada. No entanto, você deve ser cuidadoso ao ingerir taurina se estiver sofrendo de algum tipo de problema de saúde e / ou se estiver tomando algum medicamento.

Existe um relato de um fisiculturista que sofreu danos cerebrais após consumir cerca de 14 gramas de taurina com esteroides anabolizantes e insulina, no entanto, não se sabe ao certo se o efeito foi causado pela taurina ou por outras drogas ingeridas. Também não existem dados suficientes sobre a ingestão de taurina durante a gravidez ou amamentação, portanto, consulte seu médico antes de consumir esse ou qualquer tipo de suplemento.

Embora fazer o consumo de um suplemento de taurina possa parecer uma solução prática, lembre-se de que existem opções alimentares de taurina nas quais você pode confiar, portanto, seu primeiro objetivo quanto a isso deve ser otimizar de maneira natural os seus níveis da mesma através de mudanças na dieta. Lembre-se de que não existe suplemento no mundo que possa substituir uma dieta saudável e bem balanceada.