20 Dicas por 20 Anos

vinte

Resumo da matéria -

  • Após lançar um site de compartilhamento dos últimos avanços naturais com relação à saúde em 1997, Mercola.com tem compartilhado informações online durante 20 anos
  • Fizemos parceria com organizações chave para ajudar na educação do público com relação a questões de saúde e até mesmo defender iniciativas que melhorarão a saúde pública e o meio ambiente enquanto o(a) ajuda a controlar sua saúde naturalmente
  • Meu objetivo, 20 anos atrás, era fornecer a você as informações naturais mais recentes e os recursos disponíveis sobre saúde; ajudá-lo(a) a manter, melhorar e/ou recuperar sua saúde ainda é o que me motiva hoje em dia
Tamanho da fonte:

Por Dr. Mercola

Para comemorar 20 anos oferecendo as informações mais recentes sobre saúde, aqui estão 20 dicas para ajudá-lo(a) em sua jornada.

Os temas são abrangentes, portanto, mesmo que você não seja capaz de realizar todos eles neste momento, começar com alguns deles já será suficiente para aprimorar sua saúde geral e a sensação de bem-estar.

O Que Fazer Mais ou Obter Mais para Aprimorar a Saúde

1. Durma oito horas todas as noites.

Você ouve isso desde que era criança, porém estas oito horas de sono são um negócio sério. Acredite se quiser, ter um sono adequado pode torná-lo mais inteligente, mais magro(a) e mais feliz; ele o(a) ajuda a assimilar e lidar com os prós e contras da vida e processar informações em diversos níveis.

Você acaba consumindo mais calorias quando não consegue dormir direito. Sua memória sofre e o risco de desenvolvimento de depressão aumenta porque o cérebro não teve tempo suficiente para processar o que é importante ou não.

O risco de desenvolver ansiedade aumenta e, com ela, os mecanismos de sobrevivência que geralmente envolvem alimentos. Até mesmo o sistema imunológico é atingido. Proteja suas horas de sono como você protege sua conta bancária. Você ficará mais rico fazendo isso.

2. Adquira quantidade adequada de vitamina D e ômega-3, e faça exames para detectar seus níveis.

A deficiência destes dois nutrientes essenciais está causando danos incalculáveis na saúde de milhões de americanos.

Na verdade, 85 % dos americanos não adquirem quantidade suficiente de “D” para poder lutar contra a perda óssea, o declínio cognitivo, a artrite reumatóide e o crescimento celular anormal, que são apenas algumas das funções da vitamina D. Para saber de quanto você necessita, faça um exame para saber como está seu nível e certifique-se de mantê-lo entre 40 e 60 ng/ml durante o ano todo.

Exposição regular ao sol é a melhor fonte de vitamina D, porém um suplemento pode igualmente ser necessário para algumas pessoas. O ômega-3 é um ácido graxo poli-insaturado (PUFA), necessário para se manter uma digestão saudável, para a coagulação do sangue, memória, para o fortalecimento dos músculos, para a visão, para a saúde cardíaca e muito mais.

A deficiência implica em declínio cognitivo e pode ser um fator em 100.000 mortes prematuras todos os anos. O Exame de Índice de Ômega-3 pode ajudá-lo a determinar o nível (idealmente deve ficar acima de 8%) e está disponível em vários laboratórios. Existem excelentes fontes de ômega-3 provenientes de animais, a saber: salmão pescado na forma selvagem no Alasca, sardinhas, anchovas e óleo de krill.

3. Movimente-se.

A permanência na posição sentada é um grande hábito da vida moderna. Na verdade, a média nacional de adultos com pouca ou nenhuma atividade física além do trabalho é de 22,6 por cento de acordo com a United Health Foundation (Fundação Unida para Saúde).

Mais de 10.000 estudos atestam o fato de que permanecer sentado é um grande fator de risco não somente para o desenvolvimento de doenças, mas também para morte prematura.

Caminhar por somente uma hora todos os dias, o equivalente a 1,6 km, o(a) ajudará muito a aprimorar sua saúde. Você ganhará mais resistência, mais energia e ainda mais confiança, além de cortar o risco de desenvolvimento de diversos tipos de doenças. O ideal é visar dar 10.000 passos por dia e cortar o tempo de permanência sentado(a) para três horas ou menos diariamente.

4. Produza seu próprio alimento.

A melhor forma de garantir o consumo de alimentos realmente saudáveis, como vegetais, ervas e sementes, é produzi-los você mesmo(a).

Você ficará surpreso(a) em saber o quanto é fácil começar com sementes orgânicas de tomate, beterraba ou alface para sua própria produção de alimentos. Além de ser muito gratificante, você não precisa se preocupar com produtos geneticamente modificados (GMO) conservados com pesticidas perigosos.

5. Exponha-se ao sol por tempo suficiente.

Humanos produzem milhares de unidades de vitamina D em poucos minutos de exposição total à luz solar, porém, infelizmente, trabalhando das 9h às 17h, as pessoas ficam muito tempo em ambientes internos.

A exposição regular ao sol é importante não somente para produção adequada de vitamina D, mas muito mais, incluindo melhora do sistema imunológico, regulagem do ritmo circadiano, redução da pressão arterial, melhora do humor e até mesmo redução do risco de desenvolvimento de vários tipos de câncer, incluindo o câncer de pele.

A exposição segura ao sol  é possível entendendo seu tipo de pele, a força dos raios UV no momento da exposição e a duração da exposição. Evite sempre queimar-se, porém certifique-se de passar tempo suficiente com a pele nua exposta regularmente.

O Que Consumir Mais para Aprimorar a Saúde

6. Consuma mais fibra.

Pode não fazer sentido até que você pense sobre o assunto, porém quando o alimento que você consome permanece em seu sistema (chamado cólon) por muito tempo, ele começa a acumular toxinas que podem potencialmente acabar causando câncer de cólon. Os alimentos que você consome promovem nutrientes necessários para a saúde do corpo, porém eles precisam passar pelo organismo e ser eliminados.

É aqui que as fibras, especialmente as provenientes de vegetais, castanhas e sementes, tais como semente de linhaça e de chia – não de grãos – são úteis. A fibra “lubrifica” as paredes intestinais para acelerar o movimento.

Beber bastante água igualmente ajuda no processo. A fibra não é somente benéfica para a redução do risco de desenvolvimento de câncer, mas igualmente reduz o risco de desenvolvimento de doenças crônicas, como o diabetes e doenças cardíacas. É boa até mesmo para a função pulmonar. Qual é a quantidade necessária de fibra?

Acredito que seja em torno de 50 gramas para cada 1000 calorias consumidas.

7. Consuma mais peixe.

Como você deve saber, proteínas são essenciais para a saúde. Você precisa consumir apenas entre 10 e 35 por cento de seu consumo calórico diário em proteínas. Substituir alguma porção de carne que você consome por peixe é uma forma excelente de adquirir quantidade adequada de proteína sem exagero, o que pode ser pior do que a deficiência.

Salmão pescado de forma selvagem, sardinhas, anchovas e arenque são peixes de água fria que oferecem gorduras saudáveis, incluindo ômega-3, e não contêm altos níveis de poluentes. Certifique-se de que o peixe que você consome seja pescado de forma selvagem, não criado em fazendas, tenha baixo conteúdo de mercúrio e outros poluentes e que seja pescado de forma responsável.

Caso opte por um suplemento, o óleo de krill oferece vários dos mesmos benefícios do peixe, e até mais benefícios do que o óleo de peixe.

8. Troque por produtos provenientes de animais criados no pasto com certificação.

Isto serve tanto para leite e manteiga, quanto também para carne, portanto quando você comprar estes produtos você saberá que, conforme estudos indicam, você estará consumindo minerais e antioxidantes essenciais ideais, assim como uma composição de ácidos graxos.

Alimentos orgânicos provenientes de animais alimentados no pasto são igualmente livres de antibióticos e outros medicamentos usados em operações de alimentação de animais em confinamento (CAFOs).

Doenças resistentes a antibióticos tornaram-se o principal perigo para a saúde pública, portanto comprar carne orgânica é algo que você deveria levar em consideração.

9. Produza alimentos fermentados.

Alimentos fermentados fornecem micróbios benéficos ao organismo, neutralizam inflamações e controlam o crescimento de bactérias causadoras de doenças. Tudo que você precisa é de um ou dois frascos Mason para começar.

Seu intestino abriga em torno de 85 por cento do sistema imunológico, principalmente porque 100 trilhões de bactérias benéficas e patogênicas vivem ali e desempenham importantes papéis nas funções do organismo.

Quando o trato gastrointestinal não está equilibrado adequadamente, uma ampla gama de problemas de saúde pode aparecer, incluindo alergias e doenças autoimunes. Aqui segue um tutorial para que você dê início à sua jornada de melhoria da saúde intestinal.

10. Produza brotos.

Se você nunca ouviu falar sobre os incríveis benefícios do consumo de broto de brócolis, feijão ou girassol para a saúde, pode ser útil saber que, comparando-se com as vitaminas e antioxidantes encontrados nos vegetais integrais, a micro versão (ou seja, o broto) é semelhante aos vegetais em esteroides.

A semente de girassol e o broto de ervilha são quase 30 vezes mais nutritivos do que os vegetais orgânicos.

O melhor de tudo é que produzir o seu próprio broto é muito fácil, rápido e rentável e não requer muito espaço. Para obter instruções que o(a) ajudarão a dar início à divertida e nutritiva jornada, leia o artigo produção de brotos para iniciantes.

O Que Evitar ou Reduzir para Aprimorar a Saúde

11. Evite lectinas.

Lectinas são proteínas ligadas a carboidratos encontradas em diversos alimentos de origem vegetal, tais como trigo e outros grãos, feijões e leguminosas similares, e ervas-moura como tomates e pimentões. Muitas são pró-inflamatórias e neurotóxicas e podem aumentar a viscosidade sanguínea, interferir na expressão genética e interromper o funcionamento endócrino. Por isso, feijões desidratados devem ser cuidadosamente cozidos e nunca consumidos crus. A germinação e a fermentação igualmente reduzirão dramaticamente o conteúdo de lectina dos alimentos.

12. Evite fluoretos.

Nos EUA, 57 por cento dos jovens com idades entre 6 e 19 anos sofrem com fluorose dental, condição na qual o esmalte do dente fica progressivamente descolorido e manchado devido à superexposição à água potável fluoretada. A fluorose dental é um sinal visível de que o fluoreto está danificando o organismo.

Um químico prudente afirmou que a fluoretação da água era equivalente ao “assassinato público” ocorrido em 1937, infelizmente confirmado com o forte aumento de mortes por câncer causadas pelo fluoreto, logo depois que a prática começou.

Escolha creme dental não fluoretado e considere um filtro de água que remova o fluoreto. Os três tipos de filtro capazes de remover o fluoreto são: osmose reversa, deionizadores (que usam resinas de troca iônica) e alumina ativada.

13. Evite microondas, especialmente para recipientes de plástico.

Dependendo do tipo de produto que você está usando, seu plástico pode conter ftalatos, um tipo de produto químico que faz com que machos de várias espécies tornem-se afeminados, além de outros problemas.

Colocar alimento dentro de recipientes de plástico em forno de microondas coloca o alimento em contato com ftalatos e outros produtos químicos que se soltam do material durante o processo de aquecimento.

Em vez disso, use recipientes de vidro e cubra o alimento com uma folha de papel toalha, filtro de café ou tampa de vidro colocada de forma que permita a liberação do vapor. Melhor ainda, pare de usar o forno microondas de uma vez.

O forno microondas aquece o alimento fazendo com que moléculas de água contidas nele atinjam frequências muito altas e, finalmente transformam-se em vapor, que é o que aquece o alimento. Enquanto isso rapidamente aquece o alimento, igualmente causa alteração na estrutura química do alimento e destrói vários de seus nutrientes.

14. Limite o consumo de proteína.

A proteína é essencial para a saúde porque ajuda a construir músculos, mantém as células saudáveis e regula o metabolismo, mencionando somente algumas de suas funções, e é por isso que ela é chamada de “construtora de blocos de vida”.

As pessoas cujo consumo de proteína é de 20 por cento ou mais sobre seu consumo calórico total, possuem taxa de câncer 400 por cento maior e risco de mortalidade 75 por cento maior. A proteína é importante, porém seu equilíbrio é igualmente importante.

15. Reduza os EMFs.

Não há dúvida sobre isso: a exposição aos EMFs, ou campos eletromagnéticos, é um fato se você usa telefone celular. Um estudo realizado mostrou que as pessoas que conectaram-se a maior parte do tempo a partir de telefones celulares estavam duas vezes mais propensas a desenvolver glioma se comparadas a pessoas que os usavam o menos possível.

Debilidade de aprendizado, metabolismo cerebral alterado e dano ao DNA são alguns dos resultados escabrosos.

Reduza sua exposição a todos os eletrônicos sempre que possível, porém tome cuidado particular com o telefone celular, telefones portáteis, roteadores Wi-Fi e modems. Você pode reduzir a exposição desligando o Wi-Fi à noite, mantendo o telefone celular no modo avião, a menos que o esteja usando, usando um telefone com viva-voz e usando um pau de selfie ao falar ao celular.

Coisas Que Devem Ser Eliminadas para Aprimorar a Saúde

16. Livre-se da nicotina para sempre.

Você provavelmente já sabe que fumar causa câncer e outras formas de nicotina e alcatrão são igualmente bastante perigosas. Mas você sabia que ela é um dos fatores para o desenvolvimento de Alzheimer? Na verdade, um estudo realizado mostrou que fumantes têm risco 45 por cento maior de desenvolvimento de demência que não fumantes. Mostre este estudo a seus filhos e netos.

17. Livre-se de panelas antiaderentes.

Eis o porquê: substâncias poli e perfluoroalquilas (PFAS), usadas para criar estas superfícies, são tóxicas tanto para o organismo quanto para o meio ambiente.

Você deve ter notado pedaços que saem da panela quando você está mexendo o alimento e percebeu que eles estão indo para o organismo de alguém, e que gases tóxicos, mesmo que você não possa sentir seu cheiro, também. Substitua-as por vasilhas, panelas e frigideiras de cerâmica ou de ferro fundido para cozinhar.

18. Considere livrar-se de obturações de mercúrio.

Porém, você deve primeiro considerar o que obturações de mercúrio podem estar causando à sua saúde. As obturações de amálgama colocadas por dentistas nos EUA contêm 50 por cento de mercúrio, os vapores delas passam por membranas celulares, através da barreira hematoencefálica e seguem para o sistema nervoso central.

Estudos realizados mostram que elas causam sérios problemas psicológicos, neurológicos e imunológicos. Você pode ter as obturações de mercúrio removidas por um dentista biológico.

19. Pare de beber refrigerante.

Diversas pessoas estão tendo progresso em direção ao um estilo de vida mais saudável, porém uma das coisas mais inteligentes que você pode fazer, caso ainda não o tenha feito, é abandonar o refrigerante. Existe uma conexão entre o consumo de refrigerante e obesidade, assim como danos ao fígado, doenças cardíacas, diabetes e osteoporose.

Trocar por água pode ser a decisão mais inteligente que você poderia tomar. O quer que você faça, não comece a tomar refrigerante diet, pois ele é ainda pior. Ele está associado a AVC, demência, depressão e transtornos neurológicos devido ao conteúdo de aspartame e ele pode fazer você ganhar peso, em vez de perder.

Informe-se sobre o que você realmente está colocando em seu organismo. Você não tem ideia de quanto irá se sentir melhor.

20. Evite açúcar.

Evidências sugerem que o excesso de açúcar é a principal causa do desenvolvimento de diabetes, obesidade e da maioria das doenças crônicas degenerativas, incluindo Alzheimer e Parkinson, e não apenas um fator agravante.

Você pode reduzir os riscos de morte prematura simplesmente limitando o consumo dele. Uma vez que você conhece os perigos do açúcar, você finalmente irá se sentir mais motivado(a) a eliminá-lo de sua dieta.

Pode ser difícil no começo, porém uma vez que você cortar açúcares adicionais e outros carboidratos líquidos (carboidrato total menos fibra), o que permitirá que seu corpo comece a queimar gordura como combustível primário novamente, a ânsia pelo açúcar desaparecerá e você não terá mais dificuldade em abster-se do consumo de junk foods. Pesquise sobre a stevia como alternativa.