Alimentos que Combatem o Resfriado

Frutas Resfriado Comum

Resumo da matéria -

  • Como os resfriados são de natureza viral, os antibióticos são completamente inúteis e devem ser evitados, a menos que seu médico diagnostique uma infecção bacteriana secundária grave
  • A vitamina C é conhecida por seus benefícios contra doenças infecciosas. As frutas kiwi são excepcionalmente ricas em vitamina C e pesquisas sugerem que os kiwis podem ajudar a reduzir a duração e a gravidade das infecções do trato respiratório superior
Tamanho da fonte:

Por Dr. Mercola

O resfriado é a doença infecciosa mais comum nos EUA e em muitas outras regiões do mundo.

Os sintomas do resfriado são desencadeados por centenas de vírus diferentes - não bactérias - e a infecção geralmente é disseminada através do contato mão a mão entre pessoas, ou ao tocar objetos que abrigam os agentes patogênicos.

Como os resfriados são de natureza viral, os antibióticos são completamente inúteis e devem ser evitados, a menos que seu médico diagnostique uma infecção bacteriana secundária grave. Usar antibióticos quando nenhum patógeno bacteriano está presente simplesmente contribui para o problema da doença resistente aos antibióticos.

A chave para se prevenir contra os resfriados e recuperar-se rapidamente deles é manter um sistema imunológico forte, que inclui: otimizar sua dieta, evitar açúcar, otimizar seu nível de vitamina D, dormir e fazer exercícios suficientes, controlar seu estresse e praticar uma boa técnica de lavagem de mãos.

Apenas estar exposto a um vírus de resfriado não significa que você automaticamente terá um resfriado. Se o seu sistema imunológico estiver operando no seu máximo, seu corpo será capaz de combater o vírus sem ficar doente, mesmo que esteja exposto a ele.

Uma série de alimentos, ervas e suplementos podem ser particularmente úteis para promover uma função imunológica forte, o que é o foco deste artigo.

Melhore a sua Função Imunológica com Alimentos Ricos em Vitamina C

Alguns especialistas em saúde, como o Dr. Ronald Hunninghake, acreditam que a vitamina C é um dos nutrientes dos quais você precisa sempre que algo o afligir, seja um resfriado ou câncer. A vitamina C é mais conhecida por seus benefícios contra doenças infecciosas.

Um exemplo perfeito do poder de cura desta vitamina antioxidante é o caso dramático de Allan Smith, que contraiu um caso grave de gripe A, e recuperou-se de estar à beira da morte usando uma combinação de IV e vitamina C oral.

Pesquisas publicadas na Cochrane Database of Systematic Reviews em 2013 descobriram que fazer uma suplementação regular com vitamina C teve um “efeito modesto, mas consistente, na redução da duração dos sintomas do resfriado”.

Os atletas de resistência que tomam suplementos de vitamina C também reduziram pela metade o risco de resfriado comum.

Os frutos do kiwi são excepcionalmente ricos em vitamina C, juntamente com vitamina E, folato, polifenóis e carotenoides, e pesquisas publicadas no British Journal of Nutrition descobriram que uma dieta com bastante kiwi reduz a duração e a gravidade dos sintomas das infecções do trato respiratório superior em indivíduos idosos.

Outros alimentos ricos em vitamina C incluem: frutas cítricas, pimentões vermelhos, brócolis, couve-de-bruxelas, abóbora, papaia, batata doce e tomate.

A Deficiência de Vitamina D Aumenta seu Risco de Contrair um Resfriado

A vitamina D é outro nutriente que tende a desempenhar um papel na maioria das doenças, especialmente nas infecciosas. É um agente antimicrobiano potente, produzindo 200 a 300 peptídeos antimicrobianos diferentes no seu corpo que matam bactérias, vírus e fungos.

Estar com níveis insuficientes de vitamina D irá prejudicar de modo significativo sua resposta imunológica e irá tornar-lhe muito mais suscetível a contrair resfriados, gripes e outras infecções respiratórias.

A pesquisa é bastante clara acerca deste ponto: quanto maior for seu nível de vitamina D, menor será o seu risco de contrair resfriados, gripes e outras infecções do trato respiratório.

No maior e mais representativo estudo nacional desse tipo, que envolveu cerca de 19 mil estadunidenses, aqueles com os menores níveis de vitamina D relataram ter significativamente mais resfriados ou casos de gripe.

Pelo menos cinco estudos adicionais também demonstraram uma associação inversa entre infecções do trato respiratório inferior e níveis de vitamina D.

A melhor fonte de vitamina D é a exposição direta ao sol (UVB). Se nenhuma luz solar natural ou artificial é uma opção, é recomendável usar um suplemento oral com vitamina D3. Apenas lembre-se de que você também precisa aumentar sua vitamina K2 ao tomar altas doses de vitamina D3.

Com base na pesquisa mais recente da GrassrootsHealth, a dose média necessária para um adulto atingir os níveis de vitamina D de cerca de 40 ng/ml é de cerca de 8000 UI de vitamina D3 por dia. Para crianças, muitos especialistas concordam que precisa ser de cerca de 35 UI de vitamina D por libra do peso corporal.

No entanto, estas são orientações muito generalizadas. A única maneira de determinar a dose ideal é fazendo um exame de sangue. Idealmente você deve manter um nível de vitamina D de 50 a 70 ng/ml por ano.

A Canja de Galinha Realmente é um Remédio Válido Contra o Resfriado

Uma má função imunológica tende a ser enraizada em uma mistura desequilibrada de micro-organismos no seu sistema digestivo, graças a uma dieta inadequada e desequilibrada muito elevada em açúcares e muito pobre em gorduras saudáveis e bactérias benéficas.

O caldo de osso caseiro é um remédio valioso, pois é facilmente digerível e contém muitos nutrientes valiosos que ajudam a curar o revestimento de seus intestinos. Isso inclui:

  • Minerais facilmente absorvíveis, incluindo magnésio, fósforo, silício, enxofre e sais minerais
  • Sulfatos de condroitina, glucosamina e outros compostos extraídos da cartilagem fervida, que ajudam a reduzir a dor nas articulações e a inflamação
  • Aminoácidos como glicina, prolina e arginina - todos os quais possuem efeitos anti-inflamatórios

A arginina, por exemplo, revelou-se particularmente benéfica para o tratamento da sepse (inflamação do corpo inteiro). A glicina também possui efeitos calmantes, o que pode ajudá-lo a dormir melhor.

A canja de galinha feita com caldo de osso caseiro é excelente para acelerar a cicatrização e na recuperação da doença. Você, sem dúvida, ouviu o velho ditado de que uma canja de galinha ajuda a curar o resfriado, e há apoio científico para tal afirmação. Um estudo publicado há mais de uma década descobriu que a canja de galinha realmente possui qualidades medicinais, mitigando significativamente a infecção.

Além dos benefícios anti-inflamatórios do caldo de osso, o de galinha contém um aminoácido natural chamado cisteína, que pode diluir o muco nos seus pulmões e torná-lo menos pegajoso para que você possa expeli-lo com mais facilidade. Tenha em mente que as sopas processadas e enlatadas não funcionarão tão bem quanto a versão caseira feita de caldo de osso cozinhado lentamente.

Se estiver lutando contra um resfriado, tome a canja quente e bem picante com muita pimenta. Estes temperos irão provocar a liberação repentina de líquidos aquosos na boca, garganta e pulmões, o que ajudará a diminuir o muco respiratório tornando-o fácil de ser expelido. A pimenta preta também contém grandes quantidades de piperina, um composto com propriedades de redução da febre e alívio da dor.

Outros Alimentos que Ajudam a Fortalecer a Função Imunológica

Manter uma dieta e estilo de vida saudáveis ao longo do ano é a solução em longo prazo para passar incólume pela temporada de resfriado e gripe. Instruções detalhadas que ajudarão a definir o caminho certo podem ser encontradas no meu plano otimizado de nutrição e estilo de vida, que é focado em alimentos de verdade.

Algo importante é que se você sentir que está ficando resfriado ou com gripe, EVITE qualquer açúcar, grãos, adoçantes artificiais ou alimentos processados. O açúcar é particularmente prejudicial para o seu sistema imunológico - que precisa ser reforçado, não suprimido, a fim de combater uma infecção emergente.

Outros alimentos além dos mencionados acima que podem ajudar a fortalecer sua resposta imune incluem os seguintes:

Alimentos fermentados ajudam a “repovoar” seu intestino com bactérias benéficas (exemplos incluem kefir cru, kimchee, miso, picles e chucrute).

Óleo de coco contém ácido láurico que seu corpo converte em monolaurina, um monoglicerídeo com a capacidade de destruir vírus revestidos com lipídios, incluindo gripe, HIV, herpes e sarampo, bem como bactérias gram-negativas.

Ovos orgânicos crus de galinhas alimentadas com pasto.

O vinagre de cidra de maçã tem propriedades antibacterianas, antifúngicas, antivirais e anti-inflamatórias. Também pode ajudar a melhorar a sua função imunológica aumentando a alcalinidade em seu corpo.

A carne bovina orgânica de animais alimentados com grama é rica em vitaminas A e E, ácidos graxos ômega-3, betacaroteno, zinco e CLA. CLA (ácido linoleico conjugado, um ácido graxo), um potenciador imunológico, é de três a cinco vezes maior em animais alimentados com pastagem do que em animais alimentados com grãos.

O alho é um potente agente antibacteriano, antiviral e antifúngico. Idealmente consuma-o cru e esmague-o antes de comer. Um artigo anterior do PreventDisease.com fornece instruções para uma sopa de alho que pode ajudar a destruir a maioria dos vírus e ajudá-lo a recuperar-se um pouco mais rápido.

O leite orgânico cru, de animais alimentados com grama contém bactérias e gorduras benéficas que melhoram seu sistema imunológico. É também uma boa fonte de vitamina A e zinco. É melhor evitar os produtos lácteos pasteurizados, pois eles podem na verdade, promover problemas respiratórios como resfriados recorrentes, congestão e bronquite.

Legumes orgânicos. Os legumes de folhas escuras, como couves, espinafres, couves e acelgas, contêm poderosos antioxidantes, flavonoides, carotenoides e vitamina C, todos os quais ajudam a proteger contra infecções. Idealmente, opte por legumes orgânicos cultivados localmente que estão dentro da estação, e considere comer uma quantidade razoável deles crus. Fazer sucos com eles é uma excelente maneira de colocar mais legumes na sua dieta.

Ervas e Suplementos que Melhoram o Sistema Imunológico

Aos primeiros sinais de um resfriado, você também pode melhorar a sua função imunológica tomando um suplemento ou extrato. Os seguintes são exemplos de ervas e suplementos melhoradores imunológicos que podem ser úteis:

Zinco: Pesquisas sobre o zinco demonstraram que, quando tomado no primeiro dia dos primeiros sintomas, o zinco pode diminuir o tempo do resfriado em cerca de 24 horas. Também descobriu-se que o zinco reduz significativamente a gravidade dos sintomas. Dosagem sugerida: até 50 mg/dia. O zinco não foi recomendado para qualquer pessoa com uma doença subjacente, como baixa função imunológica, asma ou doença crônica.

Curcumina, o pigmento que dá ao açafrão a sua cor amarelo-alaranjada, é conhecida por suas potentes propriedades anti-inflamatórias.

Extrato de folha de oliveira: Os antigos egípcios e culturas mediterrâneas usaram o extrato para uma variedade de usos que melhoram a saúde e é amplamente conhecido como um fortalecedor do sistema imunológico natural e não tóxico.

Própolis: Uma resina de abelha e um dos compostos antimicrobianos de maior espectro do mundo; o própolis também é a fonte mais rica de ácido cafeico e apigenina, dois compostos muito importantes que ajudam na resposta imunológica.

Óleo de orégano: Quanto maior for a concentração de carvacrol, mais eficaz ele será. O carvacrol é o agente antimicrobiano mais ativo no óleo de orégano.

Cogumelos medicinais, como o shiitake, reishi, e o trametes versicolor tem propriedades anti-inflamatórias, antibacterianas e antivirais.

Um chá feito com uma mistura de sabugueiro, mil-folhas, ageratina, tília, hortelã e gengibre; beba quente e muitas vezes para combater um resfriado ou gripe. Essa bebida fará você suar, o que é útil para erradicar um vírus do seu organismo.

Echinacea é um dos medicamentos à base de plantas mais utilizados na Europa para combater resfriados e infecções. Uma analise de mais de 700 estudos descobriu que o uso de Echinacea pode reduzir seu risco de pegar um resfriado em até 58%.

Extrato de sabugueiro: Rico em vitamina C e uma ampla variedade de flavonoides valiosos, incluindo antocianinas e quercetina, o sabugueiro é tradicionalmente usado como tônico para aumentar a imunidade. Também é amplamente conhecido por melhorar a saúde do pulmão e do trato bronquial.

Baga de Sabugueiro: Em um estudo, o xarope de baga de sabugueiro reduziu a gravidade dos sintomas da gripe e reduziu sua duração em cerca de quatro dias. O extrato de sabugueiro é também conhecido por induzir transpiração e ajuda a aliviar a congestão.

Outro Truque para Vencer um Resfriado: Peróxido de Hidrogênio

De um modo geral, a menos que você tenha uma complicação como a pneumonia, cuidados médicos não são necessários para tratar o resfriado comum. Definitivamente evite os antibióticos, pois não funcionam contra infecções virais. O descanso e prestar atenção à sua dieta - particularmente a recomendação de evitar açúcar e os conselhos de cozinhar um monte de canja de galinha caseiro em vez disso –irá ajudá-lo a recuperar-se o mais rápido possível.

Se você cumprir essas recomendações em longo prazo, isso irá reduzir significativamente suas chances de pegar outra gripe no futuro.

Eu não aconselho medicamentos de venda livre para tratar o resfriado, mas um tratamento simples que você pode tentar, que é surpreendentemente eficaz contra infecções respiratórias superiores, é o peróxido de hidrogênio.

Enquanto eu clinicava, muitos pacientes no meu Centro de Saúde Natural relataram curar resfriados e gripes dentro de 12 a 14 horas simplesmente administrando algumas gotas de 3 por cento de peróxido de hidrogênio (H2O2) em cada orelha. Uma garrafa de peróxido de hidrogênio em solução de 3 por cento está disponível em qualquer farmácia por alguns dólares ou menos.

Você vai ouvir um leve borbulhamento, que é completamente normal e, possivelmente, sentir uma leve sensação de picada. Aguarde até que as borbulhas e picadas diminuam (geralmente leva de 5 a 10 minutos), então drene o conteúdo em um tecido e repita com a outra orelha.