O CrossFit é Seguro?

CrossFit

Resumo da matéria -

  • O CrossFit é um intenso programa de força e condicionamento envolvendo intervalos de exercícios aeróbicos, exercícios de peso corporal, ginástica e levantamento de peso olímpico, que mudam constantemente e de forma desafiadora
  • Estudos demonstraram que de 20 a 75% dos participantes de CrossFit sofrem lesões durante o treinamento. As lesões mais comuns envolvem a coluna vertebral, ombros, parte inferior das costas e joelhos
  • Os treinadores de CrossFit só precisam participar de um curso de certificação de dois dias, portanto, levando isso em conta, procure por um treinador que tenha certificação adicional que valide o entendimento das posições e a mecânica corporal correta para ajudá-lo a evitar lesões
Tamanho da fonte:

Por Dr. Mercola

O CrossFit, criado por Greg Glassman, é um intenso programa de força e condicionamento envolvendo intervalos de exercícios aeróbicos, exercícios de peso corporal, ginástica e levantamento de peso olímpico, que mudam constantemente e de forma desafiadora.

É um treino que Glassman diz que “irá levar você a seu potencial genético”. O CrossFit é uma das formas mais extremas de exercícios disponíveis, e aconselho cautela se você decidir tentar, pois fazê-lo incorretamente pode facilmente levar a uma lesão.

Glassman tem mais de 90 advogados defendendo a marca CrossFit, e isso inclui uma ação judicial contra pesquisadores que reportaram que alguns dos participantes abandonaram o estudo do CrossFit devido a lesões.

Claramente os esportes extremos possuem riscos e a natureza do CrossFit pode aumentar o risco de lesões se você não tiver sido ensinado corretamente desde o início ou se deixar de respeitar seus próprios limites.

Mesmo Glassman já se manifestou publicamente dizendo que: “Ele pode matá-lo. Sempre fui completamente honesto em relação a isso”. Isso e o fato de ele dizer na entrevista que ele tem 90 advogados na equipe para defendê-lo de ações judiciais sugere claramente que você precisa ter cautela ao considerar frequentar uma academia de CrossFit.

Parte do sucesso da empresa, e provavelmente parte do seu problema, é que qualquer pessoa que queira abrir uma academia CrossFit (chamada de “caixa”) pode fazê-lo. Tudo o que é necessário é uma taxa anual de USD 3.000 e um curso de certificação de dois dias.

Certamente, é melhor do que nada, mas é como ir consultar-se com um médico que foi à faculdade de medicina por um mês em vez de 7 a 10 anos.

É bem possível inscrever-se em uma academia de CrossFit onde os treinadores têm conhecimento mínimo, por isso é imperativo garantir que seu treinador tenha certificação adicional para você certificar-se de que ele entende as posições e mecânica corporal corretas.

Dito isto, não há como negar que ele pode ser eficaz se e quando for feito com as posições corretas e um pouco de bom senso. Na verdade, em uma academia com bons treinadores, pode ser um dos melhores programas de condicionamento físico que você pode fazer.

Uma Mecânica Corporal Correta é Crucial para a Prática Segura de CrossFit

A Dra. Kelly Starrett, uma das líderes do movimento CrossFit, participou anteriormente em outro segmento do 60 Minutes sobre CrossFit, onde enfatizou a importância de uma mecânica corporal correta, tanto dentro quanto fora da academia.

Ela também é o autor do livro Becoming a Supple Leopard (Tornando-se um Leopardo Flexível), que é um excelente recurso para explorar e abordar deficiências biomecânicas que podem aumentar seu risco de lesão.

A Dra. Starrett vê o movimento como uma ferramenta de diagnóstico conveniente. Uma vez que você enfrente os limites de sua amplitude de movimento e capacidade, você saberá identificar onde está seu problema e onde você precisa concentrar sua atenção.

Ter uma boa amplitude de movimento e flexibilidade é particularmente importante quando você faz exercícios de alta intensidade, que eu acredito serem fundamentais para ter uma saúde e condicionamento físico otimizados.

Lesões Comuns pelo CrossFit

Embora existam poucos estudos em relação à segurança do CrossFit, alguns deles lançaram luz sobre alguns dos perigos potenciais deste exercício extremo.

Um estudo feito em 2013 publicado no Journal of Strength and Conditioning Research descobriu que quase 75% dos participantes do CrossFit tiveram lesões durante o treinamento. As lesões mais comuns envolvem a espinha e ombros. Das 186 lesões reportadas, nove acabaram precisando de cirurgia.

Um estudo mais recente publicado no Orthopedic Journal of Sports Medicine revelou uma taxa de lesão de cerca de 20%, sendo as lesões nas costas, nos ombros e no joelho as mais comuns. De acordo com os autores:

“A participação dos instrutores no treinamento dos participantes em relação à sua posição e para orientá-los através do treinamento está correlacionada a uma diminuição na taxa de lesões.

O ombro e a parte inferior das costas foram os mais lesionados pelos movimentos de ginástica e halterofilismo, respectivamente. Os participantes reportaram principalmente lesões agudas e bem leves. ”

Ao entender como sustentar a coluna vertebral e aprender a sequência correta de movimentos, você pode reduzir o risco da maioria das lesões. Uma postura adequada e um movimento correto também afetam sua saúde geral de maneiras que você nunca considerou.

O Que Você Precisa Saber Sobre a Rabdomiólise

A Forbes recentemente tratou de alguns dos perigos e possíveis desvantagens do CrossFit que o 60 Minutes não conseguiu incluir em seu segmento:

“Um problema que o 60 Minutes não mencionou é uma doença chamada rabdomiólise. Geralmente é rara, mas envolve fibras musculares sendo empurradas até o ponto em que quebram, entram na corrente sanguínea e levam a danos aos rins que ameaçam a vida...

O CrossFit contesta que o risco de rabdomiólise seja maior entre os seus clientes. Mas, em algum nível, eles reconheceram o perigo, com um desenho de um palhaço, o ‘tio Rhabdo’, projetado para alertar os atletas em relação a esforçar-se em excesso. ”

A ABC News também tratou desta questão em uma reportagem de 2013, afirmando:

“O Dr. Richard Besser, chefe de saúde e editor médico da ABC News, diz que os casos de rabdomiólise, que ele descreve como ‘morte de células musculares’, ocorrem apenas depois que você pede aos seus músculos ‘para continuar exercitando-se depois que eles pararam de obter qualquer energia para fazer o exercício’.

‘Isso é realmente perigoso’, disse Besser... acrescentando que a doença pode ser prevenida.

‘Se você está ouvindo seu corpo e está sentindo aquela queimação e diz: ‘Ok, eu alcancei meu limite’, e você para, você nunca vai ver isso acontecer’, disse ele. ‘Um dos sinais de alerta é que seus músculos estarão dizendo: ‘Eu preciso parar agora’.

Para evitar a rabdomiólise, Besser recomenda ficar hidratado antes e durante o exercício, fazer pausas e ouvir seu corpo. ‘Sem dor, sem ganho é a pior abordagem para o exercício’, disse ele. ”

Conselhos do Homem com o Melhor Condicionamento Físico do Mundo

O CrossFit também está tornando-se conhecido pelos CrossFit Games anuais. Descrito por Sharon Alfonsi como “parte Jogos Olímpicos, parte Jogos Vorazes”, os atletas de CrossFit de todo o mundo competem em um evento de quatro dias para ver quem é o Homem ou Mulher Mais em Forma do Mundo - um título que Glassman realmente registrou. No ano passado, a CNN entrevistou Rich Froning depois que ele ganhou pelo quarto ano consecutivo.

“Imagine: uma competição de quatro dias, com duas ou quatro sessões de treinamento por dia, que consistem em correr, nadar, fazer musculação, agachamentos com 345 libras (156 kg), handstand push-ups, escalar cordas, salto duplo de corda, equilibrar-se com uma mão só, agachamentos levantando sobre a cabeça pesos de 245 libras (111 kg) e mais, contra 43 dos concorrentes mais em forma que você conhece, valendo o título de Mais em Forma do Mundo.

Agora imagine fazer isso quatro anos seguidos - e ganhar sempre. Foi o que Rich Froning fez quando garantiu seu quarto título consecutivo como o Homem Mais em Forma do Mundo...”

Em relação a evitar lesões, “o homem mais em forma do mundo” adverte as pessoas a começarem devagar quando iniciarem o treinamento CrossFit.

“Eu acho que as pessoas começam muito rápido e dizem coisas como: ‘O Rich faz vários exercícios por dia, por isso eu também posso fazer vários exercícios por dia’. Não, você precisa ir acostumando-se e encontrar um bom treinador... O melhor cenário é fazer estes exercícios com um bom treinador e aprender os movimentos certos”, ele diz, acrescentando que:

“Para mim, fazer exercícios de musculação usando movimentos de junção única levou a mais lesões e mais inflamações do que quando eu fazia o CrossFit. Eu passei por uma cirurgia no ombro antes de fazer CrossFit, e meu ombro nunca foi mais forte, então eu acho isso ótimo. ”

A Recuperação é uma Parte Importante da Equação do Condicionamento Físico

Enquanto Froning treina até três horas por dia, eu advirto você a não imitá-lo, uma vez que a recuperação é uma parte importante da equação. A Dra. Starrett acredita que os atletas competitivos podem treinar quase todos os dias, desde que estejam usando diferentes movimentos, mas, como regra geral, não recomendaria fazer exercícios de alta intensidade mais de três vezes por semana.

Seu corpo precisa recuperar-se corretamente. O conceito principal aqui é treinar seu corpo gradualmente, ao longo do tempo, para poder lidar com cargas de exercícios de maior intensidade. Você realmente precisa aprender a ouvir seu corpo e não exceder-se.

Embora o CrossFit tenha muitas dificuldades potenciais, é difícil negar que pode ser incrivelmente eficaz. Afinal, os treinamentos intervalados intensos tem repetidamente demonstrado serem a maneira mais efetiva e eficiente de ficar em forma.

Um estudo feito em 2013 pelos pesquisadores da Universidade Estadual de Ohio revelou que 10 semanas de treinamento de força de alta intensidade baseado em CrossFit resultaram em melhorias significativas no VO2 máximo e na composição corporal em homens e mulheres, independentemente do nível de condicionamento físico inicial.

Aliás, a Universidade Estadual de Ohio está sendo processada pelo dono da academia CrossFit, onde os participantes da pesquisa treinaram - uma ação que pode prejudicar pesquisas futuras sobre os benefícios e perigos do CrossFit.

O proprietário da academia, Mitch Potterf, afirma que os pesquisadores falsificaram dados para o estudo, que a Universidade Estadual de Ohio usava para obter USD 273 milhões em bolsas de pesquisa federais. De acordo com Potterf, os cientistas reportaram falsamente que nove indivíduos abandonaram o estudo devido a “sobrecarga ou lesão”.

Faça Exercício de Forma Inteligente para ter uma Saúde Otimizada

Então, qual é o veredito final sobre o CrossFit? Eu acredito que pode ser um treino eficaz, mas a menos que você já seja um atleta bem treinado, há formas mais seguras de otimizar seu condicionamento físico. O treinamento intervalado de alta intensidade (High-intensity interval training-HIIT) é ideal, pois aumenta a queima de gordura, fortalecimento muscular e condicionamento cardiovascular, e há muitas maneiras de encaixar o HIIT no seu programa - você não precisa pular diretamente para o CrossFit desde o começo.

Dito isto, se você já estiver em forma e quiser levar seu treino para um nível totalmente novo, o CrossFit pode ser o que você está procurando. Apenas tenha certeza de que a academia CrossFit que você usa tem instrutores profissionais que podem monitorar suas posições e garantir que você não fique lesionado.