Para Que Serve a Abobrinha?

Tamanho da fonte:
Abobrinha

Para muitas pessoas, o período de verão fica simplesmente incompleto sem a apresentação de uma ampla variedade de vegetais verdes deliciosos.

Mas aqui está uma ideia: por que não dar um tempo às saladas de folha verde de sempre e mergulhar em um suculento prato de abobrinha?

Membro da família da cabaça (Cucurbitaceae), a abobrinha é uma abóbora de verão fácil de cultivar nativa da América Central e do México.

Ela foi levada aos Estados Unidos por imigrantes italianos durante os anos 1920. Algumas variedades de abobrinha populares incluem a abobrinha dourada, a tatume, a costata romanesco e a abóbora crookneck amarela.

A abobrinha cresce em clima quente, sem geadas e prospera em solo fértil e úmido. Ela cresce em arbustos de 76 cm de altura, com cepas desconexas. Além do fruto em si (a abobrinha é um fruto, botanicamente falando), as folhas grandes, amarelas em forma de trombeta também são comestíveis.

A abobrinha pode florescer em tamanhos muito grandes, porém as maiores não significam necessariamente melhores quando se trata deste produto predileto da horta. As abobrinhas pequenas e médias (de 15 a 20 cm de comprimento e 5 cm de largura) são mais saborosas.

Quanto maior a abobrinha, mais dura, mais cheia de semente e menos saborosa ela será. Procure pelas abobrinhas de casca escura que são mais ricas em nutrientes.

Você não ficará sem uso para a abobrinha, pois ela é um alimento altamente versátil e pode adequar-se a diversas receitas. Misture-a em sopas, saladas ou fritadas, sirva-a como prato complementar à carne, ou faça “chips de abobrinha” servidos com um molho de cebola como aperitivo.

Quer uma massa saudável, sem grãos e sem trigo? Faça macarrão de abobrinha usando um descascador de legumes – ela ficará tão al dente quanto um espaguete regular.

Benefícios Promovidos pela Abobrinha à Saúde

Você certamente ficará impressionado (a) com o valor nutricional que a abobrinha oferece. Ela tem baixo valor calórico (somente 17 calorias a cada 100 gramas), é rica em fibras e não tem colesterol nem gorduras não saudáveis.

Ela é também rica em antioxidantes flavonoides, tais como zeaxantina, carotenos e luteína, que desempenham função importante no retardo do envelhecimento e prevenção de doenças devido às suas propriedades de eliminação de radicais livres.

A maior parte dos antioxidantes e fibras está em sua casca, portanto é melhor manter a casca ao servir este alimento.

A abobrinha é também excelente fonte de potássio, nutriente amigo do coração que ajuda na moderação dos níveis de pressão arterial e no combate aos efeitos de quantidade excessiva de sódio. Na verdade, a abobrinha possui mais potássio que uma banana.

A abobrinha é rica em vitaminas do complexo B, folatos, B6, B1, B2, B3 e colina, assim como minerais como zinco e magnésio, que são valiosos para garantir regulagem saudável do açúcar no sangue – vantagem definitiva para pessoas diabéticas. Ela também contém minerais essenciais, como ferro, manganês e fósforo.

No entanto, lembre-se de que a maior parte das variedades de abobrinha nos Estados Unidos está geneticamente modificada, portanto é melhor adquirir este legume em sua forma orgânica.

Tabela Nutricional da Abobrinha

Porção: 3,5 onças (100 gramas), com casca, crua
  Quantidade por porção % do Valor Diário*
Calorias 16  
Calorias da Gordura 2  
Gordura Total 0 g 0%
Gordura Saturada 0 g 0%
Gordura Trans    
Colesterol 0 mg 0%
Sódio 10 mg 0%
Carboidratos Totais 3 g 1%
Fibra Alimentar 1 g 4%
Açúcar 2 g  
Proteína 1 g  
Vitamina A 4% Vitamina C 28%
Cálcio 1% Ferro 2%

* Valores Diários de Referência com base em uma dieta de 2000 kcal. Seus valores diários podem ser maiores ou menores dependendo de suas necessidades energéticas.

Estudos Realizados com Abobrinha

Um estudo revelou a ampla gama de benefícios promovidos pelas abóboras de verão, incluindo a abobrinha. De acordo com especialistas em alimentos e com o analista da indústria alimentícia Phil Lempert, os carboidratos amiláceos destas culturas são provenientes de polissacarídeos nas paredes celulares e incluem pectinas.

Um elevado número de estudos realizados com animais mostram que estes componentes amiláceos nas abóboras podem ter propriedades antioxidantes, anti-inflamatórias, antidiabéticas e de regulagem da insulina.

Receitas Saudáveis com Abobrinha:

Sopa Cremosa de Abobrinha e Caju

Sopa Cremosa de Abobrinha e Caju

Ingredientes:

  • 3 colheres de sopa de óleo de coco ou manteiga bruta
  • 6 xícaras de abobrinha fatiada
  • 1 xícara de aipo, fatiado fino
  • 1 colher de chá de semente de aipo, moída (opcional)
  • ½ pimentão verde, fatiado
  • 4 xícaras de caldo de legumes
  • 1½ xícara de caju, torrado (opcional)
  • ½ colher de chá de sal

Procedimentos:

  1. Derreta o óleo de coco ou a manteiga em uma panela grande para sopa. Adicione as sementes de aipo, a abobrinha, o aipo, o pimentão e o sal. Mexa, tampe a panela e cozinhe em fogo baixo até que os legumes estejam tenros, cerca de 30 minutos.
  2. Faça um purê com o caju no molho de legumes em um processador de alimentos ou liquidificador.
  3. Misture os legumes e o molho de caju em um liquidificador. Faça um purê.
  4. Coloque uma peneira grande (com tela de malha) sobre a panela de sopa.* Peneire a mistura de legumes com caju, mexendo e pressionando a mistura com as costas de uma colher. Raspe o fundo da peneira com frequência. Este passo permite que a sopa fique cremosa.
  5. Descarte o “material” restante que sobra na peneira.
  6. Reaqueça a sopa à temperatura de servir.

Esta receita rende seis porções.

*Se usar manteiga de caju, misture a manteiga de caju após o terceiro passo e reaqueça a panela de sopa.

Fatos Interessantes Sobre a Abobrinha

Você sabia que a maior abobrinha registrada tinha 176 cm de comprimento e pesava 29 kg? Graças a Bernard Lavery de Plymouth Devon, Reino Unido, que cultivou o legume imenso em sua horta.

Se você é um(a) verdadeiro(a) fã de abobrinha, vá a Obetz, Ohio, todo mês de agosto entre os dias 22 e 25, onde acontece um festival de abobrinha que apresenta desfile, concurso, competição, artesanato e jogos – celebração única da marcante e versátil abobrinha.

Resumo

O que não amar na abobrinha? Botanicamente um fruto, porém mais comumente tratada como legume, esta abóbora de verão versátil é imperativa em sua horta – e no seu prato. Ela é fácil de cultivar e requer cuidado mínimo promovendo uma recompensa saborosa e versátil que você pode incorporar em diversas receitas – ela pode até mesmo ser transformada em macarrão de legumes!

A abobrinha possui um conteúdo nutricional impressionante – ela ostenta altos níveis de potássio, vitaminas do complexo B, fibra alimentar e antioxidantes, os quais oferecem imensos benefícios à sua saúde. Ela pode até mesmo potencialmente ajudar na regulagem dos níveis de açúcar no sangue tornando-se um enorme benefício às pessoas diabéticas.

Aqui está uma forma deliciosa de desfrutar da abobrinha: simplesmente fatie-a pelo comprimento, pincele-a com uma pequena quantidade de sal marinho e grelhe-a levemente.  Isto realçará a doçura natural deste alimento saudável. Certifique- de comprar abobrinha orgânica, não geneticamente modificada.