Óleo de Hortelã: O Mais Suave Óleo de Menta

óleo de hortelã

Resumo da matéria -

  • A erva hortelã é destilada a vapor para a produção do óleo essencial. O óleo de hortelã é geralmente usado na aromaterapia para ajudar no alívio da fadiga, de dores de cabeça, enxaquecas, nervosismo e até mesmo de problemas digestivos.
Tamanho da fonte:

O óleo de hortelã-pimenta é forte, forte demais para algumas pessoas. Ele pode induzir irritações cutâneas e outros efeitos colaterais. Se você procura por um óleo de menta mais seguro, procure pela prima da hortelã-pimenta: a hortelã (Mentha spicata), também conhecida por nomes como hortelã comum ou da horta, hortelã ou hortelã de Nossa Senhora.

Esta erva é conhecida por seu aroma distinto. É também favorita no mundo da culinária, adicionada a pratos e bebidas ou usada como guarnição. A erva hortelã é destilada a vapor para a produção do óleo essencial e nesta forma ela pode promover uma série de importantes benefícios à saúde.

O Que é o Óleo de Hortelã?

Muitas pessoas acreditam que o óleo de hortelã-pimenta é forte demais e usam o óleo de hortelã no lugar. A mistura dos dois é outra opção popular. Não importa qual seja sua sensibilidade, o óleo essencial de hortelã é mais suave do que o óleo de hortelã-pimenta, especialmente para crianças.

Embora os óleos possuam propriedades similares, a hortelã contém menor quantidade de mentol comparando com o óleo de hortelã-pimenta. O uso do óleo de hortelã remonta aos tempos mais antigos. Esta erva perene originou-se na região do Mediterrâneo. Na medicina ayurvedica, ele era usado para ajudar no tratamento de problemas digestivos, cutâneos e dores de cabeça.

O registro histórico mostra que este óleo foi usado extensivamente na Grécia antiga. Era adicionado a banhos e usado para ajudar no tratamento de doenças sexualmente transmissíveis, para branquear os dentes e para curar feridas na boca.

Nos tempos modernos, este óleo essencial ainda é amplamente usado em desconforto digestivo, assim como em problemas menstruais e náusea.

Aplicações do Óleo de Hortelã

A aplicação do óleo de hortelã vai além da cozinha e do armário de medicamentos. Por exemplo, ele pode também ser usado para ajudar no relaxamento da mente ou para incutir emoções positivas.

Compilei uma lista de aplicações específicas para o óleo de hortelã, citadas abaixo:

Óleo para aromaterapia: Devido a seu conteúdo de mentol, o óleo de hortelã é geralmente usado na aromaterapia para ajudar no alívio da fadiga, de dores de cabeça, enxaquecas, nervosismo e até mesmo de problemas digestivos.

Ingrediente alimentício – O óleo de hortelã é, às vezes, adicionado a produtos assados, lácteos congelados, carnes, bebidas e gomas de mascar. Observe, no entanto, que é melhor consumir alimentos integrais, crus, do que consumir estes produtos processados.

Fragrância – Este óleo essencial é adicionado a certos tipos de perfume. É comumente misturado a outras ervas como jasmim, lavanda, bergamota e sândalo.

Ingrediente em produtos farmacêuticos – É geralmente adicionado a pós dentais, produtos para fazer gargarejo e cremes dentais.

Óleo para banho – Quando adicionado à água do banho, o óleo de hortelã pode induzir o relaxamento e pode resfriá-lo(a) reduzindo a temperatura do corpo.

Óleo de massagem – Devido a suas propriedades antiespasmódicas, o óleo de hortelã pode ajudar no alívio de dores musculares e até mesmo dores abdominais causadas pela menstruação.

Inseticida – Este óleo pode espantar mosquitos e outros insetos. É geralmente adicionado a repelentes de insetos, cremes, tapetes e fumigantes.

Composição do Óleo de Hortelã

O óleo essencial de hortelã contém hidrocarbonetos, alcoóis, ésteres e cetonas. Seus principais componentes são alfa-pineno, beta-pineno, carvona, cineol, cariofileno, linalol, limoneno, mentol e mirceno. Conforme mencionei anteriormente, o óleo essencial de hortelã não contém tanto mentol quanto o óleo de hortelã-pimenta – contém somente 0,5% comparando com 40% da hortelã-pimenta.

Benefícios Promovidos Pelo Óleo de Hortelã

De acordo com um estudo publicado no Journal of Essential Oil Research (Jornal para Pesquisas em Óleos Essenciais), as propriedades antimicrobianas do óleo de hortelã são obtidas a partir de seus constituintes químicos: cis-carveol e carvona.

O óleo de hortelã demonstrou ser efetivo contra quatro estirpes de bactérias (Staphylococcus aureus, Escherichia coli, Bacillus subtilis e Pasturella multocida) e patógenos fúngicos (Aspergillus niger, Mucor mucedo, Fusarium solani, Botryodiplodia theobromae e Rhizopus solani).

Os efeitos antimicrobianos do óleo de hortelã foram também demonstrados em outro estudo publicado no Journal of Microbiology Research (Jornal para Pesquisas Microbiológicas). Este estudo destacou o efeito do óleo de hortelã sobre Bacillus subtilis, Aspergillus Niger e Candida albicans. O óleo foi principalmente potente contra Escherichia coli e também mostrou benefícios como antisséptico e conservante.

Devido à sua natureza antimicrobiana, o uso do óleo essencial de hortelã pode promover os seguintes benefícios:

  • Por possuir propriedades antissépticas, o óleo de hortelã (devido à presença de mentol, mirceno e cariofileno), pode proteger feridas e úlceras contra infecções e até mesmo ajudar em sua cura mais rápida.
  • Ele pode ajudar no tratamento de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), como gonorreia e sífilis.
  • Pode ajudar no tratamento de feridas internas e infecções estomacais e intestinais.

Além disso, o óleo de hortelã pode também:

Ajudar no relaxamento de espasmos nervosos e musculares devido a seu conteúdo de mentol

Deixar o excesso de gás passar naturalmente pelo estômago e intestinos

Aliviar dores de cabeça e problemas nervosos relacionados ao estresse

Tratar problemas menstruais, como menstruação irregular, menstruação obstruída e menopausa precoce, pois induz a secreção do hormônio estrógeno

Estimular os nervos e a função cerebral, assim como a circulação sanguínea

Aliviar problemas respiratórios comuns, tais como resfriados, congestão nasal, asma e gripe

Como Produzir o Óleo de Hortelã

Assim como outros óleos herbáceos, o óleo essencial de hortelã é produzido através da destilação a vapor – particularmente destilando-se os topos florescentes da planta. O óleo de hortelã possui cor amarela clara ou oliva clara, e aroma fresco, herbáceo.

Como o Óleo de Hortelã Funciona?

O óleo essencial de hortelã pode ser usado de diversas formas:

  • Inalação – Comparado ao óleo de hortelã-pimenta, o óleo de hortelã é mais suave e pode ser usado em crianças. Duas gotas podem ajudar no tratamento de problemas respiratórios e estresse.
  • Adicionado à água do banho – Adicione duas a três gotas à água do banho para ajudar a aliviar fadiga, febre e dores musculares.
  • Óleo de massagem – Misturando o óleo de hortelã a óleos base, como óleo de amêndoa ou óleo de onagra, pode-se aplicá-lo para aliviar dores no corpo, cólicas menstruais e espasmos musculares.
  • Aplicação tópica – Adicionar algumas gotas deste óleo a seus produtos para cuidados da pele pode ajudar no tratamento de irritações, pé de atleta, dermatite, picadas de insetos e outros problemas cutâneos.
  • Consumido internamente – A ingestão do óleo de hortelã pode ajudar no tratamento de problemas digestivos. No entanto, isto nunca deve ser feito sem auxílio de um aromaterapeuta profissional.

O Óleo de Hortelã é Seguro?

Como outros óleos essenciais, usar a hortelã não diluída pode causar sensibilidade cutânea. Ela deve, primeiro, ser misturada a óleos base como azeite de oliva, óleo de amêndoa e óleo de coco. Usá-la topicamente sem qualquer óleo base pode causar irritações na pele, queimaduras e até mesmo fotossensibilidade.

Para determinar se você tem sensibilidade a qualquer destes óleos herbáceos, aplique uma gota em uma pequena área da pele e observe se ocorre qualquer efeito adverso. Se você tem pele sensível, é recomendável evitar o uso de óleos essenciais todos juntos ou consultar um profissional antes de usá-lo.

Apesar do potencial para causar irritação cutânea, o óleo de hortelã pode ser usado para estimular de forma eficaz as membranas mucosas encontradas nos tratos digestivo, respiratório e urinário. O óleo de hortelã possui certificado “Generally Recognized as Safe (GRAS)” (Geralmente Reconhecido como Seguro) para taxa de ingestão emitido pela U.S. Food and Drug Administration (FDA) (Administração de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos).

No entanto, não deve ser ingerido sem aconselhamento de um médico experiente em aromaterapia. Mulheres grávidas devem evitar o uso do óleo de hortelã, pois ele promove a secreção do estrógeno e potencialmente aumenta a possibilidade de aborto espontâneo.

Este óleo é mais suave que o óleo de hortelã-pimenta e pode ser usado em crianças devido aos benefícios promovidos à saúde digestiva, porém recomendo consultar seu médico ou um aromaterapeuta experiente antes de usar o óleo de hortelã.

Efeitos Colaterais do Óleo de Hortelã

Exposição excessiva a óleos herbáceos via inalação pode induzir dores de cabeça, irritações cutâneas, náusea, vertigem e até mesmo problemas emocionais.

Deve-se procurar aconselhamento de um profissional antes de usar o óleo de hortelã ou qualquer óleo herbáceo.