Receita de Bolinhos de Abobrinha Assados

Tamanho da fonte:

Bolinhos de batata são populares desde que foram criados em 1953. Mas, embora muitas pessoas pareçam amar esses alimentos leves e pequenos, eles estão longe de ser saudáveis.

Bolinhos de batata estão geralmente disponíveis como congelados e estão mais propensos a terem sido muito processados e seus ingredientes terem sido retirados de seus nutrientes. Além disso, esses bolinhos são geralmente fritos em óleos vegetais prejudiciais que podem prejudicar sua saúde a longo prazo.

Se você está procurando uma alternativa aos sabores tradicionais, você vai adorar essa Deliciosa Receita de Bolinhos de Abobrinha Assados.

Uma combinação de abobrinha e queijo cheddar cru toma o lugar da batata, criando uma versão mais saudável e saborosa deste clássico que certamente será um sucesso entre pessoas de várias idades.

Deliciosa Receita de Bolinhos de Abobrinha Assados

Tempo de cozimento: 16 a 18 minutos

Ingredientes

  • Óleo de coco do Dr. Mercola
  • 1 xícara de abobrinha orgânica ralada
  • 1 ovo caipira grande, levemente batido
  • 1/4 cebola média picada bem fina
  • 1/4 xícara de queijo cheddar cru
  • 1/3 xícara de fécula de tapioca ou farinha de coco
  • 1/4 colher de chá de sal do Himalaia do Dr. Mercola
  • Pimenta do reino moída na hora, a gosto
  • 1/2 colher de chá de alho em pó
PorçãoPorção: 6

Procedimento

  1. Pré-aqueça o forno a 400 graus Fahrenheit (204 graus Celsius). Unte a assadeira com óleo de coco.
  2. Coloque a abobrinha ralada em um pano de prato limpo e retire todo o excesso de água.
  3. Em uma tigela média, misture todos os ingredientes e tempere com sal e pimenta.
  4. Coloque uma colher de sopa da mistura nas mãos e enrole-a em bolinhos ovais pequenos. Coloque-os na assadeira e leve ao forno por 16 a 18 minutos, virando-os na metade do tempo do processo de cozimento. Asse até dourar.

Essa Deliciosa Receita de Bolinhos de Abobrinha Assados está Longe de ser Monótona

Se você tem medo de que estes bolinhos não terão sabor bom, não se preocupe. Pelo fato de você ter feito uso de ingredientes mais saudáveis, esta receita de Bolinhos de Abobrinha prova que você pode desfrutar de alguns dos seus alimentos favoritos sem sacrificar o sabor e, mais importante, sua saúde. Quem sabe, você pode gostar deles mais do que os originais.

Abobrinha: Uma Combinação Perfeita para Esses Bolinhos

O uso de abobrinha ralada em vez de purê de batatas para esses bolinhos pode ser uma das melhores decisões que você pode tomar. A abobrinha é alternativa perfeita não apenas por causa de seu sabor fresco, mas também pelos benefícios adicionais à saúde que você pode obter dela.

A abobrinha é um legume de baixa caloria que não contém colesterol ruim e gorduras insalubres, mas é rico em fibras alimentares. Esta é uma boa notícia para as pessoas que estão cuidando do peso, e/ou aquelas que querem aumentar sua ingestão diária de fibras.

Enquanto isso, os antioxidantes flavonoides como zeaxantina, carotenos e luteína encontrados na abobrinha podem ajudar a retardar o envelhecimento, prevenir doenças e erradicar os radicais livres nocivos ao organismo. O conteúdo mineral da abobrinha também é impressionante. Além do ferro, manganês e fósforo, esses minerais proporcionam os seguintes benefícios:

  • Potássio — ajuda a moderar os níveis de pressão arterial e neutralizar os efeitos do consumo excessivo de sódio
  • Zinco e magnésio — podem ajudar a garantir uma regulação saudável do nível de açúcar no sangue

Se você quiser colher os benefícios para a saúde promovidos pela abobrinha, mantenha a casca ao adicioná-la a seus pratos. A maior parte do conteúdo de antioxidantes e fibras encontrados na abobrinha está nessa área. Além disso, sempre certifique-se de comprar este legume na sua forma orgânica, já que a maioria das abobrinhas nos EUA atualmente é geneticamente modificada.

Continue Usando o Óleo de Coco para Melhorar a Saúde

Ao contrário dos bolinhos tradicionais, que são fritos com óleos vegetais não saudáveis, estes Bolinhos de Abobrinha são cozidos em uma camada de óleo de coco. Isso pode ser um divisor de águas para a sua saúde, já que há grandes vantagens associadas a esse óleo.

Ácidos graxos de cadeia média (MCFAs) que tendem a ser abundantes no óleo de coco são facilmente digeridos e podem ser convertidos pelo fígado em energia, em vez de armazenados como gordura. Benefícios terapêuticos para pessoas com certos distúrbios cerebrais e epilepsia, e até mesmo potencial na prevenção da doença de Alzheimer, também estão associados a essas gorduras saudáveis, ao lado desses outros benefícios:

Apoio à função tireoidiana correta

Promoção da saúde do coração aumentando o "bom" colesterol HDL enquanto ajuda na conversão do colesterol LDL "ruim" em uma forma menos prejudicial

Encorajamento da função cerebral saudável

Melhora do sistema imunológico

Ajuda à perda de peso

Ajuda à digestão

Ajuda na manutenção da pele saudável e jovem

Promoção de boa saúde bucal

Prevenção potencial da cândida fúngica de prejudicar seu organismo

O óleo de coco também promove propriedades promotoras da saúde:

  • Anti-inflamatório — Este óleo ajuda a reduzir a inflamação, diminuindo potencialmente o risco de hipotireoidismo e hipertireoidismo.
  • Antibacteriano — Um ácido graxo chamado ácido láurico, que é convertido em monoglicerídeo chamado monolaurina em seu organismo, pode ajudar a eliminar fungos, bactérias e vírus, como Staphylococcus aureus e Candida albicans.
  • Antifúngico — Diferentes estudos realizados demonstraram a capacidade do óleo de coco de combater infecções fúngicas como micose e pé de atleta.

Por que Você Deve Dar uma Chance à Fécula de Tapioca

A fécula de tapioca é produzida quando o líquido amiláceo é extraído da raiz da mandioca por meio de evaporação ou espremendo a raiz do solo. O resultado é um pó branco fino que é seco e muitas vezes vendido como farinha ou prensado em flocos ou “grânulos” que devem ser fervidos antes de serem consumidos.

A fécula de tapioca pode ser usada como espessante sem sabor para sopas ou ensopados. Ela também pode servir como aglutinante quando adicionada a hambúrgueres e massa, porque a tapioca pode aumentar a textura e o teor de umidade desses alimentos sem fazer com que fiquem empapados.

O que torna a fécula de tapioca especial é seu potencial em ser boa alternativa ao trigo e outros grãos. É boa fonte de amidos resistentes à digestão, ou fibras de baixa viscosidade capazes de resistir à digestão no intestino delgado e, ao mesmo tempo, fermentar lentamente no intestino grosso.

Amidos resistentes também podem servir como prebióticos que alimentam as bactérias, e estes não fazem você sentir-se cheio (a) de gases por causa de seu lento processo de fermentação. Estes amidos também podem adicionar volume às fezes, ajudar a manter seus movimentos intestinais regulares e ajudar com a saciedade, ou fazer você sentir-se mais satisfeito (a).

Outro benefício dos amidos resistentes é a baixa possibilidade de aumentos radicais no nível de açúcar no sangue, porque eles são indigeríveis. Pesquisas adicionais também confirmaram que esses amidos podem ajudar a melhorar a regulação da insulina e reduzir o risco de resistência à insulina, potencialmente ajudando a reduzir os níveis de glicose no sangue após uma refeição e ajudando no controle da síndrome metabólica.