O Chá Verde Matcha é Bom Para Quê?

Chá Verde Matcha

Resumo da matéria -

  • O chá verde chinês possui muitas qualidades de saúde comprovadas, mas o chá matcha, produzido pela primeira vez no Japão por volta de 805 d.C excede seus benefícios à saúde devido a seus poderosos antioxidantes
  • A L-teanina e as catequinas, como a epigalocatequina galato (EGCG), são compostos que dão ao chá matcha muitas das suas capacidades de cura
  • O chá matcha demonstrou ser capaz de combater a inflamação, reduzir o risco de doença cardíaca e reduzir os níveis de triglicerídeos e do nível de açúcar no sangue em pessoas com diabetes
Tamanho da fonte:

Por Dr. Mercola

Uma das bebidas com maior demanda no planeta, o chá verde é escandalosamente bom para você. Você pode ter ouvido falar sobre seus benefícios, como um aumento da capacidade de perder peso e de combater doenças cardíacas.

O interesse ultimamente é tão grande que muitos que professam preferir tomar café passaram a tomar chá matcha, tornando o matcha “a bebida” preferida durante a semana de moda de Nova York nos últimos anos.

A tendência está ganhando espaço por várias razões. Uma é que o matcha pode ser ainda mais benéfico para a saúde do que o chá verde normal. Além disso ele é gostoso.

Em comparação com o chá verde, o matcha tem sido descrito como tendo um sabor “gramíneo” e um toque ligeiramente amargo. O matcha em pó é muitas vezes preparado como uma bebida do tipo café com leite, servido com leite e mel ou stevia, mas eu sugiro deixar de fora o leite e o mel se os benefícios para a saúde são o que você procura.

O matcha, que significa “chá em pó”, além de ser autenticamente verde, possui várias diferenças fundamentais que o separam dos outros. Primeiro de tudo, o chá verde regular envolve a imersão das folhas, soltas ou em um saco e, em seguida, descartá-las. Quando você bebe matcha, você está bebendo as folhas reais, que são moídas finamente.

Chá, Chá Verde e a História do Matcha

Todas as variedades de chá, incluindo o branco, verde, oolong e chá preto, crescem a partir de uma planta com o nome botânico Camellia sinensis, que se originou no sudoeste da China.

O chá como difusão foi descoberto por acaso quase 5.000 anos atrás, quando as folhas de chá foram sopradas em uma xícara fumegante de água colocada diante do imperador chinês e botânico Shen Nong. O mesmo processo foi usado por centenas, senão milhares de anos.

Monges japoneses que visitavam a China levaram chá para casa, inspirando o conceito de chá cerimonial e infundindo-o na cultura japonesa por volta de 805 EC. Pequenas operações de cultivo de chá foram melhorando por várias centenas de anos até meados de 1500, quando o processo do matcha foi estabelecido. The Fit Foodie escreveu:

“A preparação do matcha envolve cobrir as plantas de chá verde com coberturas de sombra antes de serem colhidas, o que desencadeia o crescimento das folhas com um melhor sabor e textura.

As folhas são então colhidas à mão, vaporizadas para interromper a fermentação, secas e depois envelhecidas em armazenamento a frio para aprofundar seu sabor. Estas folhas secas são então moídas usando-se uma pedra até virar um pó fino.”

Como Fazer uma Excepcional Xícara de Chá Verde Matcha

Outra diferença entre o chá verde regular e a variedade matcha é a sua forma de preparo tradicional. O processo de matcha é realmente muito mais simples, como descreve um artigo do Epoch Times:

“O chá regular é feito de folhas embebidas, enquanto o matcha é feito de folhas inteiras. Geralmente é preparado usando-se do tradicional modo japonês. O chá é medido com uma colher de bambu, chamada shashaku, em uma tigela aquecida, conhecida como chawan.

A água quente (cerca de 70 ºC [150 ºF]) é então adicionada à tigela. O chá é batido com um batedor especial de bambu, chamado chasen, até ficar macio com espuma no topo.”

Existem várias consistências, dependendo das suas preferências:

  • O chá matcha padrão é uma mistura de 1 colher de chá de pó matcha com 2 onças (59 mL) de água quente (não fervendo).
  • Usucha, que é uma mistura fina, é simplesmente menor do que ou meia colher de chá com 3 a 4 onças (88 mL a 118 mL) de água quente.
  • Koicha é uma mistura mais espessa que às vezes é usada para cerimônias de chá japonesas. É feito com 2 colheres de chá de matcha em cerca de 1 onça (29 mL) de água quente.

Você realmente não precisa do pequeno batedor de bambu para misturar uma boa xícara de matcha. Um pequeno batedor convencional funcionará tão bem quanto. Basta agitá-lo rapidamente até que uma espuma surja no topo e voilà, está pronto para ser desfrutado.

Sem dúvida, mais benefícios para a saúde são disponibilizados porque toda a folha é consumida, não apenas mergulhada por alguns minutos e depois jogada fora.

Qualidades Nutritivas do Chá Matcha

Uma xícara de chá verde matcha usando meia colher de chá de pó contém cerca de 35 miligramas de cafeína, que é um pouco mais do que é encontrado em uma xícara de chá verde regular.

Além disso, embora o chá verde também contenha grandes quantidades de antioxidantes, o matcha tem ainda mais deles. Na verdade ele contém tantos antioxidantes quanto você pode encontrar em 15 vezes a quantidade de romãs ou mirtilos.

Estudos indicam que 1 xícara de matcha pode fornecer o equivalente antioxidante de 3 xícaras de chá verde regular e até 137 vezes mais antioxidantes do que o chá verde de baixo teor.

O matcha contém proteínas e é uma excelente fonte de vitaminas C e A, fibras e ferro. Estudos demonstraram que possui a capacidade de combater bactérias, vírus e fungos, como infecções por estafilococos, hepatite B e Candida albicans.

Estudos Clínicos, ou Seja, o que o Chá Verde Matcha Pode Fazer por Você

Embora os estudos sobre o matcha ainda sejam poucos em relação a muitos outros alimentos, o interesse está aumentando e os estudos sobre seus benefícios para a saúde também estão aumentando. Estudos feitos com animais, por exemplo, sugerem que o chá matcha pode diminuir os riscos de danos nos rins e no fígado e também reduzir os níveis de açúcar no sangue e de triglicerídeos.

Antioxidantes protegem suas células e tecidos dos danos causados pelos radicais livres. O matcha também contém quantidades elevadas de catequinas, como a epigalocatequina galato (EGCG), que em estudos extensos foi identificada como capaz de combater a inflamação, ajudar a reter a integridade de suas artérias e reparar suas células.

Uma das características do chá, especialmente do chá verde, é a sua capacidade de aliviar, acalmar e relaxar, ao mesmo tempo em que aumenta o estado de alerta.

O lento processo de fotossíntese produz grandes quantidades de L-teanina, o aminoácido que dá ao chá verde matcha seu sabor incomparável e aumenta as ondas alfa no cérebro. Há também indicações de que o matcha pode influenciar a diabetes. A Organic Facts reportou que:

“O chá matcha pode ser valioso para manter o metabolismo saudável em indivíduos diabéticos. O chá matcha rico em antioxidantes ajuda a reduzir os níveis de triglicerídeos… e o teor de glicose hepática nos indivíduos diabéticos.

Uma pesquisa investigativa conduzida em indivíduos diabéticos que tomaram chá matcha demonstrou que a matcha exerce ação inibitória contra os danos renais e hepáticos ao restringir o acúmulo de produtos finais de glicação avançada nos rins.”

Isso pode não apenas ajudar o seu cérebro a combater os sinais de estresse, mas também altera os efeitos cafeicos do chá enquanto você o bebe. Em comparação com o café, aqueles que bebem chá matcha relataram um pequeno “estímulo” que dura mais do que aqueles que tomaram café, que às vezes até causa sonolência depois de tomado.

Também se considera que a L-teanina pode intensificar as substâncias químicas de “bem-estar” em seu cérebro, deixando você com uma memória melhor, melhor humor e maior capacidade de concentração. De acordo com um estudo:

“O chá também contém um aminoácido único, a L-teanina, que pode modular aspectos da função cerebral em humanos.

Evidências de estudos eletroencefalográficos humanos mostram que ele tem um efeito direto sobre o cérebro… A L-teanina aumenta significativamente a atividade na banda de frequência alfa, o que indica que relaxa a mente sem induzir a sonolência…

Estes dados indicam que a L-teanina, a níveis dietéticos realistas, tem um efeito significativo no estado geral de alerta mental ou excitação. Além disso, a atividade alfa é conhecida por desempenhar um papel importante em aspectos críticos da atenção.”

O Chá Matcha e a Doença Cardíaca

As pessoas que bebem chá verde comum possuem até 31% de redução do risco de doença cardíaca em comparação com aqueles que não bebem, de modo que aqueles que bebem chá matcha recebem compostos ainda mais protetores.

Uma analise clínica intensiva sobre doenças cardíacas em todo o mundo demonstrou múltiplas causas, como o tabagismo, e uma relação com outras doenças graves, como hipertensão e obesidade. No entanto, o chá verde pode afetar positivamente os níveis de colesterol, inibindo a oxidação das partículas de LDL — apenas as partículas pequenas e densas de LDL, que são facilmente oxidadas, podem desencadear doenças cardíacas.

“Frações ricas em catequina impediram significativamente a oxidação de LDL induzida por células endoteliais”, concluíram os pesquisadores, tornando seu consumo uma possível maneira de reduzir o risco de doença cardíaca.

O Chá de Matcha Pode Ajudar na Perda de Peso?

Estudos demonstraram que o chá verde pode aumentar o total de calorias queimadas, uma vez que aumenta a taxa metabólica e aumentou o potencial de queima de gordura em até 17%. Em um estudo, cientistas observaram que a perda de peso por beber chá verde foi além dos efeitos da cafeína e pode ter algo a ver com o conteúdo de polifenóis catequina:

“O chá verde possui propriedades termogênicas e promove a oxidação da gordura além do explicado pelo seu conteúdo de cafeína por si. O extrato de chá verde pode desempenhar um papel no controle da composição corporal via ativação simpática da termogênese, oxidação de gordura ou ambos.”

Em outra analise, foi relatado que o consumo de chá verde promove a oxidação de gordura em humanos em repouso, previne a obesidade e melhora a sensibilidade à insulina em ratos. Pesquisadores concluíram que:

“A ingestão aguda (de extrato de chá verde) pode aumentar a oxidação de gordura durante exercícios de intensidade moderada e pode melhorar a sensibilidade à insulina e a tolerância à glicose em homens jovens e saudáveis.”

Outras Maneiras de Aproveitar os Benefícios do Chá Verde Matcha

Além de beber chá matcha verde como uma bebida quente em um copo, você pode polvilhar o pó em outros alimentos, como vitaminas ou kefir, para obter os mesmos benefícios e sabor.

Você também pode fazer um latte usando o pó de chá verde matcha misturado com água quente, uma colher de chá de stevia em pó e leite de coco. Para criar uma bebida refrescante, basta adicionar gelo e talvez alguns raminhos de hortelã.

Como muitos alimentos cultivados no solo atualmente, parte do solo onde o chá verde moído é cultivado pode estar contaminado com pesticidas, fungicidas, flúor e metais pesados. O chá matcha pode ser comprado na maioria das lojas de produtos naturais ou mantimentos, mas certifique-se de procurar pela variedade orgânica. Embora possa ser mais caro, vale a pena comprar aquele com a mais alta qualidade.