7 Hábitos de Casais Felizes

Casal Feliz

Resumo da matéria -

  • Casais que estão felizes no seu casamento comunicam-se ao longo do dia e desenvolvem objetivos financeiros mútuos
  • Ser mentalmente monogâmico em seu relacionamento pode ser tão importante quanto ser fisicamente monogâmico
  • Permanecer respeitoso durante desentendimentos é outra “regra” de casamentos felizes, assim como fazer do seu casamento uma prioridade e livrar-se das estratégias de saída
Tamanho da fonte:

Por Dr. Mercola

Suas relações pessoais são incrivelmente importantes e podem ajudar ou destruir sua saúde física e emocional.

Casamento, ou qualquer relacionamento similar em longo prazo, em particular, podem beneficiar ou prejudicar sua saúde, dependendo de se o casamento é feliz ou não.

Um estudo recente revelou que o casamento era um dos dois eventos da vida (de um total de oito) que tinham efeitos positivos na saúde física (o outro era um novo emprego ou promoção).

No entanto, uma análise de 64 estudos mostrou que o funcionamento conjugal traz consequências à sua saúde; ou seja, um casamento negativo pode influenciar negativamente a saúde, enquanto o contrário é igualmente verdadeiro para um casamento positivo.

Esse estudo revelou que um casamento infeliz poderia indiretamente influenciar os resultados de saúde, aumentando o risco de depressão e hábitos não saudáveis enquanto influenciava diretamente a saúde cardiovascular, endócrina e do sistema imunológico e mais.

Outra pesquisa descobriu que o risco de morte de mulheres mais velhas aumentou na presença de “interação conjugal de baixa qualidade”, enquanto uma pesquisa publicada na revista Physiology & Behavior revelou os caminhos pelos quais um casamento negativo poderia levar a resultados negativos para a saúde:

“… Os comportamentos negativos e hostis durante as discussões de conflitos conjugais estão relacionados a elevações na atividade cardiovascular, alterações nos hormônios relacionados ao estresse e desregulação da função imunológica. ”

7 Segredos de Casais Felizes

Em 2014, menos de 60% das pessoas casadas disseram que estavam “muito felizes” com seu casamento. Além dos efeitos negativos na sua saúde física, é seguro dizer que um relacionamento feliz também é melhor para seu bem-estar mental e emocional.

Quais são os segredos para se ter um casamento feliz? Em muitos casos, eles são semelhantes aos que o ajudam a encontrar a felicidade em geral e geralmente incluem escolher ser feliz.

Os casamentos precisam de esforço para manter-se, como qualquer relacionamento, mas pequenos e simples atos e escolhas feitas diariamente atuam para criar uma existência mais feliz.

Dave Willis, pastor e autor do livro “The Seven Laws of Love” (As Sete Leis do Amor), compartilhou os seguintes segredos de casais felizes com seu casamento com a Time. Você provavelmente descobrirá que seguir estes conselhos no seu próprio relacionamento levará a mudanças positivas.

Comuniquem-se um com o Outro ao Longo do Dia

Casais felizes fazem questão de conversar ao longo do dia. Compartilhar aqueles detalhes aparentemente banais sobre seu almoço ou atualizações sobre como foi um compromisso ou reunião irá ajudar vocês a permanecerem conectados.

Se você não pode falar ao longo do dia, pelo menos tente enviar uma ou duas mensagens de texto e certifique-se de reconectar-se no final do dia. Willis disse sobre seu próprio casamento:

“Nós não dividimos nossa vida em ‘trabalho’ e ‘casamento’, mas vemos nosso casamento como algo que transcende os compartimentos e conecta-se a tudo o que fazemos no nosso trabalho, nos nossos hobbies, nosso tempo livre e no tempo passado em casa. A comunicação é um ingrediente vital para um casamento feliz e saudável. ”

Desenvolva um Plano Financeiro

O estresse financeiro é uma das principais causas de divórcio, então sente-se com seu parceiro e criem um plano financeiro com o qual ambos possam concordar.

Ajuda falar sobre objetivos de longo prazo e de curto prazo e em seguida fazer uma troca de ideias sobre estratégias para alcançar estes objetivos. Uma vez que você tenha seu plano, comunique-se regularmente sobre suas despesas e poupança.

Seja Mentalmente Monogâmico

A maioria dos casais concorda em ser fisicamente monogâmico, mas parceiros podem afastar-se mentalmente por fantasias, pornografia ou investir emocionalmente em outra pessoa. Willis explicou:

“Nossas fantasias moldam nossas realidades. Precisamos ser fisicamente monogâmicos, mas também precisamos ser mentalmente monogâmicos. Esta pode ser a tarefa mais difícil na lista porque é preciso estar em vigilância constante, mas vale a pena o esforço.

Como um cara que costumava ter dificuldades com a pornografia, eu sei o dano que ela pode causar. Fique longe disso. Fique focado no seu cônjuge. ”

Mantenha o Respeito durante Discussões

É inevitável que você tenha discussões durante seu casamento. A maneira como você discute pode fazer a diferença entre uma conversa produtiva e um resultado e uma que coloca uma distancia entre vocês.

Willis aconselha os casais a evitar insultar ou desvalorizar uns aos outros e falar em tons respeitosos e que não firam. “Cada um de nós possui nossas próprias opiniões e, às vezes, não vamos concordar, mas mesmo nos desentendimentos, casais saudáveis demonstram respeito mútuo”, diz ele.

Compartilhe seus Verdadeiros Pensamentos e Sentimentos

Manter-se sincero com seu parceiro sobre como você se sente irá promover a intimidade no seu relacionamento.

Reconheça que seu parceiro não consegue ler sua mente, e compartilhar seus pensamentos ajudará a evitar a frustração desnecessária para ambas as partes. Quanto mais vocês abrirem-se um para o outro, mais vocês irão unir-se.

Faça do seu Casamento uma Prioridade

Você provavelmente está sendo arrastado em muitas direções diferentes entre seu casamento, carreira, filhos, passatempos e o resto da sua família. No entanto, é importante priorizar seu casamento acima de praticamente todo o resto.

Arranje tempo para você e seu cônjuge fazerem coisas juntos, conectarem-se e desfrutar de serem um casal. Enquanto muitos casais estão relutantes em fazer do casamento uma prioridade uma vez que eles tenham filhos, fazer isso demonstrará um relacionamento amoroso que tornará a vida de seus filhos mais completa. Willis diz:

“Tenha o tipo de casamento que faz seus filhos quererem casar algum dia. Não acabe com um ninho vazio e um casamento vazio ao mesmo tempo.

Priorize o casamento mesmo quando seus filhos são pequenos. Vocês serão melhores cônjuges e, ironicamente, vocês também serão melhores pais. ”

Livrar-se de Suas Estratégias de Saída

Para comprometer-se plenamente com seu casamento, você precisa remover a menor sugestão de divórcio ou de começar uma nova vida à parte. Se um ou ambos os parceiros estão avaliando estratégias de saída, o casamento está fadado a falhar.

Como Willis diz: “ (…) O casamento só pode funcionar quando há um compromisso vitalício… A força do seu compromisso determinará a força do seu casamento”.

Mais Formas Simples de Fortalecer seu Relacionamento

Se o seu relacionamento está precisando de um empurrão, você deve considerar um aconselhamento de casais para superar os obstáculos que mantêm vocês separados. No entanto, você também pode tentar as seguintes estratégias, que podem ser feitas facilmente se você estiver disposto a fazer esse esforço.

Abrace Mais

Abraçar aumenta os níveis de oxitocina, o “hormônio do amor”, o que ajuda na vinculação e na intimidade. A oxitocina diminui o nível de hormônios do estresse (principalmente do cortisol) que o seu corpo fabrica e reduz a resposta da pressão arterial a eventos que produzem ansiedade.

A oxitocina provavelmente desempenha um papel no motivo pelo qual os casais vivem mais do que os solteiros, e os abraços também ajudam a cultivar a paciência.

Um abraço de corpo inteiro até mesmo estimula seu sistema nervoso enquanto diminui os sentimentos de solidão, combate o medo, aumenta a autoestima, neutraliza a tensão e demonstra apreciação, sendo todos estes um bônus para o seu relacionamento.

Faça Sexo Uma Vez por Semana

Com que frequência os casais felizes fazem sexo? Um estudo descobriu que os casais que fazem sexo uma vez por semana relataram os maiores níveis de felicidade, e isso não aumentou fazendo sexo mais frequentemente.

Embora ter relações sexuais com mais frequência - quatro vezes por semana ou mais - não seja uma coisa ruim, isso não levou a uma felicidade adicional em comparação ao sexo feito uma vez por semana. Para casais que podem sentir-se obrigados a ter relações sexuais com mais frequência apenas porque pensam que deveriam, esse estudo tira parte da pressão.

Os pesquisadores revelaram que o sexo leva a uma maior felicidade entre os casais, porque aumenta os sentimentos de satisfação com o relacionamento. Assim como abraços, sexo e orgasmos também resultam em níveis aumentados do hormônio oxitocina, que ajuda você a sentir-se conectado ao seu parceiro.

Faça dos Beijos uma Prioridade

Depois de estar em um relacionamento por um tempo, atos simples como beijos podem perder sua importância. Mas, como abraçar e fazer sexo, o beijo leva seu cérebro a liberar um elixir feliz de substâncias químicas do bem-estar como serotonina, dopamina e oxitocina.

Isso não é apenas importante para sua felicidade, mas também pode ajudar a fortalecer seu relacionamento. Uma pesquisa revelou, por exemplo, que as pessoas que passaram seis semanas fazendo do beijo uma prioridade com seus parceiros relataram diminuições significativas em seus níveis de estresse.

Além das melhoras no estresse, os participantes beijoqueiros também relataram uma maior satisfação no relacionamento. Outro estudo descobriu que os homens que recebem um beijo apaixonado antes de sair para trabalhar ganham mais dinheiro. Isso sugere que o beijo (e talvez a vida caseira feliz que vem junto dele) torna as pessoas e os relacionamentos mais felizes e mais produtivos.

Reconheça os Objetivos Individuais, bem como os Objetivos Mútuos

No casamento, você e seu parceiro estão no mesmo time, mas vocês ainda são indivíduos. Os relacionamentos mais felizes são aqueles que podem encontrar um equilíbrio entre o que Dr. Tom Murray, um terapeuta de casamento e família, chama de “sermos nós” e “ser eu”.

Cada um tem seus próprios desejos e necessidades. Juntem-se para descobrir como vocês podem apoiar e complementar a vida um do outro como indivíduos enquanto ainda trabalham em conjunto para alcançar objetivos mútuos e compartilhados.

Cuidado com a Tecnologia

A tecnologia vem acompanhada de muitas armadilhas que podem abalar mesmo um relacionamento forte. A mídia social promove a ideia de que sempre há algo melhor lá fora, o que pode levar a tentações de flertar ou reconectar-se a paixões antigas.

Mesmo sem a maior disponibilidade de “outras opções” existe a facilidade de encontrar seu suporte social e estimulação online em vez de seu parceiro. Também é fácil passar horas em seu computador ou telefone, em vez de reconectando-se a seu parceiro.

É possível usar a tecnologia e ter um casamento feliz, mas os limites devem ser seguidos e é uma boa ideia “desconectar-se” pelo menos por algumas horas por dia para que você e seu parceiro possam conectar-se um ao outro sem distrações.

Por fim, não subestime o poder de demonstrar apreciação por seu parceiro, que pode assumir a forma de compartilhar as responsabilidades domésticas igualmente. Uma pesquisa descobriu que a partilha de tarefas domésticas foi identificada como sendo de grande importância para fazer um casamento funcionar – estando atrás somente da fidelidade e de ter uma vida sexual feliz.

Então, se seu relacionamento está precisando de um empurrão e você já abordou alguns dos outros problemas básicos, tente visualizá-lo de uma perspectiva prática, vendo como você pode tornar a vida do seu parceiro mais fácil, dividindo responsabilidades e demonstrando apreciação.