Como os Óleos Essenciais Podem Ajudar a Melhorar sua Vida

Benefícios Promovidos por Óleos Essenciais

Resumo da matéria -

  • Óleos essenciais transportam compostos voláteis biologicamente ativos em uma forma altamente concentrada que pode fornecer benefícios terapêuticos em valores muito pequenos
  • Pimenta preta, erva-doce e óleo de toranja estimulam a atividade do sistema nervoso simpático, enquanto que o óleo de rosa e patchouli acalmam
  • Um preparado oral de óleo de lavanda foi considerado tão eficaz quanto o medicamento Lorazepam para o tratamento do transtorno da ansiedade generalizada. O óleo de jasmim também pode melhorar o humor e ajudar a amenizar a depressão
Tamanho da fonte:

Por Dr. Mercola

Aromas podem promover influência poderosa sobre seu bem-estar. A aromaterapia, que utiliza várias essências botânicas concentradas, permite que você usufrua do poder olfativo das plantas para a cura em diversos níveis.

Os óleos essenciais transportam compostos voláteis biologicamente ativos em uma forma altamente concentrada que pode fornecer benefícios terapêuticos em valores muito pequenos.

A qualidade é vital aqui. Em primeiro lugar, estamos falando de óleos essenciais puros de plantas grau terapêutico, NÃO de óleos de perfumes sintéticos ou perfumes, que podem ser tóxicos e normalmente contêm compostos alergênicos.

Mas, mesmo entre os óleos essenciais, a qualidade pode variar muito e a avaliação da qualidade de qualquer marca pode ser difícil, pois fatores como condições de cultivo e métodos de colheita, destilação, fabricação e armazenamento podem afetar o produto final.

Uma das considerações mais importantes é a procura pela declaração de pureza. O que você deve buscar é um óleo essencial 100% (o que significa que não foi diluído, alterado ou misturado com qualquer outra coisa). O preço pode fornecer uma dica. Se for muito barato, provavelmente reflete uma má qualidade.

Existem centenas e muitos milhares de óleos essenciais disponíveis se você levar em conta as combinações. Cada um promove seus próprios benefícios em potencial. Os óleos tendem a trabalhar sinergicamente, e o uso de uma combinação de óleos geralmente promove um efeito mais poderoso do que qualquer outro óleo promoveria sozinho.

Há muitas maneiras de usar óleos essenciais para a saúde e bem-estar, e o artigo em destaque relaciona nada menos que 25 maneiras de desfrutá-los.

Aromas Podem Alterar Seu Sistema Nervoso

Quando você inala a fragrância de um óleo essencial, o aroma penetra na corrente sanguínea através dos pulmões, e acredita-se que esse seja um dos mecanismos pelos quais a aromaterapia exerce seus efeitos fisiológicos. Óleos essenciais também são facilmente absorvidos pela pele quando aplicados topicamente.

A fragrância também afeta o sistema límbico do cérebro, que controla tanto as recordações quanto as emoções. Muitos óleos essenciais possuem qualidades antibacteriana, antifúngica e / ou antiviral, e ao contrário dos antibióticos, os óleos essenciais não promovem resistência.

Os cientistas modernos não estão apenas encontrando vínculos fortes entre os aromas e o comportamento humano; os aromas podem realmente influenciar a bioquímica do seu sistema nervoso.

Isso foi demonstrado em um estudo japonês realizado em 2002, que concluiu que determinados óleos estimulariam a atividade do sistema nervoso simpático, enquanto que outros o acalmavam.

(Seu sistema nervoso simpático modula processos como sua frequência cardíaca, constrição dos vasos sanguíneos e pressão arterial).

Por exemplo:

  • Pimenta preta, erva-doce e óleo de toranja causaram um aumento de 1,5 a 2,5 vezes na atividade do sistema nervoso simpático (medida por um aumento na pressão arterial sistólica)
  • O óleo de rosa e patchouli resultou em uma diminuição de 40% na atividade do sistema nervoso simpático
  • O óleo de pimenta induziu um aumento de 1,7 vezes na concentração de adrenalina no plasma
  • O óleo de rosa causou uma queda na adrenalina de 30%

Lavanda e Jasmim Ajudam a Melhorar Seu Humor

Um estudo coreano concluiu que a lavanda reduziu insônia e depressão em estudantes universitários do sexo feminino.

Outro estudo publicado na Phytomedicine em 2010 concluiu que uma preparação de óleo de lavanda administrada oralmente (Silexan) foi tão eficaz quanto o medicamento Lorazepam para o tratamento do transtorno da ansiedade generalizada. Segundo os autores:

"Como o óleo de lavanda não apresentou efeitos sedativos em nosso estudo e não tem potencial para o abuso de medicamentos, o silexan parece ser uma alternativa eficaz e bem tolerada aos benzodiazepínicos para melhorar a ansiedade generalizada."

Outra pesquisa concluiu que o óleo essencial de jasmim também pode melhorar o humor e combater os sintomas da depressão. Os autores notaram que:

" Comparado com o placebo, o óleo de jasmim causou aumentos significativos na taxa de respiração, saturação de oxigênio no sangue e pressão arterial sistólica e diastólica, o que indicou um aumento da excitação autonômica.

No nível emocional, os indivíduos do grupo que usou óleo de jasmim consideraram-se mais alertas, mais vigorosos e menos relaxados do que os indivíduos do grupo de controle. Essa descoberta sugere um aumento da excitação comportamental subjetiva.

Em conclusão, nossos resultados demonstraram o efeito estimulante / ativador do óleo de jasmim e fornecem evidências para seu uso na aromaterapia para o alívio da depressão e estimulante de humor em humanos."

Como os Terpenos nos Óleos Essenciais Beneficiam sua Saúde

Um artigo publicado na Healthy Holistic Living (Modo de Vida Holístico Saudável) discute alguns dos componentes que dão aos óleos essenciais seus benefícios terapêuticos. Por exemplo, alguns óleos essenciais possuem tremendas capacidades antioxidantes.

Segundo este artigo, uma onça (29 ml) de óleo de cravo possui uma capacidade antioxidante equivalente a 450 quilos de cenouras. Óleos essenciais também contêm três tipos diferentes de terpenos, cada um com seu próprio conjunto de benefícios:

Os fenilpropanoides possuem atividade antibacteriana, antifúngica e antiviral. Como observado no artigo, "os fenilpropanoides limpam os sítios receptores nas células.

Sem locais receptores limpos, as células não podem se comunicar e o corpo funciona mal, resultando em doenças. ”Os óleos que contêm esse tipo de terpeno incluem: cravo, cássia, manjericão, canela, orégano, anis e hortelã-pimenta.

Os monoterpenos, encontrados na maioria dos óleos essenciais, ajudam a "reprogramar as informações escritas erroneamente na memória celular", de acordo com o artigo em destaque.

Os sesquiterpenos ajudam a fornecer oxigênio aos tecidos, o que dificulta a sobrevivência de vírus, bactérias e até células cancerígenas. Óleos essenciais que contêm sesquiterpenos incluem cedro, vetiver, nardo, sândalo, pimenta preta, patchouli, mirra, gengibre e incenso

Óleos Essenciais para Doenças Comuns

Existem provavelmente tantos usos para a aromaterapia quanto para os óleos essenciais, mas pesquisa realizada demonstra potencial especial no alívio do estresse, estabilização do humor, melhora do sono, alívio da dor e náuseas e melhora da memória e do nível de energia.

Para se ter uma ideia da versatilidade da aromaterapia, a tabela a seguir lista alguns dos usos terapêuticos de vários óleos para algumas dos males mais comuns atualmente.

Como você pode ver, existem alguns que são realmente "multiuso", como a lavanda e a hortelã-pimenta, que podem ser usados para tratar de mais de um problema.

Mal Óleos essenciais

Estresse

Lavanda, limão, bergamota, hortelã-pimenta, vetiver, pinho e ylang ylang

Insônia

Lavanda, camomila, jasmim, benjoim, neroli, rosa, sândalo, manjerona , e ylang ylang (evite limão, que possui um efeito revigorante)

Ansiedade

Lavanda, bergamota, rosa, sálvia, limão, camomila romana, laranja, sândalo, gerânio com aroma de rosa e pinho

Dor

Lavanda, camomila, sálvia, zimbro, eucalipto, alecrim, hortelã-pimenta, lavanda e maçã verde (especialmente para enxaquecas)

Náusea e vomito

Hortelã, gengibre, limão, laranja, endro, erva-doce, camomila, sálvia e alfazema

Memória e atenção

Sálvia, hortelã e canela

Baixa energia

Pimenta preta, cardamomo, canela, cravo, angélica, jasmim, melaleuca, alecrim, sálvia e frutas cítricas

Como Usar Óleos Essenciais

Algumas das formas mais comuns de usar óleos essenciais incluem:

  • Massageando-os (misturado com um óleo base) sobre a pele
  • Adicionando-os à água do banho
  • Usando-os em uma compressa quente
  • Aquecendo-os em um difusor
  • Esfregando uma gota deles em pontos de pulsação em vez de perfume

Mas isso é apenas o começo. Existem muitos usos criativos para óleos essenciais. Aqui está uma amostra dos 25 usos listados pelo Epoch Times.

Para a lista completa, por favor leia o artigo original.

Pulverizadores de limpeza e desodorizantes — A produção de seus próprios produtos de limpeza e desodorantes de ambiente usando óleos essenciais é uma excelente alternativa aos produtos comerciais que podem conter inúmeros produtos químicos perigosos.

Por exemplo, para um esfoliante de limpeza caseiro com atividade antibacteriana, basta adicionar algumas gotas de óleo de lavanda ou melaleuca ao bicarbonato de sódio.

Usando um recipiente de queijo ralado de vidro com tampa de aço inoxidável furada, é fácil polvilhar o bicarbonato de sódio nas superfícies. Em vez de usar desodorantes ambientais comerciais, você pode usar um difusor de aromas ou você pode usar um atomizador com água e adicionar algumas gotas ao seu óleo essencial favorito.

Aromatizador de roupas — Os lenços de secagem são notavelmente tóxicos, pois emitem mais de 600 compostos orgânicos voláteis (VOC) através da ventilação do secador.

Você pode facilmente aromatizar roupas sem arriscar a saúde de sua família simplesmente borrifando roupas molhadas com uma mistura de água e algumas gotas de óleo essencial antes de colocá-las na secadora.

Outra alternativa é adicionar cerca de uma dúzia de gotas a uma meia de lã e colocá-la na secadora juntamente com as roupas limpas.

Banhos de vapor terapêuticos — Para limpar profundamente os poros, adicione algumas gotas de lavanda ou eucalipto à água quente na sua pia e, em seguida, incline-se sobre ela com uma toalha sobre a cabeça para capturar o vapor.

Isso também ajudará a desobstruir os seios nasais se você estiver resfriado (a). Alternativamente, feche o ralo do chuveiro e adicione alguns óleos essenciais de eucalipto à água da banheira para criar um vapor suave.

Loções e sabonetes personalizados — Fragrâncias sintéticas são fonte de alergias, mas você pode personalizar facilmente seus próprios sabonetes e loções adicionando algumas gotas do seu óleo essencial favorito a uma marca sem perfume.

Combate às espinhasÓleo de melaleuca, que possui potente atividade antibacteriana, pode ajudar a secar as espinhas.

Tonificador facial — Faça o seu próprio tonificador facial adicionando algumas gotas do seu óleo essencial favorito à água destilada em uma garrafa de nebulização.

Repelentes de insetos — Dizem que bolas de algodão embebidas em óleo de hortelã-pimenta são capazes de repelir insetos e roedores. Os seguintes óleos essenciais também são excelentes repelentes de insetos em vez de repelentes com DEET e outros produtos químicos:

  • Óleo de folhas de canela (um estudo concluiu que este era mais eficaz para matar mosquitos do que DEET)
  • Extrato de baunilha com uma cor líquida clara misturado com azeite
  • Lave-se com sabão de citronela e, em seguida, coloque um pouco de óleo essencial de citronela 100 por cento puro misturado a um óleo base sobre a pele. A Citronela Java é considerada a de melhor qualidade no mercado
  • Óleo de erva-gateira (de acordo com um estudo, esse óleo é 10 vezes mais eficaz que o DEET)
  • O eucalipto de limão foi considerado muito eficaz em um estudo australiano realizado em 2014; uma mistura de 32 por cento de óleo de eucalipto e limão forneceu mais de 95 por cento de proteção por três horas, em comparação com um repelente com DEET de 40 por cento que deu 100 por cento de proteção por sete horas

Recursos

A aromaterapia pode ser um complemento benéfico para o seu plano de saúde geral. Não é um substituto para escolhas sábias de estilo de vida, como boa nutrição e exercícios, mas certamente pode ajudar a melhorar sua saúde física e emocional.

A aromaterapia é mais uma ferramenta que você pode manter na sua maleta de recursos para controlar o estresse diário, equilibrar as mudanças de humor e melhorar seu sono, por exemplo.

Óleos essenciais também são um ótimo complemento para muitos de seus produtos de beleza e limpeza caseiros, pois adicionam qualidades antibacterianas e aroma. Quer você procure um aromaterapeuta treinado ou adote uma abordagem DIY, a seguir estão alguns recursos que você pode considerar úteis.

  • National Association for Holistic Aromatherapy (NAHA) (Associação Nacional para Aromaterapia Holística): Tudo sobre o uso medicinal de plantas aromáticas e a prática holística da aromaterapia.
  • Aroma Web: Um diretório de informações sobre aromaterapia, dicas, receitas, fontes, incluindo um diretório regional de negócios de aromaterapia.
  • American Botanical Council (Conselho Botânico Americano): informações sobre ervas medicinais que incluem uma biblioteca de ervas e um guia clínico para as mesmas.
  • Herb Med (Medicina Herbácea): banco de dados eletrônico interativo sobre ervas (algumas informações são gratuitas, mas o acesso total requer o pagamento de uma taxa)