Seu Nódulo é um Cisto Sebáceo ou Algo mais Sério?

Cisto

Resumo da matéria -

  • Existem muitos tipos de cistos; os mais prevalentes são epidermoides, pilares ou sebáceos, que podem tornar-se problemáticos se forem infectados
  • Carbúnculos, furúnculos e outras doenças de pele que podem parecer-se com qualquer um dos itens acima podem parecer preocupantes, assim como podem ser dolorosas e/ou desagradáveis
  • Barbear-se, irritações na pele e queimaduras solares podem iniciar pequenos cistos; outros são causados por um folículo piloso infectado, uma infecção por estafilococos ou simplesmente uma deficiência nutricional
Tamanho da fonte:

Por Dr. Mercola

Você pode ter notado de vez em quando um nódulo pequeno e não doloroso sob sua pele, provavelmente atrás de sua orelha ou peito, ombros ou costas.

Muitas pessoas os conhecem como cistos sebáceos, mas podem ser uma variedade mais comum chamada epidermoide. Em geral, existem três tipos de cistos de pele:

  • Os cistos epidermoides surgem quando as células na superfície da pele formam um saco cheio de líquido. Eles geralmente crescem lentamente, não são prejudiciais e medem de 1 a 5 centímetros de diâmetro. Eles não são dolorosos, a menos que tenham uma infecção, que é quando eles transformam-se em um abscesso feio.
  • Os cistos pilares formam-se quando o revestimento do nódulo é composto de células como as raízes do cabelo, surgindo com mais frequência nos folículos pilosos do couro cabeludo e podem atrapalhar quando você escova o cabelo.
  • Os cistos sebáceos, que são muito menos comuns, contêm óleo, enquanto os cistos da pele normais não.

Uma farpa ou pequeno corte, queimaduras solares, depilação e barbear, folículos pilosos inchados, aumento de sebo da pele e acne podem causar cistos. Cutucar ou sujeitá-los a fricção (como uma alça de sutiã) pode agravar o problema, tornando-os ainda mais desconfortáveis e potencialmente causando uma infecção.

Se você possui um cisto, a maioria dos médicos concorda que não fazer nada é realmente melhor do que fazer algo, como observa o WebMD:

“Você pode ficar tentado a tentar estourar e drenar um cisto epidermoide sozinho, mas isso não é uma boa ideia. Primeiro, se o cisto estiver infectado, a infecção pode espalhar-se se o cisto romper-se e escoar sob a pele.

Em segundo lugar, se alguma parte do saco do cisto for deixada para trás, ele poderá voltar a crescer. Se o cisto não incomodar você, não há problema em deixá-lo quieto. Se ele parecer estar infectado, for desconfortável ou você não gosta da aparência dele, é melhor que ele seja verificado por um médico.”

Se ele estiver no seu rosto ou em uma área constantemente irritada, o médico pode removê-lo. A remoção cirúrgica do cisto pode implicar em uma anestesia local e a remoção de todo o saco. Se você tem uma infecção profunda, é possível usar uma gaze estéril para que o cisto continue a ser drenado.

Glândulas sudoríparas bloqueadas (hidradenite supurativa ou HS) podem aparecer como nódulos dolorosos e semelhantes a espinhas. A remoção cirúrgica pode funcionar por um curto período de tempo, mas as glândulas podem ficar novamente bloqueadas e os nódulos retornarem. O WebMD explica:

“Terapia a laser e criocirurgia são tratamentos promissores para HS. Eles usam feixes de luz ou gases frios para destruir os folículos pilosos que são infectados, e removem os nódulos da HS. Os inchaços de algumas pessoas desaparecem depois de alguns tratamentos.”

Do que são feitos os cistos epidérmicos ou cutâneos? De acordo com o Medical News Daily:

“Ambos os cistos epidermoides e pilares estão cheios de substância semelhante a pasta de dente em sua consistência espessa e malcheirosa. No entanto, a substância não é — exceto em cistos complicados — infectada por micróbios como as bactérias. O pus possui um cheiro pior quando está infectado.”

Nojento, certo? Mas os especialistas dizem que quase todo mundo desenvolverá pelo menos um desses durante suas vidas, geralmente durante os seus 20 e 30 anos. No entanto, os cistos são quase duas vezes mais comuns em homens do que em mulheres, de acordo com pacientes do Reino Unido. A maioria desses cistos desaparece por conta própria.

Os cientistas não sabem como cada tipo de cisto surge, embora eles acreditem que possa ter algo a ver com a genética. Por exemplo: um distúrbio genético conhecido como síndrome de Gardner causa múltiplos cistos na pele.

Os Cistos Sebáceos são Diferentes

Os cistos sebáceos, por outro lado, aparecem quando a glândula sebácea é bloqueada pela proteína fibrosa queratina, que é o que compõe o cabelo, bem como cascos, garras e chifres. O dicionário Mirriam-Webster descreve “sebáceo” como “algo que secreta sebo”, relacionado ao material gorduroso.

Os cistos contêm óleo das glândulas sebáceas ao redor da base de cabelos normais. Eles contêm um líquido claro e oleoso, possuem um cheiro pungente e podem surgir em qualquer parte do corpo, exceto nas palmas das mãos ou na sola dos pés. Na sua pele, os cistos sebáceos podem apresentar vermelhidão e dor, indicando uma pequena infecção.

Furúnculos e abscessos são semelhantes, mas os cistos sebáceos não são tão grandes e não são inerentemente cancerosos.

Furúnculos, Carbúnculos e Abscessos, Oh Não!

Um furúnculo é um distúrbio comum que pode começar como um pequeno nódulo que se torna vermelho e levemente doloroso, e então se enche de pus. Carbúnculos são mais prevalentes em homens, mais profundos do que os furúnculos e levam mais tempo para cicatrizar. Up to Date descreve variações:

“Um furúnculo é uma infecção do folículo piloso, na qual o material purulento estende-se através da derme para o tecido subcutâneo, onde um pequeno abscesso forma-se. Um carbúnculo é uma coalescência de vários folículos inflamados em uma única massa inflamatória com escorrimento purulento de múltiplos folículos.”

Erupções semelhantes são mais específicas:

  • A foliculite é uma infecção causada por um folículo piloso inflamado. Ele pode parecer-se com pequenas espinhas ao redor de pelos individuais, com uma pele avermelhada. Não é tão profunda quanto um furúnculo, mas ainda é uma infecção e uma espécie de porta de entrada para que o estafilococo entre.
  • Os furúnculos e abcessos nas áreas da virilha ou da axila podem ser hidradenite supurativa, que normalmente inicia-se nas glândulas sudoríparas bloqueadas e nos folículos pilosos.
  • Um abscesso pilonidal ocorre logo acima do vinco de suas nádegas e pode estar relacionado a um folículo piloso. A “covinha pilonidal” com a qual alguns bebês nascem pode causar o desenvolvimento deste tipo de furúnculo.
  • Um terçol na pálpebra é geralmente uma infecção dolorosa quando um cílio está infectado. Às vezes, os terçóis são confundidos com calázios, que não causam dor e também não apresentam infecção.
  • A esporotricose causada por um fungo é chamada de Sporothrix schenckii. Pequenos cortes causados ao se mexer na vegetação acabam formando um pequeno nódulo no dedo ou braço que se transforma em uma úlcera.

Outras doenças de pele podem desenvolver-se em pessoas com Staphylococcus aureus cutâneos ou nasais sem causar problemas, mas a infecção pode ocorrer através de Staphylococcus aureus resistentes à meticilina adquiridos na comunidade (CA-MRSA) e ocorre mais frequentemente do que os abcessos causados por outras bactérias.

Se uma infecção por estafilococo cria uma furúnculo, ele pode espalhar-se facilmente, portanto o contato pele a pele deve ser evitado, e não compartilhe toalhas, roupas de cama ou artigos como esteiras de ioga. Mantenha o furúnculo coberto e lave as mãos com frequência.

Os furúnculos geralmente são tratáveis em casa, a menos que estejam em uma área vulnerável ou em um lugar que você não consiga alcançar facilmente. Embora geralmente menores que uma ervilha, eles podem ficar do tamanho de bolas de golfe.

Se sentir algo semelhante e começar a sentir-se cansado, febril ou com mal estar geral, você deve entrar em contato com seu médico.

Deficiências Nutricionais que Aparecem na Pele

Diabetes e um sistema imunológico enfraquecido podem exacerbar furúnculos de diferentes tipos. Deficiências nutricionais por vezes revelam-se através de problemas de pele e potencialmente causam cistos, como:

Uma erupção vermelha e escamosa, particularmente no rosto, pode indicar uma deficiência de vitamina B7 ou biotina. As gemas de ovos orgânicos de animais alimentados com pasto são uma das melhores fontes de biotina para metabolizar gorduras, aminoácidos e carboidratos. A biotina fortalece o cabelo e as unhas e ajuda a suavizar a pele.

Comer ovos crus orgânicos, de animais alimentados com pasto (tanto a clara quanto a gema) é uma excelente maneira de combater essa doença da pele. Abacates, cogumelos, couve-flor, nozes, framboesas e salmão selvagem do Alasca são outras boas fontes de biotina.

Podem surgir inchaços vermelhos ou brancos semelhantes a acne nas bochechas, braços, coxas ou nádegas, revelando uma possível necessidade de ácidos graxos essenciais na sua dieta, incluindo gorduras ômega-3 de origem animal.

Comer sardinha, anchovas e salmão selvagem do Alasca e tomar suplementos de óleo de krill irá introduzir mais desses nutrientes no seu organismo. Para obter mais vitamina A para melhorar a pele, coma mais legumes de folhas verdes, batata-doce, cenoura e pimentão vermelho.

Feridas ou rachaduras nos cantos da sua boca podem ser um sinal de que você não está consumindo quantidades adequadas de ferro, zinco,vitamina B12 ou proteína na sua dieta. Mais uma vez, aves e ovos caipiras, e salmão selvagem do Alasca são boas fontes.

Supondo que eles sejam oriundos de águas não poluídas, ostras e moluscos são outra boa maneira de conseguir acrescentar mais dessas vitaminas e minerais à sua dieta, bem como acelga e tahine por causa do gergelim.

Remédios Caseiros para Cistos Sebáceos, Furúnculos e Outras Doenças de Pele

Os tratamentos caseiros para cistos começam com a limpeza — o sabão simples e a água são as melhores opções, enxague bem e seque-se com ar, especialmente se um cisto estiver infectado. Muitos tratamentos tópicos naturais são muito eficazes e podem até curar o problema, como:

  • Uma compressa morna e calmante algumas vezes por dia estimulará sua circulação e acelerará o processo de cura.
  • O sal de Epsom é um tratamento eficaz quando colocado na água por 20 minutos para banhar-se, mergulhe todo o seu corpo ou apenas a área infectada. Dê continuidade a isso com um dos seguintes tratamentos para obter um duplo efeito de cura.
  • Use uma combinação de dentes-de-leão e violetas dentro de um saco e mergulhe-o em um copo por 45 minutos, logo você pode espremê-los levemente e aplicá-los diretamente no cisto por vários minutos, então você pode beber o chá, três ou quatro vezes por dia por até duas semanas.

Óleos, cremes e remédios líquidos podem ser aplicados diretamente no cisto, cobertos com uma compressa e presos com fita plástica por algumas horas ou durante a noite, o que também serve para proteger o cisto dos germes. Repita o processo até que o cisto esteja curado.

Esses remédios incluem:

O óleo de melaleuca, que é tanto anti-inflamatório quanto antibacteriano, deve ser misturado com água em uma proporção 1: 9

Algumas gotas de iodeto de potássio, aplicadas duas ou três vezes ao dia para lidar com a infecção

O pólen de abelha, tópico ou em forma de pílula, é um purificador natural do sangue e pode ser eficaz para os cistos da pele

A prata coloidal pode estimular o sistema linfático e ajudar a curar cistos

O óleo de rícino ajuda a eliminar o cisto rapidamente, após o que ele irá esvaziar-se e encolher

A babosa pode ser usada tanto para aliviar quanto para curar a dor, porque é antimicrobiana

Proantocianidinas na hamamélis ajudam a reduzir as feridas inflamadas causadas por herpes, aftas e ferimentos

O mel de manuka cru é um curador natural de feridas e até destruiu a MRSA

O açafrão é outro curador anti-inflamatório, assim como o iodeto de potássio, de acordo com um estudo:

“… Mata todos os tipos de germes, ou seja, bactérias, vírus e fungos… (e) é preferido no tratamento de furúnculos, cistos e infecções da pele. As pústulas da acne são muito responsivas, o ducto sebáceo esvazia-se com facilidade e permite uma recuperação imediata sem deixar cicatriz… Os furúnculos grandes são igualmente responsivos, embora demorem mais tempo para serem resolvidos.

Os cistos sebáceos amolecem em poucos minutos após a aplicação do iodo e o folículo piloso ligado ao sebo geralmente abre-se para permitir a fácil expressão do conteúdo.”

Quando um Cisto Pode ser Considerado Perigoso?

Embora você possa ter um furúnculo que se pareça muito com outros — doloroso, vermelho, inflamado e talvez cheio de pus – a MRSA parece muito similar.

É diferente por ser a MRSA uma infecção por estafilococos que é frequentemente resistente a antibióticos, e é por isso que ela é perigosa. Verifique com seu médico se você não tiver certeza, pois o tratamento imediato pode evitar uma infecção mais grave.

Você também deve ligar para o seu médico se o furúnculo for grande ou doloroso, se estiver na sua coluna ou rosto, tiver manchas vermelhas saindo dele, se reaparecer com frequência ou não se curar, e se secar ou sangrar facilmente.