Açafrão da índia: Um Caminho para a Cura

açafrão da índia

Resumo da matéria -

  • A cúrcuma tem sido muito usada na medicina aiurveda indiana e também na chinesa há milhares de anos, porém um interesse está sendo restaurando devido às suas incríveis propriedades para a saúde
  • Além do poderoso composto medicinal curcumina, a cúrcuma contém grandes quantidades de manganês, ferro, fibra, vitamina B6, potássio, vitamina C e magnésio
  • A inflamação, acredita se estar envolvida em quase todas as doenças crônicas, é uma das condições que cúrcuma alivia, e os antioxidantes que ela contém ajudam a destruir os radicais livres prejudiciais em seu corpo
  • A curcumina na cúrcuma é responsável por ajudar a prevenir e combater vários tipos de câncer, bem como obesidade, síndrome metabólica, doenças cardíacas, aterosclerose, doenças degenerativas, Alzheimer, entre outras condições

Por Dr. Mercola

Se você perceber manchas amareladas brilhantes nas unhas de alguém, e se por acaso essa pessoa for apaixonada por café com leite, pode se presumir que ela está em uma das últimas tendências: café com leite de açafrão, também conhecido como "Leite Dourado" (golden milk), com suco de raiz de açafrão como seu ingrediente principal, junto com leite de coco, caju ou amêndoa.

A cúrcuma apareceu no Relatório de Tendências Alimentares de 2016 do Google, ganhando a denominação de "estrela em ascensão". As pesquisas na Internet por açafrão aumentaram em 56% entre novembro de 2015 e janeiro de 2016.

Associada a essa pesquisa estava outra pelo leite dourado (golden milk), que estão ganhando cada vez mais fama positiva, de São Francisco a Sydney.

Quando uma loja em Oxford, Inglaterra, comercializou sua nova bebida como "Golden mylk" (utilizando um "y" em "milk" para indicar não lácteos), ela ultrapassou de maneira rápida, o número de pedidos regulares de café com leite. No entanto, uma mistura semelhante foi usada em menus do Reino Unido durante dois anos.

A moda do leite dourado é apenas um sinal que indica um interesse restaurado por essa especiaria exótica, descrita como aromática, um pouco floral e picante, dependendo da quantidade utilizada. As pessoas que apreciam a culinária picante prefere usar açafrão em pratos de caril (curry) e arroz. A verdade, é que o açafrão que dá ao curry seu vibrante tom amarelado.

Os adultos parecem estar dentro dessa moda de açafrão, não apenas porque é a última novidade, mas os defensores da saúde holística dizem que outra tendência é o aumento do número de pessoas que buscam opções alternativas de saúde e alimentação, por diferentes motivos. Segundo o Centro Médico da Universidade de Maryland:

“Há não muito tempo, a Organização Mundial da Saúde (OMS) estimou que 80% das pessoas em todo o mundo, depende de medicamentos fitoterápicos para alguma parte de seus cuidados de saúde. Na Alemanha, cerca de 600 a 700 medicamentos à base de plantas estão disponíveis, prescritos por cerca de 70% dos médicos alemães.

Nos últimos 20 anos nos Estados Unidos, a insatisfação pública com o custo dos medicamentos prescritos, combinado com o interesse na volta dos remédios naturais ou orgânicos, levou a um aumento no uso de fitoterápicos."

Cúrcuma: Um Caminho para a Cura

As razões para tornar a cúrcuma parte de sua vida (caso ainda não tenha tornado) são muitas para contar, sobretudo quando você considera suas incríveis capacidades restauradoras, curativas e preventivas.

Derivado da palavra persa para "açafrão", a cúrcuma está na lista dos "dez alimentos mais benéficos" da medicina chinesa há anos e há muito tempo na tradição da cura aiurveda indiana.

A cúrcuma com leite é há muito tempo uma bebida bem popular nessas regiões, concluindo assim não se tratar de uma coisa nova, está apenas sendo redescoberta. O Guardian notou:

"Como muitas tendências, o café com leite de açafrão pode parecer ter surgido do nada. Mas existe há um tempo...

Ele percorreu o caminho do bem-estar — os ‘blogs’, sites e contas do Instagram de defensores da 'alimentação saudável' — por vários meses, e as receitas da bebida aumentam cada vez mais no Pinterest."

Existem razões para isso. A cúrcuma (outra vez) chamou a atenção, devido aos muitos benefícios que proporciona para a saúde.

Incríveis vantagens anti-inflamatórias da cúrcuma

Falando sobre perfil nutricional para valores diários recomendados (DRV), o açafrão fornece 26% do que é necessário de manganês e 16% de ferro, com excelentes quantidades de fibra, vitamina B6, potássio, vitamina C e magnésio. Todos eles trazem benefícios para uma saúde melhor.

Os cientistas acreditam que a inflamação está relacionada com quase todas as doenças crônicas, incluindo câncer, obesidade, síndrome metabólica, problemas cardíacos, aterosclerose (endurecimento e estreitamento das artérias), doenças degenerativas e Alzheimer.

Um componente da cúrcuma, a curcumina, provou ser tão eficaz como anti-inflamatório, comparado a medicamentos prescritos, sem os efeitos colaterais tóxicos, como formação de úlcera, sangramento interno e diminuição da contagem de glóbulos brancos.

Talvez o mais importante, é que a curcumina pode combater a inflamação ao nível molecular, como faz também com outros distúrbios. O NF- κ B é uma molécula que passa pelo núcleo da célula, onde pode "ligar" os genes relacionados à inflamação em várias doenças graves, mas a curcumina consegue impedir a transferência.

Além disso, a pesquisa sugere que o açafrão (às vezes referido nos estudos como curcumina) pode ser útil no tratamento de doenças inflamatórias do intestino, alívio da dor nas articulações, artrite reumatoide, redução do inchaço nas articulações e maior amplitude de movimento, quando ingerido de modo regular.

Além de reduzir o colesterol, a cúrcuma mostrou proteger o coração, enquanto alivia a indigestão e melhora a função hepática.

Eficácia da curcumina em radicais livres nocivos

É difícil de se dizer quanto dano os radicais livres causam hoje em dia, com toda a poluição, produtos químicos no ar, água, alimentos, sem mencionar o estresse e outros fatores.

Os radicais livres podem provocar o envelhecimento precoce, além de provocarem doenças, mas a curcumina no açafrão é ativa contra doenças de várias modos.

Além de ser eficaz contra a inflamação, os antioxidantes da cúrcuma neutralizam os radicais livres em todo o corpo (incluindo cérebro, rins, fígado e coração) através de sua estrutura química. Segundo o Instituto Linus Pauling da Oregon State University:

“A curcumina administrada por via oral pode atingir concentrações suficientes no trato gastrointestinal e proteger a mucosa intestinal contra danos oxidativos ao DNA.

Além de uma atividade antioxidante direta, a curcumina pode induzir a quantidade de enzimas antioxidantes de fase II, incluindo glutamato-cisteína ligase (GCL), a enzima limitadora da taxa na síntese de glutationa.

A glutationa é um importante antioxidante intracelular que desempenha um papel muito importante na adaptação celular ao estresse. Foi descoberto que a curcumina regula de maneira positiva a expressão de GCL através da ativação de diferentes vias de sinalização, além de aumentar a expressão de GCL e outras enzimas desintoxicantes."

A cúrcuma pode prevenir, suprimir e matar células cancerosas

O câncer é afetado de maneira negativa pela curcumina, como vários estudos puderam demonstrar. Um estudo (entre muitos) mostrou que pode inibir o desenvolvimento, bem como a propagação do câncer, a um nível molecular.

Também existem evidências de que a ingestão de curcumina pode prevenir o câncer, sobretudo do sistema digestivo, como o câncer colorretal. Um grande número de estudos indica que a curcumina pode:

  • Reduzir o crescimento de novos vasos sanguíneos em tumores (angiogênese)
  • Diminuir a propagação do câncer (metástase)
  • Auxiliar na eliminação de células cancerosas

Efeitos semelhantes da curcumina no câncer de cólon foram observados tanto no laboratório, quanto em testes realizados em animais. A pesquisa também mostrou que 44 homens com lesões no cólon, com risco de se tornarem cancerosos, receberam 4 gramas de curcumina por dia durante 30 dias, com isso, eles obtiveram uma redução de 40% no número de lesões.

Estudos demonstraram que a curcumina pode auxiliar na prevenção e no tratamento de Alzheimer

Uma das doenças neurodegenerativas mais comuns é a demência. Os cientistas acreditam que a melhor maneira de combatê-la é evitando-a. Seu corpo é projetado com um obstáculo natural feito para proteger seu cérebro de moléculas tóxicas, que podem entrar e danificar os neurônios.

A curcumina consegue atravessar a barreira hematoencefálica. Em um estudo, os pesquisadores desenvolveram um atomizador de curcumina para que a mesma fosse inspirada e entregue no cérebro, para uma melhora significativa da cognição.

Uma visão geral de muitos benefícios proporcionados pelo açafrão (além daqueles para fibrose cística, doença hepática, hemorroidas, aterosclerose e úlceras gástricas) mostrou que, em relação ao Alzheimer, o açafrão:

"Diminuição das placas de beta-amiloide, degradação retardada dos neurônios, quelação de metais, anti-inflamatório, antioxidante e diminuição da formação da micróglia, a memória geral em pacientes com DA melhorou."

Para explicar o significado da placa beta-amiloide:

"Cientistas da Escola de Medicina da Universidade de Stanford mostraram como um fragmento de proteína conhecido como beta-amiloide, muito abrangido na doença de Alzheimer, começa a destruir sinapses antes de se aglomerar em placas que causam a morte de células nervosas.

As principais características do Alzheimer, que afeta cerca de 5 milhões de americanos, são a perda total de sinapses — pontos de contato por meio dos quais as células nervosas transmitem sinais umas às outras — e uma deterioração paralela na função cerebral, sobretudo na capacidade de memória."

Coisas para lembrar sobre a curcumina

Embora a curcumina seja o ingrediente mais ativo do açafrão, existe apenas cerca de 3% de concentração no açafrão por peso. Nutrição da Autoridade relatada:

"A maior parte dos estudos sobre essa erva usa extratos de açafrão, que contêm a própria curcumina, com dosagens superiores a 1 g/d. Seria muito difícil atingir esses níveis apenas usando o tempero de açafrão em seus alimentos. Portanto, caso queira experimentar todos os efeitos, precisará tomar um extrato que contenha quantidades significativas de curcumina."

Outra coisa para se ter em mente sobre o açafrão, é que ele não é absorvido muito bem pela corrente sanguínea, mas também existe um remédio para isso; pimenta-preta, que contém um elemento natural chamado piperina, que consegue aumentar a absorção de curcumina em 2.000%! Embora a cúrcuma seja, de certo modo, considerada segura para o consumo, seus efeitos adversos podem incluir problemas gástricos, náuseas, diarreia, reações na pele e interferência na capacidade do corpo de formar coágulos sanguíneos.

A cúrcuma é uma raiz que traz muitos benefícios para as pessoas que se preocupam em explorá-la. Caso você seja do tipo ousado, pode tentar fazer "leite dourado" em casa:

Leite de gengibre e cúrcuma

  1. Combine 1 colher de chá cheia de açafrão ralado e gengibre, 1 colher de sopa de açúcar de coco, 2 colheres de chá de óleo de coco e uma pitada de sal marinho no liquidificador.
  2. Em uma panela pequena, esquente uma xícara de leite de amêndoa em fogo médio até começar a ferver.
  3. Coloque o leite de amêndoa ainda quente no liquidificador e bata até ficar homogêneo e espumoso.

Caso não consiga encontrar açafrão fresco, você pode usar 1 colher de chá de tempero de açafrão.